Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 14 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Japão deve estender estado de emergência de Tóquio até 21 de março

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


03/03/2021 | 15:02


Autoridades de Tóquio, no Japão, solicitaram ao primeiro-ministro Yoshihide Suga a extensão do estado de emergência na capital por duas semanas, já que não houve declínio de novas infecções. O primeiro-ministro respondeu que está considerando a proposta.

Embora o Japão tenha suspendido o protocolo de estado de emergência para outras regiões, Tóquio ainda é um hotspot que o governo prefere manter sob controle devido às Olimpíadas no final do ano. Diante do cenário, o governo irá decidir sobre a extensão na quinta-feira, 4. As medidas de emergência de Tóquio vão até o final de semana.

A Grécia anunciou a extensão do bloqueio e apertou as restrições em Atenas e outras regiões afetadas para conter um aumento de novas infecções por covid-19. Segundo autoridades locais, o bloqueio na região de Atenas, que deveria terminar em 8 de março, foi estendido até 16 de março, afirmou o vice-ministro da Proteção Civil, Nikos Hardalias.

Autoridades gregas relataram 2.702 infecções em 24h na quarta-feira, 3, ante 2.353 na terça-feira, 2, o que representa a maior quantidade de registros diários registrados este ano.

Médicos da Alemanha estão preocupados com a grande proporção de pessoas pertencentes a minorias étnicas entre os pacientes com coronavírus em tratamento intensivo. Na avaliação deles, há forte falta de comunicação adequada com as comunidades muçulmanas, em particular sobre os perigos da doença.

Lothar Wieler, chefe do Instituto Robert Koch, agência alemã de controle de doenças, confirmou que a questão foi discutida com consultores médicos seniores no mês passado, embora ele tenha enfatizado que a reunião foi informal. Wieler foi citado pela mídia alemã dizendo que o assunto era "tabu" para o governo alemão, que temia que o debate pudesse ser visto como racista. Como aponta o The Guardian, ele teria classificado a situação como "grande problema" que teve "implicações massivas" para o governo.

Na terça-feira, a Alemanha relatou 9.019 novos casos e 418 mortes por covid-19. A tendência nas infecções tem sido simular ao final de fevereiro, com o total de casos ativos diminuindo. No entanto, a contagem de óbitos ainda é considerada alta, mesmo que tenha diminuído nas últimas semanas.

As autoridades alemãs se reunirão ainda hoje e devem prorrogar o bloqueio até 28 de março, além de anunciar algumas modificações nas medidas existentes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Japão deve estender estado de emergência de Tóquio até 21 de março


03/03/2021 | 15:02


Autoridades de Tóquio, no Japão, solicitaram ao primeiro-ministro Yoshihide Suga a extensão do estado de emergência na capital por duas semanas, já que não houve declínio de novas infecções. O primeiro-ministro respondeu que está considerando a proposta.

Embora o Japão tenha suspendido o protocolo de estado de emergência para outras regiões, Tóquio ainda é um hotspot que o governo prefere manter sob controle devido às Olimpíadas no final do ano. Diante do cenário, o governo irá decidir sobre a extensão na quinta-feira, 4. As medidas de emergência de Tóquio vão até o final de semana.

A Grécia anunciou a extensão do bloqueio e apertou as restrições em Atenas e outras regiões afetadas para conter um aumento de novas infecções por covid-19. Segundo autoridades locais, o bloqueio na região de Atenas, que deveria terminar em 8 de março, foi estendido até 16 de março, afirmou o vice-ministro da Proteção Civil, Nikos Hardalias.

Autoridades gregas relataram 2.702 infecções em 24h na quarta-feira, 3, ante 2.353 na terça-feira, 2, o que representa a maior quantidade de registros diários registrados este ano.

Médicos da Alemanha estão preocupados com a grande proporção de pessoas pertencentes a minorias étnicas entre os pacientes com coronavírus em tratamento intensivo. Na avaliação deles, há forte falta de comunicação adequada com as comunidades muçulmanas, em particular sobre os perigos da doença.

Lothar Wieler, chefe do Instituto Robert Koch, agência alemã de controle de doenças, confirmou que a questão foi discutida com consultores médicos seniores no mês passado, embora ele tenha enfatizado que a reunião foi informal. Wieler foi citado pela mídia alemã dizendo que o assunto era "tabu" para o governo alemão, que temia que o debate pudesse ser visto como racista. Como aponta o The Guardian, ele teria classificado a situação como "grande problema" que teve "implicações massivas" para o governo.

Na terça-feira, a Alemanha relatou 9.019 novos casos e 418 mortes por covid-19. A tendência nas infecções tem sido simular ao final de fevereiro, com o total de casos ativos diminuindo. No entanto, a contagem de óbitos ainda é considerada alta, mesmo que tenha diminuído nas últimas semanas.

As autoridades alemãs se reunirão ainda hoje e devem prorrogar o bloqueio até 28 de março, além de anunciar algumas modificações nas medidas existentes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;