Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Gabriel Maranhão é baleado após tentativa de assalto

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ex-prefeito de Rio Grande da Serra e atual secretário de Obras de Ribeirão está internado no hospital e consciente, segundo a Prefeitura


Da Redação
Do Diário do Grande ABC

03/03/2021 | 20:19


O secretário de Obras de Ribeirão Pires e ex-prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Cidadania), foi vítima de tentativa de assalto na tarde desta quarta-feira. O político chegou a ser baleado e foi levado ao Hospital Ribeirão Pires.

A informação foi confirmada pela Prefeitura de Ribeirão Pires. Segundo o Paço, Maranhão está em observação e consciente.

O Diário apurou que Maranhão foi surpreendido pelos suspeitos quando saída de sua residência, em Suzano – ele mora na divisa entre as cidades, depois do distrito de Ouro Fino Paulista. Houve princípio de resistência ao assalto. O tiro passou de raspão na cabeça e ficou alojado no ombro direito. Os suspeitos tentaram levar o veículo após o disparo, mas não conseguiram dirigir o carro com câmbio automático.

Maranhão foi socorrido por moradores do local e levado ao Hospital Ribeirão Pires, administrado pela Rede D’Or. O secretário passará por cirurgia para retirada do projétil.

Ex-chefe do Executivo de Rio Grande, Maranhão havia cumprido expediente pela manhã. Vistoriou obras de asfaltamento em algumas ruas.

Até o fechamento desta edição, a Prefeitura de Ribeirão havia informado que Maranhão estava bem, em observação e que nenhum órgão vital do político havia sido atingido. A Rede D’Or argumentou que a família dele não autorizou a divulgação do boletim médico. O BO (Boletim de Ocorrência) estava em confecção na Delegacia de Suzano.

Maranhão começou a trabalhar no Paço de Ribeirão neste ano, depois de encerrar os dois mandatos como prefeito de Rio Grande da Serra. Engenheiro de formação, ele é aliado do prefeito Clóvis Volpi (PL). O político tem 49 anos e também foi presidente do Consórcio Intermunicipal e foi secretário de Obras nos dois mandatos de Adler Kiko Teixeira (PSDB) em Rio Grande da Serra. Atualmente, Maranhão e Kiko estão em raias opostas politicamente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Gabriel Maranhão é baleado após tentativa de assalto

Ex-prefeito de Rio Grande da Serra e atual secretário de Obras de Ribeirão está internado no hospital e consciente, segundo a Prefeitura

Da Redação
Do Diário do Grande ABC

03/03/2021 | 20:19


O secretário de Obras de Ribeirão Pires e ex-prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Cidadania), foi vítima de tentativa de assalto na tarde desta quarta-feira. O político chegou a ser baleado e foi levado ao Hospital Ribeirão Pires.

A informação foi confirmada pela Prefeitura de Ribeirão Pires. Segundo o Paço, Maranhão está em observação e consciente.

O Diário apurou que Maranhão foi surpreendido pelos suspeitos quando saída de sua residência, em Suzano – ele mora na divisa entre as cidades, depois do distrito de Ouro Fino Paulista. Houve princípio de resistência ao assalto. O tiro passou de raspão na cabeça e ficou alojado no ombro direito. Os suspeitos tentaram levar o veículo após o disparo, mas não conseguiram dirigir o carro com câmbio automático.

Maranhão foi socorrido por moradores do local e levado ao Hospital Ribeirão Pires, administrado pela Rede D’Or. O secretário passará por cirurgia para retirada do projétil.

Ex-chefe do Executivo de Rio Grande, Maranhão havia cumprido expediente pela manhã. Vistoriou obras de asfaltamento em algumas ruas.

Até o fechamento desta edição, a Prefeitura de Ribeirão havia informado que Maranhão estava bem, em observação e que nenhum órgão vital do político havia sido atingido. A Rede D’Or argumentou que a família dele não autorizou a divulgação do boletim médico. O BO (Boletim de Ocorrência) estava em confecção na Delegacia de Suzano.

Maranhão começou a trabalhar no Paço de Ribeirão neste ano, depois de encerrar os dois mandatos como prefeito de Rio Grande da Serra. Engenheiro de formação, ele é aliado do prefeito Clóvis Volpi (PL). O político tem 49 anos e também foi presidente do Consórcio Intermunicipal e foi secretário de Obras nos dois mandatos de Adler Kiko Teixeira (PSDB) em Rio Grande da Serra. Atualmente, Maranhão e Kiko estão em raias opostas politicamente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;