Fechar
Publicidade

Domingo, 18 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Moradores do Rio fazem panelaço contra Bolsonaro



03/03/2021 | 21:18


Moradores do Rio de Janeiro fizeram um protesto, na noite desta quarta-feira, 3, contra as medidas adotadas pela gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no combate à pandemia de covid-19. O panelaço começou às 20h30, horário em que teria início um pronunciamento do presidente em rede nacional de rádio e TV. O pronunciamento acabou cancelado, mas os protestos ocorreram mesmo assim. O número de mortos pela Covid-19 no País nesta quarta-feira foi recorde: 1.910 vítimas da doença morreram em 24 horas.

O barulho de panelas e gritos de "fora, Bolsonaro", "assassino", "genocida" e outros foram ouvidos nos bairros de Copacabana, Flamengo, Glória, Laranjeiras, Cosme Velho, Jardim Botânico (todos na zona sul) e Grajaú (zona norte). As manifestações se estenderam por cerca de dez minutos, até por volta de 20h40.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Moradores do Rio fazem panelaço contra Bolsonaro


03/03/2021 | 21:18


Moradores do Rio de Janeiro fizeram um protesto, na noite desta quarta-feira, 3, contra as medidas adotadas pela gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no combate à pandemia de covid-19. O panelaço começou às 20h30, horário em que teria início um pronunciamento do presidente em rede nacional de rádio e TV. O pronunciamento acabou cancelado, mas os protestos ocorreram mesmo assim. O número de mortos pela Covid-19 no País nesta quarta-feira foi recorde: 1.910 vítimas da doença morreram em 24 horas.

O barulho de panelas e gritos de "fora, Bolsonaro", "assassino", "genocida" e outros foram ouvidos nos bairros de Copacabana, Flamengo, Glória, Laranjeiras, Cosme Velho, Jardim Botânico (todos na zona sul) e Grajaú (zona norte). As manifestações se estenderam por cerca de dez minutos, até por volta de 20h40.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;