Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Petrobras tem lucro de R$ 59,9 bi no 4º trimestre; alta de 634,6%

Tânia Rego/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


24/02/2021 | 21:27


A Petrobras fechou o quarto trimestre de 2020 com lucro de R$ 59,89 bilhões, resultado 634,6 superior ao de igual período de 2019, quando a empresa teve lucro de R$ 8,15 bilhões. No trimestre anterior, a companhia teve prejuízo de R$ 1,54 bilhão.

O resultado veio muito acima da expectativa do mercado, que esperava lucro de R$ 11,4 bilhões. O resultado é uma média de cinco casas consultadas pelo Prévias Broadcast (BTG Pactual, Santander, XP Investimentos, Bradesco BBI e Itaú BBA).

No período, o Ebitda da empresa ficou em R$ 47,04 bilhões, alta de 40,7% comparado ao trimestre anterior e de 28,8% ao quarto trimestre de 2019.

A receita acumulada no período foi de R$ 74,97 bilhões, um avanço de 6% frente ao período de julho a setembro do ano passado, e queda de 8,3% em relação ao quarto trimestre do ano anterior.

O endividamento líquido fechou o ano de 2020 em US$ 63,17 bilhões, 4,6% menor ante o trimestre anterior e 19,9% inferior à do final de 2019.

Dividendos

O conselho de administração da Petrobras aprovou o pagamento de R$ 10,3 bilhões em dividendos, ou R$ 0,7874 por ação ON e PN, com base no resultado de 2020.

Segundo a companhia, esse valor é equivalente a 5% do capital social. Do total, R$ 5,7 bilhões são originados da destinação dos resultados do ano passado e R$ 4,6 bilhões da conta reserva de retenção de lucros.

A companhia fará o pagamento com base na posição acionária do dia 14 de abril, e a partir do dia 15, as ações passam a ser negociadas ex-dividendos. O crédito aos acionistas será feito no dia 29 de abril.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Petrobras tem lucro de R$ 59,9 bi no 4º trimestre; alta de 634,6%


24/02/2021 | 21:27


A Petrobras fechou o quarto trimestre de 2020 com lucro de R$ 59,89 bilhões, resultado 634,6 superior ao de igual período de 2019, quando a empresa teve lucro de R$ 8,15 bilhões. No trimestre anterior, a companhia teve prejuízo de R$ 1,54 bilhão.

O resultado veio muito acima da expectativa do mercado, que esperava lucro de R$ 11,4 bilhões. O resultado é uma média de cinco casas consultadas pelo Prévias Broadcast (BTG Pactual, Santander, XP Investimentos, Bradesco BBI e Itaú BBA).

No período, o Ebitda da empresa ficou em R$ 47,04 bilhões, alta de 40,7% comparado ao trimestre anterior e de 28,8% ao quarto trimestre de 2019.

A receita acumulada no período foi de R$ 74,97 bilhões, um avanço de 6% frente ao período de julho a setembro do ano passado, e queda de 8,3% em relação ao quarto trimestre do ano anterior.

O endividamento líquido fechou o ano de 2020 em US$ 63,17 bilhões, 4,6% menor ante o trimestre anterior e 19,9% inferior à do final de 2019.

Dividendos

O conselho de administração da Petrobras aprovou o pagamento de R$ 10,3 bilhões em dividendos, ou R$ 0,7874 por ação ON e PN, com base no resultado de 2020.

Segundo a companhia, esse valor é equivalente a 5% do capital social. Do total, R$ 5,7 bilhões são originados da destinação dos resultados do ano passado e R$ 4,6 bilhões da conta reserva de retenção de lucros.

A companhia fará o pagamento com base na posição acionária do dia 14 de abril, e a partir do dia 15, as ações passam a ser negociadas ex-dividendos. O crédito aos acionistas será feito no dia 29 de abril.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;