Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Atraso inexplicável


Do Diário do Grande ABC

01/03/2021 | 23:59


A informação é estarrecedora: sem nenhuma justificativa plausível, São Bernardo atrasou o início do ano letivo. Diferentemente do que ocorre nas demais cidades paulistas, as aulas não começaram no município do Grande ABC. Entende-se que a pandemia alterou hábitos e obrigou a mudanças no modo de ministrar conhecimento aos alunos. Mas não iniciar o ensino remoto, por aplicativos eletrônicos, repetindo a experiência de 2020, é simplesmente inexplicável. Onde estão os vereadores, o Ministério Público e as autoridades educacionais que se calam diante de tamanha afronta ao futuro de milhares de estudantes?

Professores da rede municipal relatam ao Diário total despreparo da secretaria responsável pela área na condução da retomada das aulas. Há muita confusão e informações desencontradas. Tanto que alunos e pais ainda não têm clareza sobre a data real do início do ano letivo em São Bernardo. Alguns falam no dia 8; outros afirmam ser no dia 15. O Paço não se esforça para esclarecer a questão.

Secretária de Educação no governo do prefeito Orlando Morando (PSDB), Sílvia de Araújo Donnini tem a obrigação de vir a público explicar as razões pelas quais São Bernardo anda na contramão das demais cidades da região na retomada das aulas, ainda que remotas. O ensino é segmento extremamente importante na política de desenvolvimento socioeconômico de um município para ser tratado com tamanho descaso. Se há justificativas para o adiamento, que sejam expostas de maneira clara. O que a administração são-bernardense tem a esconder?

Atrasar o início do ano letivo! Quem diria que justamente um político filiado ao PSDB, partido umbilicalmente ligado às causas educacionais, fosse capaz de cometer tal abuso! É de se imaginar o que diria o oposicionista Orlando Morando se, eventualmente, se deparasse com absurdos como esse que ele protagoniza enquanto é governo. Para a sociedade, resta lamentar o fato de que o petismo não fiscalize os desmandos da atual administração com empenho similar ao que sofria quando ocupava o Paço Municipal. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Atraso inexplicável

Do Diário do Grande ABC

01/03/2021 | 23:59


A informação é estarrecedora: sem nenhuma justificativa plausível, São Bernardo atrasou o início do ano letivo. Diferentemente do que ocorre nas demais cidades paulistas, as aulas não começaram no município do Grande ABC. Entende-se que a pandemia alterou hábitos e obrigou a mudanças no modo de ministrar conhecimento aos alunos. Mas não iniciar o ensino remoto, por aplicativos eletrônicos, repetindo a experiência de 2020, é simplesmente inexplicável. Onde estão os vereadores, o Ministério Público e as autoridades educacionais que se calam diante de tamanha afronta ao futuro de milhares de estudantes?

Professores da rede municipal relatam ao Diário total despreparo da secretaria responsável pela área na condução da retomada das aulas. Há muita confusão e informações desencontradas. Tanto que alunos e pais ainda não têm clareza sobre a data real do início do ano letivo em São Bernardo. Alguns falam no dia 8; outros afirmam ser no dia 15. O Paço não se esforça para esclarecer a questão.

Secretária de Educação no governo do prefeito Orlando Morando (PSDB), Sílvia de Araújo Donnini tem a obrigação de vir a público explicar as razões pelas quais São Bernardo anda na contramão das demais cidades da região na retomada das aulas, ainda que remotas. O ensino é segmento extremamente importante na política de desenvolvimento socioeconômico de um município para ser tratado com tamanho descaso. Se há justificativas para o adiamento, que sejam expostas de maneira clara. O que a administração são-bernardense tem a esconder?

Atrasar o início do ano letivo! Quem diria que justamente um político filiado ao PSDB, partido umbilicalmente ligado às causas educacionais, fosse capaz de cometer tal abuso! É de se imaginar o que diria o oposicionista Orlando Morando se, eventualmente, se deparasse com absurdos como esse que ele protagoniza enquanto é governo. Para a sociedade, resta lamentar o fato de que o petismo não fiscalize os desmandos da atual administração com empenho similar ao que sofria quando ocupava o Paço Municipal. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;