Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara de Santo André suspende acesso do público devido pandemia do novo coronavírus

Banco de Dados/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Decisão foi tomada pelos vereadores após sessão que ocorreu na tarde de hoje


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

18/02/2021 | 18:06


Vereadores da Câmara de Santo André decidiram suspender o acesso do público ao prédio do Legislativo, devido pandemia do novo coronavírus, em restrição que tem início amanhã e segue até o dia 1º de março.

A decisão coletiva surgiu após reunião dos parlamentares que ocorreu na tarde de hoje, logo após sessão ordinária, e deverá ser oficializado pelo presidente da casa, o vereador Pedrinho Botaro (PSDB), amanhã.

"Pautei o assunto junto aos outros vereadores e achei melhor realizar este debate com todos os parlamentares. Decidimos suspender o acesso do público até o dia 1º de março. Estamos com vários casos de funcionários com covid, alguns estão internados e também temos a vereadora Marilda, que testou positivo para a doença", declarou o presidente do Legislativo.

Botaro também afirmou que o número de assessores que atuam dentro dos gabinetes devrerá reduir ainda mais, com intuito de reduzir possibilidade de aglomeração. "Provavelmente vamos adotar esquema de rodízio entre os assessores dos gabinetes Essa é uma possibilidade."

A Câmara de Santo André é a segunda na região a suspender o acesso de munícipes ao prédio e aos gabinetes dos vereadores. A primeira casa a adotar a medida foi a Câmara de Mauá. O Legislativo de São Bernardo adotou medida menos radical e apenas restringiu o número de pessoas que poderiam ter acesso ao prédio e aos escritórios dos parlamentares.

Na tarde de ontem, a vereadora Marilda Brandão (PSD) foi diagnosticada com a Covid-19 e foi afastada das atividades parlamentares.

As sessões de Santo André, que ocorrem as terças e quintas-feiras, seguiam com acesso restrito para os munícipes desde o ano passado. Nas terças, os vereadores participam presencialmente das sessões dentro da Câmara e as quintas a plenária é realizada por meio de videoconferência.

Conforme o Diário apurou, a data de retorno, prevista para o dia 1º de março pode sofrer mudanças, já que a mesa diretora deverá acompanhar os números de contágio na cidade. Caso o índice melhore, a data permanece e mesma, ao contrario, o dia de retorno poderá ser prorrogado.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;