Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Opas: Suprimento de vacina às Américas deve ser prioridade global



24/02/2021 | 18:32


Para a diretora-geral da Organização Pan-americana da Saúde (Opas), Carissa Etienne, o suprimento de vacinas contra a covid-19 às Américas deve ser uma "prioridade global", uma vez que a região foi o epicentro da pandemia por meses e ainda é "desproporcionalmente" atingida pela crise sanitária, segundo ela. "Nossa região precisa do maior número de vacinas no menor tempo possível", afirmou a diretora, revelando que a Opas tem negociado com fabricantes para aumentar o volume de doses no continente.

O diretor assistente da Opas, Jarbas Barbosa, disse que compartilhar mais vacinas com a iniciativa Covax seria um passo importante para combater a pandemia. Em contraste, acordos bilaterais entre países e fabricantes diminuem o suprimento dos imunizantes, em especial a países menos desenvolvidos, afirmou o especialista. Ele confirmou que as entregas de vacinas à América Latina pela Covax vão começar no fim deste mês, e o primeiro lote terminará de ser enviado aos países ainda em março.

Segundo Ettiene, a vacinação dos grupos mais vulneráveis da população, como idosos, profissionais de saúde e pessoas com comorbidades, é a forma mais eficaz de apoiar os sistemas de saúde, muito pressionados entre países americanos, disse. Ela ainda expressou preocupação com as avaliações feitas sobre estudos que medem a eficácia dos imunizantes. As taxas de eficácia, de acordo com ela, têm sido comparadas sob contextos diferentes, e os números nas Américas podem não ser equivalentes aos de testes feitos em outras regiões do mundo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Opas: Suprimento de vacina às Américas deve ser prioridade global


24/02/2021 | 18:32


Para a diretora-geral da Organização Pan-americana da Saúde (Opas), Carissa Etienne, o suprimento de vacinas contra a covid-19 às Américas deve ser uma "prioridade global", uma vez que a região foi o epicentro da pandemia por meses e ainda é "desproporcionalmente" atingida pela crise sanitária, segundo ela. "Nossa região precisa do maior número de vacinas no menor tempo possível", afirmou a diretora, revelando que a Opas tem negociado com fabricantes para aumentar o volume de doses no continente.

O diretor assistente da Opas, Jarbas Barbosa, disse que compartilhar mais vacinas com a iniciativa Covax seria um passo importante para combater a pandemia. Em contraste, acordos bilaterais entre países e fabricantes diminuem o suprimento dos imunizantes, em especial a países menos desenvolvidos, afirmou o especialista. Ele confirmou que as entregas de vacinas à América Latina pela Covax vão começar no fim deste mês, e o primeiro lote terminará de ser enviado aos países ainda em março.

Segundo Ettiene, a vacinação dos grupos mais vulneráveis da população, como idosos, profissionais de saúde e pessoas com comorbidades, é a forma mais eficaz de apoiar os sistemas de saúde, muito pressionados entre países americanos, disse. Ela ainda expressou preocupação com as avaliações feitas sobre estudos que medem a eficácia dos imunizantes. As taxas de eficácia, de acordo com ela, têm sido comparadas sob contextos diferentes, e os números nas Américas podem não ser equivalentes aos de testes feitos em outras regiões do mundo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;