Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 14 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Técnico da Ponte Preta defende paralisação do futebol por causa da pandemia

ÁlvaroJr. PontePress/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


05/03/2021 | 16:28


Enquanto alguns treinadores são contra a paralisação do futebol brasileiro, apesar do aumento do número dos casos de coronavírus, o técnico da Ponte Preta, Fábio Moreno, seguiu a linha do discurso de Lisca, do América-MG, e pediu bom senso para as autoridades. Questionado sobre um possível pedido do Ministério Público para a paralisação do futebol, Fábio Moreno se mostrou favorável e classificou como "preocupante" o momento no país.

 

"É um momento realmente preocupante e as mortes estão aumentando. Se no ano passado teve o entendimento que precisava repensar todas situações de futebol eu acho que o cuidado agora precisa ser redobrado. A gente não tem vacina para todo mundo, temos problemas de gestão de saúde pública e precisamos manter a cabeça no lugar. Espero bom senso das autoridades", disse o treinador.

 

A Ponte Preta, inclusive, vem sofrendo com casos de covid-19 no seu elenco. Horas antes do jogo contra o Santo André, o clube anunciou que o goleiro Pedrão, o zagueiro Rayan, o volante Barreto e o meia Camilo testaram positivo para o coronavírus. Barreto já havia desfalcado a Ponte Preta no empate com o Novorizontino, por apresentar sintomas gripais, assim como os goleiros Ygor Vinhas e Guilherme. Esses dois retornaram aos treinamentos nesta sexta-feira após cumprirem o período de isolamento.

 

Em busca da sua primeira vitória no Paulistão, a Ponte Preta volta a campo no domingo, contra o Corinthians, às 11 horas, na Neo Química Arena, pela terceira rodada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Técnico da Ponte Preta defende paralisação do futebol por causa da pandemia


05/03/2021 | 16:28


Enquanto alguns treinadores são contra a paralisação do futebol brasileiro, apesar do aumento do número dos casos de coronavírus, o técnico da Ponte Preta, Fábio Moreno, seguiu a linha do discurso de Lisca, do América-MG, e pediu bom senso para as autoridades. Questionado sobre um possível pedido do Ministério Público para a paralisação do futebol, Fábio Moreno se mostrou favorável e classificou como "preocupante" o momento no país.

 

"É um momento realmente preocupante e as mortes estão aumentando. Se no ano passado teve o entendimento que precisava repensar todas situações de futebol eu acho que o cuidado agora precisa ser redobrado. A gente não tem vacina para todo mundo, temos problemas de gestão de saúde pública e precisamos manter a cabeça no lugar. Espero bom senso das autoridades", disse o treinador.

 

A Ponte Preta, inclusive, vem sofrendo com casos de covid-19 no seu elenco. Horas antes do jogo contra o Santo André, o clube anunciou que o goleiro Pedrão, o zagueiro Rayan, o volante Barreto e o meia Camilo testaram positivo para o coronavírus. Barreto já havia desfalcado a Ponte Preta no empate com o Novorizontino, por apresentar sintomas gripais, assim como os goleiros Ygor Vinhas e Guilherme. Esses dois retornaram aos treinamentos nesta sexta-feira após cumprirem o período de isolamento.

 

Em busca da sua primeira vitória no Paulistão, a Ponte Preta volta a campo no domingo, contra o Corinthians, às 11 horas, na Neo Química Arena, pela terceira rodada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;