Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Cleo ajudou Fiuk a contar para Fábio Jr. que iria para o BBB21: - Meu pai me ouve muito



01/03/2021 | 16:11


Cleo Pires já se consagrou como comentarista oficial do BBB, principalmente agora que Fiuk se tornou um dos participantes do reality. Em entrevista para o canal da Foquinha no Youtube, a atriz contou que foi a primeira da família a saber que o irmão iria participar do programa.

- Ele queria muito. Óbvio que quando ele me falou eu fiquei tensa, porque é uma pessoa que você ama numa casa que tem câmeras 24 horas. A pessoa fica muito exposta. Obviamente que você fica com medo dele sofrer algum tipo de hate, de ser injustiçado ou de falar uma m***a de fato. [...] A gente mesmo se zoa e isso é tudo bem, o que me incomoda muito é o cancelamento, o hate mesmo.

Segundo Cleo, o maior receio do irmão era contar para o pai, o cantor Fábio Jr., e por isso, ele acabou pedindo a ajuda dela.

- Meu pai me ouve muito, não sei se é porque eu sou mais velha ou porque já batemos muito de frente. [...] E aí a gente foi pra casa dele, chegamos lá, tomamos um drink, conversamos, fizemos uma firula. Lá pelas tantas ele falou: irmã é agora. Aí eu falei: tá, vamos lá então. Aí eu cheguei e falei: pai a gente tem uma coisa pra contar pra você. E aí ele: pelo amor de Deus filhota, não faz isso comigo. Aí eu falei e ele ficou assim: como assim? Como assim filhote? E aí a gente conversou, ele ficou muito preocupado no início, mas a gente foi convencendo ele.

Questionada qual seria a primeira coisa que ela perguntaria para o irmão após o reality, Cleo respondeu:

- Eu ia perguntar porque ele não continuou o romance com a Thaís. Eu vendo e conhecendo meu irmão, a minha leitura é que eu acho que não teve química, ele gosta dela como amiga e não quer falar: eu não quero ficar com você. Mas eu ia querer saber da cabeça dele mesmo.

Compulsão alimentar e Tireoidite de Hashimoto

Em outra entrevista, dessa vez para o canal da Monique Curi no Youtube, Cleo abriu seu coração sobre as cobranças estéticas que vem sofrendo nas redes sociais.

- Isso mexe né? A gente não é uma ilha. Tem gente que romantiza muito isso de que tem que ligar o foda-se. Sim, no final das contas você acaba pensando assim. Isso também é uma realidade, mas outra realidade é que você não é uma ilha, você quer a aprovação das pessoas, você quer o carinho, você quer aceitação.

A atriz sofre de compulsão alimentar e Tireoidite de Hashimoto, uma doença autoimune que causa fadiga e ganho de peso.

- Quando eu descobri isso eu já estava num nível de compulsão bem alto e estava recebendo muita porrada. Mas também não queria falar sobre isso, porque eu não queria que as pessoas entendessem que você só engorda porque você não está saudável. Porque não é real isso, mas no meu caso era. E como eu não queria falar sobre isso, eu comecei a me sentir culpada, e a compulsão piorou mais ainda. Enfim, quando eu comecei a tratar a compulsão, fui me cuidando aos poucos, as pessoas começaram a me falar que eu emagreci de uma hora para a outra. Mas na verdade, foi porque eles viram naquele momento, mas eu já estava num processo há muito tempo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cleo ajudou Fiuk a contar para Fábio Jr. que iria para o BBB21: - Meu pai me ouve muito


01/03/2021 | 16:11


Cleo Pires já se consagrou como comentarista oficial do BBB, principalmente agora que Fiuk se tornou um dos participantes do reality. Em entrevista para o canal da Foquinha no Youtube, a atriz contou que foi a primeira da família a saber que o irmão iria participar do programa.

- Ele queria muito. Óbvio que quando ele me falou eu fiquei tensa, porque é uma pessoa que você ama numa casa que tem câmeras 24 horas. A pessoa fica muito exposta. Obviamente que você fica com medo dele sofrer algum tipo de hate, de ser injustiçado ou de falar uma m***a de fato. [...] A gente mesmo se zoa e isso é tudo bem, o que me incomoda muito é o cancelamento, o hate mesmo.

Segundo Cleo, o maior receio do irmão era contar para o pai, o cantor Fábio Jr., e por isso, ele acabou pedindo a ajuda dela.

- Meu pai me ouve muito, não sei se é porque eu sou mais velha ou porque já batemos muito de frente. [...] E aí a gente foi pra casa dele, chegamos lá, tomamos um drink, conversamos, fizemos uma firula. Lá pelas tantas ele falou: irmã é agora. Aí eu falei: tá, vamos lá então. Aí eu cheguei e falei: pai a gente tem uma coisa pra contar pra você. E aí ele: pelo amor de Deus filhota, não faz isso comigo. Aí eu falei e ele ficou assim: como assim? Como assim filhote? E aí a gente conversou, ele ficou muito preocupado no início, mas a gente foi convencendo ele.

Questionada qual seria a primeira coisa que ela perguntaria para o irmão após o reality, Cleo respondeu:

- Eu ia perguntar porque ele não continuou o romance com a Thaís. Eu vendo e conhecendo meu irmão, a minha leitura é que eu acho que não teve química, ele gosta dela como amiga e não quer falar: eu não quero ficar com você. Mas eu ia querer saber da cabeça dele mesmo.

Compulsão alimentar e Tireoidite de Hashimoto

Em outra entrevista, dessa vez para o canal da Monique Curi no Youtube, Cleo abriu seu coração sobre as cobranças estéticas que vem sofrendo nas redes sociais.

- Isso mexe né? A gente não é uma ilha. Tem gente que romantiza muito isso de que tem que ligar o foda-se. Sim, no final das contas você acaba pensando assim. Isso também é uma realidade, mas outra realidade é que você não é uma ilha, você quer a aprovação das pessoas, você quer o carinho, você quer aceitação.

A atriz sofre de compulsão alimentar e Tireoidite de Hashimoto, uma doença autoimune que causa fadiga e ganho de peso.

- Quando eu descobri isso eu já estava num nível de compulsão bem alto e estava recebendo muita porrada. Mas também não queria falar sobre isso, porque eu não queria que as pessoas entendessem que você só engorda porque você não está saudável. Porque não é real isso, mas no meu caso era. E como eu não queria falar sobre isso, eu comecei a me sentir culpada, e a compulsão piorou mais ainda. Enfim, quando eu comecei a tratar a compulsão, fui me cuidando aos poucos, as pessoas começaram a me falar que eu emagreci de uma hora para a outra. Mas na verdade, foi porque eles viram naquele momento, mas eu já estava num processo há muito tempo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;