Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

PEC Emergencial: vamos autorizar governo a fazer novo endividamento, diz relator



03/03/2021 | 10:00


O senador Marcio Bittar (MDB-AC), relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial, afirmou nesta quarta-feira (3) que a matéria irá incluir a possibilidade de o governo contratar novos empréstimos. "Vamos autorizar o governo federal a fazer - e não há como tapar o sol com a peneira - um novo endividamento", afirmou Bittar em entrevista à rádio CBN. "Não há outra saída", completou.

O senador disse que os recursos necessários para auxílio emergencial são um orçamento "paralelo". "Se tem alguma coisa que me sinto confortável de defender uma necessidade 'extrateto' na questão social é o atendimento de pessoas que precisam do Estado", afirmou Bittar, que mencionou outras propostas que passaram por fora do teto de gastos, como recursos para entes federados e para ampliar o Fundeb.

Segundo Bittar, os dispositivos que travam o aumento de despesas quando gastos superarem 95% da arrecadação são tema pacificado no Senado. "Entendo que estamos prontos para aprovar o auxílio emergencial, dando autorização para o governo, ao mesmo tempo em que a gente cria mecanismos de contenção dos gastos públicos", afirmou sobre acordo entre os líderes.

Sobre os valores necessários para alavancar a proposta, Bittar ressaltou a incerteza do fim da pandemia e disse que optou por não fixar um valor uma vez que "quando se coloca um valor, se debate e acaba subindo mais do que seria conveniente para as contas públicas brasileiras".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PEC Emergencial: vamos autorizar governo a fazer novo endividamento, diz relator


03/03/2021 | 10:00


O senador Marcio Bittar (MDB-AC), relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial, afirmou nesta quarta-feira (3) que a matéria irá incluir a possibilidade de o governo contratar novos empréstimos. "Vamos autorizar o governo federal a fazer - e não há como tapar o sol com a peneira - um novo endividamento", afirmou Bittar em entrevista à rádio CBN. "Não há outra saída", completou.

O senador disse que os recursos necessários para auxílio emergencial são um orçamento "paralelo". "Se tem alguma coisa que me sinto confortável de defender uma necessidade 'extrateto' na questão social é o atendimento de pessoas que precisam do Estado", afirmou Bittar, que mencionou outras propostas que passaram por fora do teto de gastos, como recursos para entes federados e para ampliar o Fundeb.

Segundo Bittar, os dispositivos que travam o aumento de despesas quando gastos superarem 95% da arrecadação são tema pacificado no Senado. "Entendo que estamos prontos para aprovar o auxílio emergencial, dando autorização para o governo, ao mesmo tempo em que a gente cria mecanismos de contenção dos gastos públicos", afirmou sobre acordo entre os líderes.

Sobre os valores necessários para alavancar a proposta, Bittar ressaltou a incerteza do fim da pandemia e disse que optou por não fixar um valor uma vez que "quando se coloca um valor, se debate e acaba subindo mais do que seria conveniente para as contas públicas brasileiras".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;