Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 12 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Campos Machado pede investigação sobre alta abusiva dos planos de saúde

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ofício foi encaminhado para o Procurador Geral da República, Augusto Aras e o presidente da Fundação Procon do Estado de São Paulo, Fernando Capez


Da Redação

12/02/2021 | 12:43


O deputado estadual Campos Machado (Avante), encaminhou ofício ao Procurador Geral da República,  Augusto Aras, solicitando a abertura de investigação das empresas de planos de saúde. O objetivo, de acordo com o parlamentar, é apurar a motivação do aumento nas alíquotas das mensalidades.

Para o deputado, "diante de incontáveis dificuldades, sâo agora os usuários dos planos de saúde coletivos defrontados com um impactante e aleatório reajuste de suas mensalidades, sem qualquer justificativa por parte das administradoras de tais planos, em total afronta ao princípio da transparência.” O líder do partido na Assembleia completa, dizendo que “isso é o ápice do absurdo, até porque os planos de saúde já cobram preços abusivos para prestar um serviço precário e de pouca cobertura, mas, mesmo assim, algumas delas promoveram aumentos nas mensalidades da ordem de 50% do valor ou mais.”

Ele diz não conceber tamanho aumento. "Durante uma pandemia e sem nenhum parâmetro, diante dos índices oficiais de inflação. Ademais, enquanto o trabalhador e os empresários de todos os demais setores vivenciaram dificuldades econômicas, os planos de saúde obtiveram lucros extraordinários em 2020, antes mesmo de anunciar estes aumentos”.

O presidente da Fundação Procon do Estado de São Paulo, Fernando Capez, também recebeu cópia do documento protocolado pelo deputado na Assembleia Legislativa, para ser enviado ao Procurador Geral, Augusto Aras. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Campos Machado pede investigação sobre alta abusiva dos planos de saúde

Ofício foi encaminhado para o Procurador Geral da República, Augusto Aras e o presidente da Fundação Procon do Estado de São Paulo, Fernando Capez

Da Redação

12/02/2021 | 12:43


O deputado estadual Campos Machado (Avante), encaminhou ofício ao Procurador Geral da República,  Augusto Aras, solicitando a abertura de investigação das empresas de planos de saúde. O objetivo, de acordo com o parlamentar, é apurar a motivação do aumento nas alíquotas das mensalidades.

Para o deputado, "diante de incontáveis dificuldades, sâo agora os usuários dos planos de saúde coletivos defrontados com um impactante e aleatório reajuste de suas mensalidades, sem qualquer justificativa por parte das administradoras de tais planos, em total afronta ao princípio da transparência.” O líder do partido na Assembleia completa, dizendo que “isso é o ápice do absurdo, até porque os planos de saúde já cobram preços abusivos para prestar um serviço precário e de pouca cobertura, mas, mesmo assim, algumas delas promoveram aumentos nas mensalidades da ordem de 50% do valor ou mais.”

Ele diz não conceber tamanho aumento. "Durante uma pandemia e sem nenhum parâmetro, diante dos índices oficiais de inflação. Ademais, enquanto o trabalhador e os empresários de todos os demais setores vivenciaram dificuldades econômicas, os planos de saúde obtiveram lucros extraordinários em 2020, antes mesmo de anunciar estes aumentos”.

O presidente da Fundação Procon do Estado de São Paulo, Fernando Capez, também recebeu cópia do documento protocolado pelo deputado na Assembleia Legislativa, para ser enviado ao Procurador Geral, Augusto Aras. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;