Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Rio se mantém em 'risco alto' e já confirmou 7 casos de covid-19 com novas cepas



26/02/2021 | 13:33


A Prefeitura do Rio de Janeiro decidiu manter todo o município com classificação de "risco alto" para a covid-19, apesar de três das 33 regiões administrativas da cidade terem apresentado melhoras nos índices. O motivo foi a confirmação de mais três casos da doença ocasionados pelas novas variantes do coronavírus. Com isso, já são sete casos confirmados na capital.

De acordo com a Prefeitura, os novos casos da variante P1 foram identificados em um homem de 54 anos, que residia no centro e morreu em um hospital da rede privada no dia 21, e em duas mulheres - uma moradora do Recreio dos Bandeirantes, de 71 anos, e outra do Parque Anchieta, de 21. Ambas estão curadas. Todos eles tinham históricos de viagens recentes, dois deles a Manaus e um a São Gabriel da Cachoeira, também no Estado do Amazonas.

Do total de sete casos confirmados até agora, seis são da variação P1 e um da B.1.1.7, de origem britânica. Três deles não tinham histórico recente de viagem, e por isso foram considerados casos de transmissão dentro do próprio Rio.

"Com a possibilidade dessas novas variantes, decidimos manter o risco alto, com restrições para toda a cidade. A gente não pode afrouxar, se tranquilizar neste momento", disse o prefeito Eduardo Paes (DEM). "A realidade que vemos no Brasil é muito complexa. A chance de (as variantes) chegar no Rio não é pequena, tem uma chance grande", completou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rio se mantém em 'risco alto' e já confirmou 7 casos de covid-19 com novas cepas


26/02/2021 | 13:33


A Prefeitura do Rio de Janeiro decidiu manter todo o município com classificação de "risco alto" para a covid-19, apesar de três das 33 regiões administrativas da cidade terem apresentado melhoras nos índices. O motivo foi a confirmação de mais três casos da doença ocasionados pelas novas variantes do coronavírus. Com isso, já são sete casos confirmados na capital.

De acordo com a Prefeitura, os novos casos da variante P1 foram identificados em um homem de 54 anos, que residia no centro e morreu em um hospital da rede privada no dia 21, e em duas mulheres - uma moradora do Recreio dos Bandeirantes, de 71 anos, e outra do Parque Anchieta, de 21. Ambas estão curadas. Todos eles tinham históricos de viagens recentes, dois deles a Manaus e um a São Gabriel da Cachoeira, também no Estado do Amazonas.

Do total de sete casos confirmados até agora, seis são da variação P1 e um da B.1.1.7, de origem britânica. Três deles não tinham histórico recente de viagem, e por isso foram considerados casos de transmissão dentro do próprio Rio.

"Com a possibilidade dessas novas variantes, decidimos manter o risco alto, com restrições para toda a cidade. A gente não pode afrouxar, se tranquilizar neste momento", disse o prefeito Eduardo Paes (DEM). "A realidade que vemos no Brasil é muito complexa. A chance de (as variantes) chegar no Rio não é pequena, tem uma chance grande", completou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;