Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Prefeitura do Rio de Janeiro decreta que bares e restaurantes devem fechar às 17h



04/03/2021 | 07:31


O município do Rio de Janeiro vai adotar medidas mais restritivas de funcionamento do comércio, para tentar combater a pandemia de covid-19. A partir desta sexta-feira, 5, e a princípio por uma semana, bares e restaurantes só poderão funcionar das 6h às 17h, com capacidade máxima de 40% de ocupação.

Entre 23h e 5h, será proibida a permanência das pessoas nas ruas e espaços públicos - a passagem das pessoas, desde que estejam em deslocamento, seguirá autorizada.

As medidas foram definidas durante reunião realizada na noite desta quarta-feira, 3, entre o governador em exercício, Cláudio Castro (PSC), e o prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM), segundo informou a assessoria do governo estadual. As medidas vão constar de um decreto municipal e serão anunciadas na manhã da quinta-feira, 4, por Paes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Prefeitura do Rio de Janeiro decreta que bares e restaurantes devem fechar às 17h


04/03/2021 | 07:31


O município do Rio de Janeiro vai adotar medidas mais restritivas de funcionamento do comércio, para tentar combater a pandemia de covid-19. A partir desta sexta-feira, 5, e a princípio por uma semana, bares e restaurantes só poderão funcionar das 6h às 17h, com capacidade máxima de 40% de ocupação.

Entre 23h e 5h, será proibida a permanência das pessoas nas ruas e espaços públicos - a passagem das pessoas, desde que estejam em deslocamento, seguirá autorizada.

As medidas foram definidas durante reunião realizada na noite desta quarta-feira, 3, entre o governador em exercício, Cláudio Castro (PSC), e o prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM), segundo informou a assessoria do governo estadual. As medidas vão constar de um decreto municipal e serão anunciadas na manhã da quinta-feira, 4, por Paes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;