Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Chevrolet e Honda suspendem produção no Brasil

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Leo Alves
Do Garagem360

05/03/2021 | 10:18


Duas importantes fabricantes suspenderam a produção de veículos no Brasil nos últimos dias. A fábrica da Chevrolet de Gravataí (RS) e a planta de Sumaré (SP) da Honda precisaram interromper a fabricação de carros por conta da falta de peças.

Embora por enquanto esse problema afete essas duas fabricantes, nada impede que a escassez de materiais impacte outras marcas e cause uma crise produtiva na indústria brasileira.

Chevrolet e Honda suspendem produção

A reportagem do site Autoesporte diz que a fábrica da Chevrolet, que produz o Onix, precisou parar as atividades no início desta semana e pode ficar até um mês sem produzir nenhum veículo. A Honda, por sua vez, decidiu interromper a fabricação pelos 10 primeiros dias deste mês de março.

Ainda segundo o texto do site, a baixa oferta de semicondutores está impactando a produção global de veículos. Esse componente é altamente utilizado em diversos produtos eletrônicos, como os smartphones.

LEIA MAIS: Venda de veículos usados cresceu em fevereiro, mas SP perdeu participação

Carros 2021: veja os 20 modelos mais vendidos até aqui

Como a pandemia da covid-19 desequilibrou os estoques de semicondutores e diversos outros componentes elétricos, todas as indústrias que dependem deles estão enfrentando dificuldades para produzir seus veículos.

Preços podem subir

O Chevrolet Onix é o carro mais vendido no Brasil. Dessa forma, nenhum outro veículo tem uma demanda maior que o modelo. Os estoques em lojas, que já andam em baixa a alguns meses, certamente serão ainda mais impactados. Dessa forma, a expectativa é que a conta acabe chegando para o consumidor final, que pode ter que pagar ainda mais para comprar um carro novo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Chevrolet e Honda suspendem produção no Brasil

Leo Alves
Do Garagem360

05/03/2021 | 10:18


Duas importantes fabricantes suspenderam a produção de veículos no Brasil nos últimos dias. A fábrica da Chevrolet de Gravataí (RS) e a planta de Sumaré (SP) da Honda precisaram interromper a fabricação de carros por conta da falta de peças.

Embora por enquanto esse problema afete essas duas fabricantes, nada impede que a escassez de materiais impacte outras marcas e cause uma crise produtiva na indústria brasileira.

Chevrolet e Honda suspendem produção

A reportagem do site Autoesporte diz que a fábrica da Chevrolet, que produz o Onix, precisou parar as atividades no início desta semana e pode ficar até um mês sem produzir nenhum veículo. A Honda, por sua vez, decidiu interromper a fabricação pelos 10 primeiros dias deste mês de março.

Ainda segundo o texto do site, a baixa oferta de semicondutores está impactando a produção global de veículos. Esse componente é altamente utilizado em diversos produtos eletrônicos, como os smartphones.

LEIA MAIS: Venda de veículos usados cresceu em fevereiro, mas SP perdeu participação

Carros 2021: veja os 20 modelos mais vendidos até aqui

Como a pandemia da covid-19 desequilibrou os estoques de semicondutores e diversos outros componentes elétricos, todas as indústrias que dependem deles estão enfrentando dificuldades para produzir seus veículos.

Preços podem subir

O Chevrolet Onix é o carro mais vendido no Brasil. Dessa forma, nenhum outro veículo tem uma demanda maior que o modelo. Os estoques em lojas, que já andam em baixa a alguns meses, certamente serão ainda mais impactados. Dessa forma, a expectativa é que a conta acabe chegando para o consumidor final, que pode ter que pagar ainda mais para comprar um carro novo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;