Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PT enquadra vereadores que votaram em tucanos

Em Sto.André, Eduardo terá de explicar elogios a prefeito; em São Bernardo, Joilson é suspenso


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

23/02/2021 | 00:52


Os diretórios petistas de Santo André e São Bernardo enquadraram os vereadores do partido que votaram em tucanos nas eleições à presidência das câmaras no pleito de janeiro.

No caso do vereador Joilson Santos (PT), de São Bernardo, a cúpula petista decidiu, após reunião ocorrida na noite de ontem, punir o parlamentar com uma advertência pública, censura pública e suspensão de 90 dias em suas atividades partidárias. Já Eduardo Leite (PT), de Santo André, foi convocado a prestar esclarecimentos por também tecer elogios à gestão do prefeito Paulo Serra (PSDB).

Em São Bernardo, Joilson escolheu o candidato governista, Estevão Camolesi (PSDB), para assumir a vaga de presidente do Legislativo. A situação causou mal-estar entre militantes e vereadores da bancada petista na Câmara, que conta com as vereadoras Ana Nice e Ana do Carmo, e também pelo parlamentar Getúlio do Amarelinho. Militantes da legenda chegaram a representar contra o vereador, que respondeu ao conselho de ética.

Já os dirigentes do PT de Santo André decidiram convocar Eduardo para prestar esclarecimentos após o parlamentar ter votado no candidato governista Pedrinho Botaro (PSDB), reeleito para comandar a casa. Além disso, ao Diário, Eduardo teceu comentários positivos à gestão de Paulo Serra (PSDB), dizendo ser difícil fazer oposição a um governo que acerta, o que causou reação de militantes do partido na cidade. Durante o fim de semana, foi forte a pressão para punição severa a Eduardo.

Presidente do PT de São Bernardo, Cleiton Coutinho afirmou que a posição do diretório em relação a Joilson Santos “foi razoável”. “O vereador respondia no conselho de ética, apresentou sua defesa e o diretório deliberou essas punições. O vereador deverá ser notificado nas próximas horas.”

Antônio Padre, presidente do PT andreense, informou que o PT pretende soltar uma nota reafirmando o papel de oposição em Santo André “e que temos muito o que cobrar da gestão do PSDB” na cidade. Eduardo foi convocado para reunião no sábado.

Procurados, Joilson e Eduardo afirmaram que aguardarão notificação oficial do partido para se posicionarem.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PT enquadra vereadores que votaram em tucanos

Em Sto.André, Eduardo terá de explicar elogios a prefeito; em São Bernardo, Joilson é suspenso

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

23/02/2021 | 00:52


Os diretórios petistas de Santo André e São Bernardo enquadraram os vereadores do partido que votaram em tucanos nas eleições à presidência das câmaras no pleito de janeiro.

No caso do vereador Joilson Santos (PT), de São Bernardo, a cúpula petista decidiu, após reunião ocorrida na noite de ontem, punir o parlamentar com uma advertência pública, censura pública e suspensão de 90 dias em suas atividades partidárias. Já Eduardo Leite (PT), de Santo André, foi convocado a prestar esclarecimentos por também tecer elogios à gestão do prefeito Paulo Serra (PSDB).

Em São Bernardo, Joilson escolheu o candidato governista, Estevão Camolesi (PSDB), para assumir a vaga de presidente do Legislativo. A situação causou mal-estar entre militantes e vereadores da bancada petista na Câmara, que conta com as vereadoras Ana Nice e Ana do Carmo, e também pelo parlamentar Getúlio do Amarelinho. Militantes da legenda chegaram a representar contra o vereador, que respondeu ao conselho de ética.

Já os dirigentes do PT de Santo André decidiram convocar Eduardo para prestar esclarecimentos após o parlamentar ter votado no candidato governista Pedrinho Botaro (PSDB), reeleito para comandar a casa. Além disso, ao Diário, Eduardo teceu comentários positivos à gestão de Paulo Serra (PSDB), dizendo ser difícil fazer oposição a um governo que acerta, o que causou reação de militantes do partido na cidade. Durante o fim de semana, foi forte a pressão para punição severa a Eduardo.

Presidente do PT de São Bernardo, Cleiton Coutinho afirmou que a posição do diretório em relação a Joilson Santos “foi razoável”. “O vereador respondia no conselho de ética, apresentou sua defesa e o diretório deliberou essas punições. O vereador deverá ser notificado nas próximas horas.”

Antônio Padre, presidente do PT andreense, informou que o PT pretende soltar uma nota reafirmando o papel de oposição em Santo André “e que temos muito o que cobrar da gestão do PSDB” na cidade. Eduardo foi convocado para reunião no sábado.

Procurados, Joilson e Eduardo afirmaram que aguardarão notificação oficial do partido para se posicionarem.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;