Fechar
Publicidade

Domingo, 18 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Carla defende Doria e ataca Bolsonaro


Raphael Rocha

02/03/2021 | 00:42


Líder da bancada do PSDB na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Carla Morando (PSDB) decidiu, durante entrevista coletiva do governador João Doria (PSDB), atacar o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). Nas redes sociais, disse que Bolsonaro era “assassino do povo brasileiro por não comprar vacina”. Começou a receber críticas. Na sequência, disparou: “Cheio de gado do Bozo (como Bolsonaro é pejorativamente chamado) aqui”. Os comentários deflagraram verdadeira guerra dentro do perfil do governador, com ataques, inclusive misóginos, à tucana.

BASTIDORES

Lembranças doídas
As constantes críticas do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), são assuntos recorrentes no meio político da cidade. Muitos lembram que Morando foi o primeiro nome do PSDB regional a embarcar na campanha de Bolsonaro no segundo turno em 2018, inclusive com ataques ao ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), candidato tucano naquele ano. “Ele será meu candidato. O PSDB e eu sempre militamos contra o PT. Não tem o menor cabimento apoiar alguém do PT. E meu silêncio poderia representar algum aceno (ao petismo), algo que não posso permitir”, disse Morando, no dia seguinte ao início do segundo turno.

Nova reunião
Mais uma vez o ex-prefeito de São Bernardo e presidente paulista do PT, Luiz Marinho, se encontrou com o deputado estadual Luiz Fernando Teixeira (PT), no escritório do parlamentar, em São Bernardo. Falaram sobre a conjuntura política regional. Marinho será candidato a deputado federal e Luiz Fernando buscará reeleição na Assembleia. Além disso, o deputado busca consenso da bancada para ser o primeiro secretário da mesa diretora da casa paulista.

Pedido de Refis
Vereador e líder da bancada do PSDB na Câmara de São Caetano, Beto Vidoski pediu que a Prefeitura envie para o Legislativo projeto com a confecção de novo Refis, programa de parcelamento de dívidas municipais. “São necessárias medidas imediatas de socorro aos cidadãos, empresários, comerciantes, enfim, toda a cadeia produtiva local, e neste sentido, o Refis certamente beneficiará a todos.”

CPI
O parlamentar Jander Lira (DEM), de São Caetano, corre para coletar assinaturas na sua tentativa de abrir CPI para investigar contrato no Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental) com cooperativa para recolher e encaminhar resíduos recicláveis.

Bloco federal
Na Câmara Federal, os partidos Cidadania, Novo e PV formalizaram um bloco, com objetivo de unir forças durante a discussão do orçamento federal. A formalização da aliança foi encaminhada pelo líder do Cidadania na casa, Alex Manente, de São Bernardo.

Bate cabeça
Aliás, esta coluna mostrou no sábado que o deputado federal Alex Manente (Cidadania) fez pedido ao governo federal para ajuda do hospital de campanha em Ribeirão Pires. Mas o assunto não chegou a ser discutido junto com o prefeito Clóvis Volpi (PL). O grupo do deputado diz não ter sido procurado pelo governo, que, por sua vez, reclama que não foi atendido pelo parlamentar. Alex é aliado do ex-vice-prefeito Edinaldo de Menezes, o Dedé (Cidadania), que hoje está distante de Volpi. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Carla defende Doria e ataca Bolsonaro

Raphael Rocha

02/03/2021 | 00:42


Líder da bancada do PSDB na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Carla Morando (PSDB) decidiu, durante entrevista coletiva do governador João Doria (PSDB), atacar o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). Nas redes sociais, disse que Bolsonaro era “assassino do povo brasileiro por não comprar vacina”. Começou a receber críticas. Na sequência, disparou: “Cheio de gado do Bozo (como Bolsonaro é pejorativamente chamado) aqui”. Os comentários deflagraram verdadeira guerra dentro do perfil do governador, com ataques, inclusive misóginos, à tucana.

BASTIDORES

Lembranças doídas
As constantes críticas do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), são assuntos recorrentes no meio político da cidade. Muitos lembram que Morando foi o primeiro nome do PSDB regional a embarcar na campanha de Bolsonaro no segundo turno em 2018, inclusive com ataques ao ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), candidato tucano naquele ano. “Ele será meu candidato. O PSDB e eu sempre militamos contra o PT. Não tem o menor cabimento apoiar alguém do PT. E meu silêncio poderia representar algum aceno (ao petismo), algo que não posso permitir”, disse Morando, no dia seguinte ao início do segundo turno.

Nova reunião
Mais uma vez o ex-prefeito de São Bernardo e presidente paulista do PT, Luiz Marinho, se encontrou com o deputado estadual Luiz Fernando Teixeira (PT), no escritório do parlamentar, em São Bernardo. Falaram sobre a conjuntura política regional. Marinho será candidato a deputado federal e Luiz Fernando buscará reeleição na Assembleia. Além disso, o deputado busca consenso da bancada para ser o primeiro secretário da mesa diretora da casa paulista.

Pedido de Refis
Vereador e líder da bancada do PSDB na Câmara de São Caetano, Beto Vidoski pediu que a Prefeitura envie para o Legislativo projeto com a confecção de novo Refis, programa de parcelamento de dívidas municipais. “São necessárias medidas imediatas de socorro aos cidadãos, empresários, comerciantes, enfim, toda a cadeia produtiva local, e neste sentido, o Refis certamente beneficiará a todos.”

CPI
O parlamentar Jander Lira (DEM), de São Caetano, corre para coletar assinaturas na sua tentativa de abrir CPI para investigar contrato no Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental) com cooperativa para recolher e encaminhar resíduos recicláveis.

Bloco federal
Na Câmara Federal, os partidos Cidadania, Novo e PV formalizaram um bloco, com objetivo de unir forças durante a discussão do orçamento federal. A formalização da aliança foi encaminhada pelo líder do Cidadania na casa, Alex Manente, de São Bernardo.

Bate cabeça
Aliás, esta coluna mostrou no sábado que o deputado federal Alex Manente (Cidadania) fez pedido ao governo federal para ajuda do hospital de campanha em Ribeirão Pires. Mas o assunto não chegou a ser discutido junto com o prefeito Clóvis Volpi (PL). O grupo do deputado diz não ter sido procurado pelo governo, que, por sua vez, reclama que não foi atendido pelo parlamentar. Alex é aliado do ex-vice-prefeito Edinaldo de Menezes, o Dedé (Cidadania), que hoje está distante de Volpi. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;