Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Vereadores querem hospitais de campanha


Raphael Rocha

03/03/2021 | 03:03


A situação crítica de falta de leitos de Covid-19 no Grande ABC pautou sessões ontem na região. O vereador Leonardo Alves (PSDB), de Mauá, clamou para união de esforços dos mais variados entes públicos e figuras políticas para que o município tenha reforço de caixa na atuação contra o novo coronavírus. Em Mauá, todos os leitos públicos estão ocupados, fator que adiciona preocupação para o futuro de curto prazo. O tucano, inclusive, sugeriu que o prefeito Marcelo Oliveira (PT) pense na viabilidade da reconstrução do hospital de campanha, que funcionou até o fim do ano passado no estacionamento do Ginásio Celso Daniel, atrás do Paço. Em Santo André, o vereador Ricardo Zóio (DEM) encaminhou ofício ao prefeito Paulo Serra (PSDB) solicitando a reabertura do hospital de campanha no Estádio Bruno Daniel – hoje há estruturas no Complexo Pedro Dell''Antonia e na UFABC (Universidade Federal do ABC). O democrata diz ser preocupante ler as recentes reportagens mostrando o cenário que caminha para o colapso.

Assédio na Assembleia 

 Está programada para hoje a divulgação do relatório sobre a acusação da deputada estadual Isa Penna (Psol) contra o parlamentar estadual Fernando Cury (Cidadania), por assédio sexual. Cury abraçou e apalpou o seio da colega na última sessão do ano passado. Os comentários nos corredores da Assembleia Legislativa é a de que o relator do caso no conselho de ética, Emidio de Souza (PT), proponha suspensão legislativa de seis meses para Cury – punição que teria sido discutida com todos os líderes da casa. Se aprovado pelo conselho, o relatório é encaminhado para a mesa diretoria, que vai pedir avaliação completa do plenário.

Exoneração oficializada 

 O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC publicou a exoneração do ex-vereador Akira Auriani (PSB), de Rio Grande da Serra. A indicação do socialista para atuar na entidade regional havia causado ruído no governo do prefeito rio-grandense, Claudinho da Geladeira (Podemos). Akira, segundo colocado na disputa pela Prefeitura, deve ser nomeado na gestão do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB).

 Homenagens a Chico do Judô 

 As câmaras do Grande ABC prestaram ontem homenagens ao ex-vereador Chico do Judô, de Mauá, que morreu na semana passada vítima de Covid-19. Gilberto Costa (Avante), líder do governo no Legislativo de São Caetano, e o vereador Beto Vidoski (PSDB), que foram secretários de esportes na cidade, lembraram de passagens junto de Chico, que era alto dirigente da Federação Paulista de Judô.

 Críticas e bom humor 

 O vereador Sargento Simões (Podemos), de Mauá, roubou a cena na sessão de ontem na cidade. Usou e absuou de expressões populares para criticar a resposta de requerimento que ele fez sobre o contrato da Prefeitura com a FUABC (Fundação do ABC). “Estou sendo tirado, como diz a gíria”, disparou o parlamentar, ao ler que as respostas para suas indagações precisariam ser coletadas diretamente na Secretaria de Saúde. “Não pedi consulta, pedi esclarecimentos.” Em outro momento, em seu discurso, disparou: “Esse papel não serve nem para eu me limpar quando vou ao banheiro para fazer meu número dois”. Arrancou gargalhadas dos colegas.

 Contas na casa 

 As contas rejeitadas do ex-prefeito Atila Jacomussi (PSB), referentes ao ano de 2017, chegaram na Câmara. O TCE (Tribunal de Contas do Estado) recomendou a reprovação do balancete do primeiro ano de gestão do socialista. O documento passará por análise da comissão de finanças da casa antes de ir para análise do plenário.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vereadores querem hospitais de campanha

Raphael Rocha

03/03/2021 | 03:03


A situação crítica de falta de leitos de Covid-19 no Grande ABC pautou sessões ontem na região. O vereador Leonardo Alves (PSDB), de Mauá, clamou para união de esforços dos mais variados entes públicos e figuras políticas para que o município tenha reforço de caixa na atuação contra o novo coronavírus. Em Mauá, todos os leitos públicos estão ocupados, fator que adiciona preocupação para o futuro de curto prazo. O tucano, inclusive, sugeriu que o prefeito Marcelo Oliveira (PT) pense na viabilidade da reconstrução do hospital de campanha, que funcionou até o fim do ano passado no estacionamento do Ginásio Celso Daniel, atrás do Paço. Em Santo André, o vereador Ricardo Zóio (DEM) encaminhou ofício ao prefeito Paulo Serra (PSDB) solicitando a reabertura do hospital de campanha no Estádio Bruno Daniel – hoje há estruturas no Complexo Pedro Dell''Antonia e na UFABC (Universidade Federal do ABC). O democrata diz ser preocupante ler as recentes reportagens mostrando o cenário que caminha para o colapso.

Assédio na Assembleia 

 Está programada para hoje a divulgação do relatório sobre a acusação da deputada estadual Isa Penna (Psol) contra o parlamentar estadual Fernando Cury (Cidadania), por assédio sexual. Cury abraçou e apalpou o seio da colega na última sessão do ano passado. Os comentários nos corredores da Assembleia Legislativa é a de que o relator do caso no conselho de ética, Emidio de Souza (PT), proponha suspensão legislativa de seis meses para Cury – punição que teria sido discutida com todos os líderes da casa. Se aprovado pelo conselho, o relatório é encaminhado para a mesa diretoria, que vai pedir avaliação completa do plenário.

Exoneração oficializada 

 O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC publicou a exoneração do ex-vereador Akira Auriani (PSB), de Rio Grande da Serra. A indicação do socialista para atuar na entidade regional havia causado ruído no governo do prefeito rio-grandense, Claudinho da Geladeira (Podemos). Akira, segundo colocado na disputa pela Prefeitura, deve ser nomeado na gestão do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB).

 Homenagens a Chico do Judô 

 As câmaras do Grande ABC prestaram ontem homenagens ao ex-vereador Chico do Judô, de Mauá, que morreu na semana passada vítima de Covid-19. Gilberto Costa (Avante), líder do governo no Legislativo de São Caetano, e o vereador Beto Vidoski (PSDB), que foram secretários de esportes na cidade, lembraram de passagens junto de Chico, que era alto dirigente da Federação Paulista de Judô.

 Críticas e bom humor 

 O vereador Sargento Simões (Podemos), de Mauá, roubou a cena na sessão de ontem na cidade. Usou e absuou de expressões populares para criticar a resposta de requerimento que ele fez sobre o contrato da Prefeitura com a FUABC (Fundação do ABC). “Estou sendo tirado, como diz a gíria”, disparou o parlamentar, ao ler que as respostas para suas indagações precisariam ser coletadas diretamente na Secretaria de Saúde. “Não pedi consulta, pedi esclarecimentos.” Em outro momento, em seu discurso, disparou: “Esse papel não serve nem para eu me limpar quando vou ao banheiro para fazer meu número dois”. Arrancou gargalhadas dos colegas.

 Contas na casa 

 As contas rejeitadas do ex-prefeito Atila Jacomussi (PSB), referentes ao ano de 2017, chegaram na Câmara. O TCE (Tribunal de Contas do Estado) recomendou a reprovação do balancete do primeiro ano de gestão do socialista. O documento passará por análise da comissão de finanças da casa antes de ir para análise do plenário.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;