Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Corinthians goleia equatorianas por 16 a 0 na Libertadores; Kindermann faz 8



05/03/2021 | 20:09


Os dois times brasileiros que estrearam nesta sexta-feira na Copa Libertadores Feminina aplicaram goleadas expressivas. A mais marcante, sem dúvida, foi a do Corinthians, que fez 16 a 0 no equatoriano El Nacional. Mas o Avaí Kindermann também se saiu bem, derrotando o Deportivo Trópico, da Bolívia, por 8 a 0.

O Corinthians foi o campeão da Libertadores de 2019, a última realizada, com a de 2020 tendo sido adiada para este início de 2021 em função da pandemia do coronavírus. E na sua estreia na Argentina, diante do atual campeão equatoriano, aplicou 16 a 0, com 12 gols marcados no segundo tempo.

Victoria Albuquerque, Gabi Nunes e Grazi foram as artilheiras da partida, com 3 gols marcados por cada no duelo disputado em Morón. Giovanna Crivelari marcou dois. E os outros gols foram de Pardal, Tamires, Poliana, Gabi Zanotti e Adriana.

No Grupo A da Libertadores, o Corinthians voltará a jogar na próxima segunda-feira, quando enfrentará o peruano Universitário. Depois, na quinta, o adversário será o América de Cali.

No Jose Amalfitani, o estádio do Vélez Sarsfield em Buenos Aires, o Kindermann fez a metade dos gols do Corinthians. O time catarinense disputa o torneio por ter sido o terceiro colocado no Brasileirão de 2019. E quem mais brilhou foi Lelê, autora de quatro gols. Larissa anotou dois, com Camila e Vilma completando a goleada diante do campeão boliviano.

O Kindermann está no Grupo B da Libertadores Feminina e voltará a jogar na segunda-feira, quando enfrentará o chileno Santiago Morning. Na rodada final da chave, na próxima quinta, seu oponente será o Boca Juniors.

Campeã brasileira em 2019, a Ferroviária é a outra representante do País na Libertadores. E vai estrear neste sábado, quando terá pela frente o paraguaio Libertad, no José Amalfitani.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Corinthians goleia equatorianas por 16 a 0 na Libertadores; Kindermann faz 8


05/03/2021 | 20:09


Os dois times brasileiros que estrearam nesta sexta-feira na Copa Libertadores Feminina aplicaram goleadas expressivas. A mais marcante, sem dúvida, foi a do Corinthians, que fez 16 a 0 no equatoriano El Nacional. Mas o Avaí Kindermann também se saiu bem, derrotando o Deportivo Trópico, da Bolívia, por 8 a 0.

O Corinthians foi o campeão da Libertadores de 2019, a última realizada, com a de 2020 tendo sido adiada para este início de 2021 em função da pandemia do coronavírus. E na sua estreia na Argentina, diante do atual campeão equatoriano, aplicou 16 a 0, com 12 gols marcados no segundo tempo.

Victoria Albuquerque, Gabi Nunes e Grazi foram as artilheiras da partida, com 3 gols marcados por cada no duelo disputado em Morón. Giovanna Crivelari marcou dois. E os outros gols foram de Pardal, Tamires, Poliana, Gabi Zanotti e Adriana.

No Grupo A da Libertadores, o Corinthians voltará a jogar na próxima segunda-feira, quando enfrentará o peruano Universitário. Depois, na quinta, o adversário será o América de Cali.

No Jose Amalfitani, o estádio do Vélez Sarsfield em Buenos Aires, o Kindermann fez a metade dos gols do Corinthians. O time catarinense disputa o torneio por ter sido o terceiro colocado no Brasileirão de 2019. E quem mais brilhou foi Lelê, autora de quatro gols. Larissa anotou dois, com Camila e Vilma completando a goleada diante do campeão boliviano.

O Kindermann está no Grupo B da Libertadores Feminina e voltará a jogar na segunda-feira, quando enfrentará o chileno Santiago Morning. Na rodada final da chave, na próxima quinta, seu oponente será o Boca Juniors.

Campeã brasileira em 2019, a Ferroviária é a outra representante do País na Libertadores. E vai estrear neste sábado, quando terá pela frente o paraguaio Libertad, no José Amalfitani.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;