Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Abate de bovinos cai 10,3% no 4º tri de 2020 ante 4º tri de 2019, diz IBGE

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


11/02/2021 | 10:56


O abate de bovinos caiu 10,3% no quarto trimestre do ano passado, na comparação anual, e 5,8% na comparação com o trimestre anterior, informou o Instituto Brasileiro e Geografia e Estatística (IBGE). Já o abate de suínos aumentou 1,6% e o de frangos 5,5% na comparação anual, sendo que na comparação com o terceiro trimestre apenas o abate de frangos manteve a alta, de 2,5%, enquanto o abate de suínos recuou 4,7%.

No quarto trimestre de 2020 foram abatidas 7,25 milhões de cabeças de bovinos, 12,10 milhões de cabeças de suínos e 1,55 bilhão de cabeças de frango, informou o IBGE.

A produção de 1,96 milhão de toneladas de carcaças bovinas mostra queda de 6,5% em relação ao quarto trimestre de 2019 e diminuição de 4,6% em relação ao terceiro trimestre de 2020.

Já a aquisição de leite foi de 6,71 bilhões de litros, aumento de 0,6% na comparação anual e de 4,1% em relação ao trimestre anterior.

A compra de peças de couro pelos curtumes caiu 3,9% frente ao quarto trimestre de 2019 e 8,5% em relação ao terceiro trimestre de 2020, somando 7,5 milhões de peças inteiras de couro cru bovino.

Foram produzidos 977 milhões de dúzias de ovos de galinha no quarto trimestre de 2020, uma queda de 1,5% na comparação anual e de 3,4% em relação ao terceiro trimestre do ano passado.

Os resultados completos, contemplando os dados para o fechamento de 2020 e as unidades da federação, serão divulgados em 18 de março de 2021, informou o IBGE.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Abate de bovinos cai 10,3% no 4º tri de 2020 ante 4º tri de 2019, diz IBGE


11/02/2021 | 10:56


O abate de bovinos caiu 10,3% no quarto trimestre do ano passado, na comparação anual, e 5,8% na comparação com o trimestre anterior, informou o Instituto Brasileiro e Geografia e Estatística (IBGE). Já o abate de suínos aumentou 1,6% e o de frangos 5,5% na comparação anual, sendo que na comparação com o terceiro trimestre apenas o abate de frangos manteve a alta, de 2,5%, enquanto o abate de suínos recuou 4,7%.

No quarto trimestre de 2020 foram abatidas 7,25 milhões de cabeças de bovinos, 12,10 milhões de cabeças de suínos e 1,55 bilhão de cabeças de frango, informou o IBGE.

A produção de 1,96 milhão de toneladas de carcaças bovinas mostra queda de 6,5% em relação ao quarto trimestre de 2019 e diminuição de 4,6% em relação ao terceiro trimestre de 2020.

Já a aquisição de leite foi de 6,71 bilhões de litros, aumento de 0,6% na comparação anual e de 4,1% em relação ao trimestre anterior.

A compra de peças de couro pelos curtumes caiu 3,9% frente ao quarto trimestre de 2019 e 8,5% em relação ao terceiro trimestre de 2020, somando 7,5 milhões de peças inteiras de couro cru bovino.

Foram produzidos 977 milhões de dúzias de ovos de galinha no quarto trimestre de 2020, uma queda de 1,5% na comparação anual e de 3,4% em relação ao terceiro trimestre do ano passado.

Os resultados completos, contemplando os dados para o fechamento de 2020 e as unidades da federação, serão divulgados em 18 de março de 2021, informou o IBGE.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;