Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

CPTM prevê duas novas estações na Linha 10

Banco de Dados/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Paradas Barcelona, em S.Caetano, e Pirelli, em Sto.André, estão no planejamento da companhia


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

01/03/2021 | 00:32


O governo do Estado desengavetou estudos para construir mais três estações na Linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), sendo duas delas no Grande ABC. Uma é a Estação Pirelli, em Santo André, e a outra é a Estação Barcelona, em São Caetano.

O planejamento foi incluído em anexos do contrato da CPTM com a Eletromídia, que ganhou concorrência para poder explorar comercialmente espaços visuais dos terminais da companhia. Além das estações Pirelli e Barcelona, a Linha 10-Turquesa pode ganhar a Estação Parque da Mooca, na Zona Leste da Capital.

A reativação da Estação Pirelli é pauta antiga em Santo André. A parada servia principalmente para desaguar funcionários que atuavam na fabricante de pneus que batizava o terminal local, na Vila Homero Thon. Foi desativada em 2006.

Já a Estação Barcelona, que seria a segunda de São Caetano, esteve presente em relatório de administração da CPTM de 2013. À época, a companhia admitiu que projetos funcionais estavam no horizonte para balizar a construção de outras estações para os vários ramais operados pela empresa pública.

À ocasião, a CPTM estimava que cerca de 100 mil passageiros utilizariam diariamente a Estação Pirelli, aproveitando o fluxo de pessoas que frequentariam o Atrium Shopping. Na Barcelona, seriam 19 mil usuários diários – serviria para redistribuir o volume concentrado na Estação São Caetano, na região central da cidade e anexa ao Terminal Rodoviário. A expectativa era a de que em 2025 as estações pudessem estar prontas, o que não aconteceu.

A Linha 10-Turquesa, principal canal de ligação de moradores do Grande ABC com a Capital, conta com 13 estações ativas, sendo nove na região: Rio Grande da Serra, Ribeirão Pires, Guapituba (Mauá), Mauá, Capuava (Mauá), Prefeito Celso Daniel (Santo André), Prefeito Saladino (Santo André), Utinga (Santo André) e São Caetano. Há ainda as paradas Tamanduateí (onde existe conexão com a Linha 2-Verde do Metrô), Ipiranga, Juventus-Mooca e Brás (baldeação com a Linha 3-Vermelha do Metrô), todas na Capital. Até 2011, o ramal chegava à Estação Luz, onde era possível fazer integração com a Linha 1-Azul do Metrô, mas o Estado reviu esse traçado.

A equipe do Diário indagou durante a semana a CPTM sobre o estágio dos estudos, se há estimativa de investimento e o local exato da Estação Barcelona, uma vez que, em 2013, apenas projeções de como seria a estrutura foram divulgadas. A companhia não respondeu a nenhuma das questões.

Em 2019, quando anunciou pacote de investimentos em mobilidade urbana para o Grande ABC – em troca do enterro da Linha 18-Bronze do Metrô, via monotrilho, cujo contrato assinado em 2014 não tinha sido executado –, o governador João Doria (PSDB) prometeu retomar as negociações para a construção da Estação Pirelli. A ideia era alterar um pouco a parada, trazendo-a mais perto do Carrefour, com construção adicional de conexões com o Atrium Shopping e o Poupatempo que funciona no estabelecimento comercial. Passados quase dois anos, nada saiu do discurso do tucano.

O prefeito de Santo André e presidente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, Paulo Serra (PSDB), já avisou que utilizará este mandato para pressionar pela Estação Pirelli.

A Linha 10-Turquesa da CPTM registrava média de 200 mil passageiros diários pré-pandemia de Covid-19. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

CPTM prevê duas novas estações na Linha 10

Paradas Barcelona, em S.Caetano, e Pirelli, em Sto.André, estão no planejamento da companhia

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

01/03/2021 | 00:32


O governo do Estado desengavetou estudos para construir mais três estações na Linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), sendo duas delas no Grande ABC. Uma é a Estação Pirelli, em Santo André, e a outra é a Estação Barcelona, em São Caetano.

O planejamento foi incluído em anexos do contrato da CPTM com a Eletromídia, que ganhou concorrência para poder explorar comercialmente espaços visuais dos terminais da companhia. Além das estações Pirelli e Barcelona, a Linha 10-Turquesa pode ganhar a Estação Parque da Mooca, na Zona Leste da Capital.

A reativação da Estação Pirelli é pauta antiga em Santo André. A parada servia principalmente para desaguar funcionários que atuavam na fabricante de pneus que batizava o terminal local, na Vila Homero Thon. Foi desativada em 2006.

Já a Estação Barcelona, que seria a segunda de São Caetano, esteve presente em relatório de administração da CPTM de 2013. À época, a companhia admitiu que projetos funcionais estavam no horizonte para balizar a construção de outras estações para os vários ramais operados pela empresa pública.

À ocasião, a CPTM estimava que cerca de 100 mil passageiros utilizariam diariamente a Estação Pirelli, aproveitando o fluxo de pessoas que frequentariam o Atrium Shopping. Na Barcelona, seriam 19 mil usuários diários – serviria para redistribuir o volume concentrado na Estação São Caetano, na região central da cidade e anexa ao Terminal Rodoviário. A expectativa era a de que em 2025 as estações pudessem estar prontas, o que não aconteceu.

A Linha 10-Turquesa, principal canal de ligação de moradores do Grande ABC com a Capital, conta com 13 estações ativas, sendo nove na região: Rio Grande da Serra, Ribeirão Pires, Guapituba (Mauá), Mauá, Capuava (Mauá), Prefeito Celso Daniel (Santo André), Prefeito Saladino (Santo André), Utinga (Santo André) e São Caetano. Há ainda as paradas Tamanduateí (onde existe conexão com a Linha 2-Verde do Metrô), Ipiranga, Juventus-Mooca e Brás (baldeação com a Linha 3-Vermelha do Metrô), todas na Capital. Até 2011, o ramal chegava à Estação Luz, onde era possível fazer integração com a Linha 1-Azul do Metrô, mas o Estado reviu esse traçado.

A equipe do Diário indagou durante a semana a CPTM sobre o estágio dos estudos, se há estimativa de investimento e o local exato da Estação Barcelona, uma vez que, em 2013, apenas projeções de como seria a estrutura foram divulgadas. A companhia não respondeu a nenhuma das questões.

Em 2019, quando anunciou pacote de investimentos em mobilidade urbana para o Grande ABC – em troca do enterro da Linha 18-Bronze do Metrô, via monotrilho, cujo contrato assinado em 2014 não tinha sido executado –, o governador João Doria (PSDB) prometeu retomar as negociações para a construção da Estação Pirelli. A ideia era alterar um pouco a parada, trazendo-a mais perto do Carrefour, com construção adicional de conexões com o Atrium Shopping e o Poupatempo que funciona no estabelecimento comercial. Passados quase dois anos, nada saiu do discurso do tucano.

O prefeito de Santo André e presidente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, Paulo Serra (PSDB), já avisou que utilizará este mandato para pressionar pela Estação Pirelli.

A Linha 10-Turquesa da CPTM registrava média de 200 mil passageiros diários pré-pandemia de Covid-19. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;