Fechar
Publicidade

Domingo, 18 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Limite de crédito para órgãos em 2021 é de R$ 20,5 bilhões, diz CMN



26/02/2021 | 14:39


O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou o limite global para contratação de operações de crédito internas por instituições financeiras por órgãos e entidades do setor público em 2021, com um valor total de R$ 20,5 bilhões. O limite para operações de crédito com garantias da União por órgãos e entidades de Estados e Municípios é de R$ 9 bilhões em 2021. Já o limite para o crédito sem garantia da União para os entes subnacionais é de R$ 11 bilhões.

O CMN aprovou ainda um limite de R$ 500 milhões para operações de crédito por órgãos e entidades da União, sem garantia do Tesouro Nacional.

De acordo com o Ministério da Economia, o limite aprovado está alinhado às projeções de resultado fiscal dos entes subnacionais e à meta de resultado fiscal das empresas estatais federais, conforme disposto na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021.

"O limite de R$ 20,5 bilhões estabelecido para 2021 é similar ao autorizado em 2020, que totalizou R$ 20,4 bilhões ao final daquele exercício, e inferior aos limites autorizados em 2018, de R$ 24,0 bilhões, e em 2019, de R$ 24,5 bilhões", completou a pasta.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Limite de crédito para órgãos em 2021 é de R$ 20,5 bilhões, diz CMN


26/02/2021 | 14:39


O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou o limite global para contratação de operações de crédito internas por instituições financeiras por órgãos e entidades do setor público em 2021, com um valor total de R$ 20,5 bilhões. O limite para operações de crédito com garantias da União por órgãos e entidades de Estados e Municípios é de R$ 9 bilhões em 2021. Já o limite para o crédito sem garantia da União para os entes subnacionais é de R$ 11 bilhões.

O CMN aprovou ainda um limite de R$ 500 milhões para operações de crédito por órgãos e entidades da União, sem garantia do Tesouro Nacional.

De acordo com o Ministério da Economia, o limite aprovado está alinhado às projeções de resultado fiscal dos entes subnacionais e à meta de resultado fiscal das empresas estatais federais, conforme disposto na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021.

"O limite de R$ 20,5 bilhões estabelecido para 2021 é similar ao autorizado em 2020, que totalizou R$ 20,4 bilhões ao final daquele exercício, e inferior aos limites autorizados em 2018, de R$ 24,0 bilhões, e em 2019, de R$ 24,5 bilhões", completou a pasta.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;