Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 14 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Fauci vê risco de novo pico de casos de covid-19 nos EUA



05/03/2021 | 14:14


Infectologista e principal especialista no combate à pandemia de covid-19 nos Estados Unidos, Anthony Fauci disse que o atual nível de contágios local, entre 60 mil e 70 mil casos diários, sugere um risco de que o país sofra com um novo pico de casos da doença.

Segundo explicou Fauci, os EUA registraram uma queda acentuada nas infecções, e agora a curva de americanos infectados passa por um platô, o que indica estabilidade. Caso as medidas restritivas sejam suspensas no país, a tendência é de que a curva suba novamente, afirmou o infectologista.

Diante desta previsão, a diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos EUA, Rochelle Walensky, enfatizou que relaxar as medidas sanitárias agora seria prematuro e repetiria um erro já cometido pelo país durante a pandemia, que levou a uma nova onda de casos, óbitos e hospitalizações por covid-19.

Coordenador da resposta da Casa Branca à pandemia, Andy Slavitt seguiu o argumento de Walensky ao afirmar que, mesmo com o progresso da vacinação nos EUA, o país não deixou a pandemia para trás. Ele ainda comentou que mais de 8 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 foram administradas nos EUA, e anunciou a abertura de mais dois locais de vacinação em Atlanta, capital da Geórgia, com capacidade de administrar 600 mil doses por dia, segundo Slavitt.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fauci vê risco de novo pico de casos de covid-19 nos EUA


05/03/2021 | 14:14


Infectologista e principal especialista no combate à pandemia de covid-19 nos Estados Unidos, Anthony Fauci disse que o atual nível de contágios local, entre 60 mil e 70 mil casos diários, sugere um risco de que o país sofra com um novo pico de casos da doença.

Segundo explicou Fauci, os EUA registraram uma queda acentuada nas infecções, e agora a curva de americanos infectados passa por um platô, o que indica estabilidade. Caso as medidas restritivas sejam suspensas no país, a tendência é de que a curva suba novamente, afirmou o infectologista.

Diante desta previsão, a diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos EUA, Rochelle Walensky, enfatizou que relaxar as medidas sanitárias agora seria prematuro e repetiria um erro já cometido pelo país durante a pandemia, que levou a uma nova onda de casos, óbitos e hospitalizações por covid-19.

Coordenador da resposta da Casa Branca à pandemia, Andy Slavitt seguiu o argumento de Walensky ao afirmar que, mesmo com o progresso da vacinação nos EUA, o país não deixou a pandemia para trás. Ele ainda comentou que mais de 8 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 foram administradas nos EUA, e anunciou a abertura de mais dois locais de vacinação em Atlanta, capital da Geórgia, com capacidade de administrar 600 mil doses por dia, segundo Slavitt.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;