Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 20 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Na volta do recesso, Pará é diagnosticado com coronavírus e desfalca o Santos



02/03/2021 | 17:32


O lateral-direito Pará não poderá defender o Santos no início da participação da equipe na Copa Libertadores. Nesta terça-feira, o clube comunicou que o defensor testou positivo para o coronavírus, o que vai deixá-lo de fora dos próximos três compromissos do clube na temporada 2021.

O Santos explicou que Pará já cumpre o período de dez dias de isolamento. Assim, não poderá enfrentar Ferroviária, nesta quarta-feira, São Paulo, no sábado, ambos pelo Campeonato Paulista, e Deportivo Lara, na próxima terça, pela segunda fase preliminar da Libertadores.

O teste positivo de Pará se deu na reapresentação dos principais jogadores do elenco após um período de recesso. Além do lateral, João Paulo, John, Luan Peres, Luiz Felipe, Felipe Jonatan, Alison, Sandry, Soteldo e Lucas Braga voltaram ao CT Rei Pelé para a primeira atividade sob o comando do técnico Ariel Holan.

"O Santos FC informa que o atleta Pará testou positivo para o Covid-19 no exame realizado na segunda-feira (1º), no CT Rei Pelé. O jogador já está cumprindo quarentena, isolado em sua casa, com toda a retaguarda médica garantida pelo Clube e seguindo todos os protocolos estabelecidos, com retorno aos treinos previsto para o dia 11", disse.

O reserva imediato de Pará na lateral direita, Madson, fraturou duas costelas recentemente e também não pode atuar pelo Santos. Assim, a tendência é que a posição seja ocupada por Sandro Perpetuo nos próximos compromissos. As outras opções são Fernando Pileggi e Mikael.

Nesse momento, o Santos também não pode contar com Marinho (coronavírus), Kaio Jorge, Madson, Laércio, Raniel, Jobson e Sánchez (lesionados) e Marcos Leonardo e Renyer (seleção brasileira sub-18).

Nesta quarta-feira, o Santos voltará a campo para enfrentar a Ferroviária, às 17 horas, pela segunda rodada do Campeonato Paulista, na Vila Belmiro. O time, porém, não contará com as principais peças do elenco e vai ser dirigido pelo auxiliar Marcelo Fernandes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Na volta do recesso, Pará é diagnosticado com coronavírus e desfalca o Santos


02/03/2021 | 17:32


O lateral-direito Pará não poderá defender o Santos no início da participação da equipe na Copa Libertadores. Nesta terça-feira, o clube comunicou que o defensor testou positivo para o coronavírus, o que vai deixá-lo de fora dos próximos três compromissos do clube na temporada 2021.

O Santos explicou que Pará já cumpre o período de dez dias de isolamento. Assim, não poderá enfrentar Ferroviária, nesta quarta-feira, São Paulo, no sábado, ambos pelo Campeonato Paulista, e Deportivo Lara, na próxima terça, pela segunda fase preliminar da Libertadores.

O teste positivo de Pará se deu na reapresentação dos principais jogadores do elenco após um período de recesso. Além do lateral, João Paulo, John, Luan Peres, Luiz Felipe, Felipe Jonatan, Alison, Sandry, Soteldo e Lucas Braga voltaram ao CT Rei Pelé para a primeira atividade sob o comando do técnico Ariel Holan.

"O Santos FC informa que o atleta Pará testou positivo para o Covid-19 no exame realizado na segunda-feira (1º), no CT Rei Pelé. O jogador já está cumprindo quarentena, isolado em sua casa, com toda a retaguarda médica garantida pelo Clube e seguindo todos os protocolos estabelecidos, com retorno aos treinos previsto para o dia 11", disse.

O reserva imediato de Pará na lateral direita, Madson, fraturou duas costelas recentemente e também não pode atuar pelo Santos. Assim, a tendência é que a posição seja ocupada por Sandro Perpetuo nos próximos compromissos. As outras opções são Fernando Pileggi e Mikael.

Nesse momento, o Santos também não pode contar com Marinho (coronavírus), Kaio Jorge, Madson, Laércio, Raniel, Jobson e Sánchez (lesionados) e Marcos Leonardo e Renyer (seleção brasileira sub-18).

Nesta quarta-feira, o Santos voltará a campo para enfrentar a Ferroviária, às 17 horas, pela segunda rodada do Campeonato Paulista, na Vila Belmiro. O time, porém, não contará com as principais peças do elenco e vai ser dirigido pelo auxiliar Marcelo Fernandes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;