Fechar
Publicidade

Domingo, 11 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Guedes: Pfizer aumentará entrega de lote de vacinas, com 14 mi de doses até junho



08/03/2021 | 12:06


O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta segunda-feira, 8, que a Pfizer vai antecipar o cronograma e entregar 14 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 até junho. Segundo o ministro, isso representa um aumento no lote de curto prazo em 50%. "A solução para o Brasil é vacinar para manter imunidade da população e preservar sinais vitais da economia", afirmou Guedes.

Segundo o ministro, a Pfizer informou ao governo brasileiro que vai aumentar a produção diária de 1,5 milhão para 5 milhões de doses. "O presidente da Pfizer disse que o Brasil é muito importante, são 200 milhões de brasileiros. Ele se comprometeu a olhar para essa expansão potencial e vai olhar com carinho futuros aumentos na produção do Brasil", completou.

Segundo Guedes, houve "problemas de escala" na negociação com a Pfizer. "Os dois lados demoraram um pouco com as negociações, mas temos que olhar pra frente", completou. A decisão do governo brasileiro pela compra da vacina da Pfizer só veio semana passada, depois de meses rejeitando propostas feitas pela empresa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Guedes: Pfizer aumentará entrega de lote de vacinas, com 14 mi de doses até junho


08/03/2021 | 12:06


O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta segunda-feira, 8, que a Pfizer vai antecipar o cronograma e entregar 14 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 até junho. Segundo o ministro, isso representa um aumento no lote de curto prazo em 50%. "A solução para o Brasil é vacinar para manter imunidade da população e preservar sinais vitais da economia", afirmou Guedes.

Segundo o ministro, a Pfizer informou ao governo brasileiro que vai aumentar a produção diária de 1,5 milhão para 5 milhões de doses. "O presidente da Pfizer disse que o Brasil é muito importante, são 200 milhões de brasileiros. Ele se comprometeu a olhar para essa expansão potencial e vai olhar com carinho futuros aumentos na produção do Brasil", completou.

Segundo Guedes, houve "problemas de escala" na negociação com a Pfizer. "Os dois lados demoraram um pouco com as negociações, mas temos que olhar pra frente", completou. A decisão do governo brasileiro pela compra da vacina da Pfizer só veio semana passada, depois de meses rejeitando propostas feitas pela empresa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;