Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 12 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Zinedine Zidane aponta para um futuro incerto no comando do Real Madrid

Reprodução/Instragram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


08/02/2021 | 14:15


Zinedine Zidane apontou, nesta segunda-feira, para um futuro incerto no comando do Real Madrid, em entrevista coletiva, na véspera do jogo com o Getafe pelo Campeonato Espanhol. O treinador afirmou se sentir "apoiado por todos" no clube, mas que só pensa "nele dia a dia".

"Estou fazendo o que gosto. Por qual motivo vou desistir?", disse o francês, ao ser perguntado mais uma vez sobre a possibilidade de deixar a direção do time espanhol. "Tem momentos complicados em que você fica um pouco chateado, é assim a vida de um ser humano, mas vamos lutar, podemos fazer coisas boas com o time que temos. Real Madrid é um grande clube que sempre tem que competir. Sempre haverá mudanças aqui."

Sempre sorridente, ao contrário da semana passada, quando chegou a responder de forma rígida as questões, Zidane comentou a possibilidade de sair. "Vivo o dia a dia, o agora, o jogo de amanhã (terça-feira) é o que me interessa. Do resto, como não sei o que vai acontecer, não vejo além do próximo jogo que é onde nós temos a mente."

O treinador reconheceu que não sente falta de apoio por parte da diretoria do clube nos maus resultados. "Nós estamos no mesmo barco aqui, sinto-me apoiado por todos. Afinal, no futebol sabemos

o que nós temos que fazer. Temos que voltar a fazer as coisas certas como há pouco tempo. Em uma temporada há dificuldades, você tem que aceitar quando as coisas estão difíceis e se recuperar, é o que a gente quer fazer, mudar a situação. Temos um time com jogadores importantes que são muito bons e ganharam muito aqui. Isso não deve impedir você de trabalhar duro."

Em terceiro lugar no Campeonato Espanhol, com 43 pontos, ao lado do rival Barcelona, e a sete do líder Atlético de Madrid, que joga nesta segunda-feira, o Real é o atual campeão nacional e está classificado para as oitavas de final da Liga dos Campeões, competição na qual vai enfrentar a Atalanta em 24 de fevereiro e 16 de março.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Zinedine Zidane aponta para um futuro incerto no comando do Real Madrid


08/02/2021 | 14:15


Zinedine Zidane apontou, nesta segunda-feira, para um futuro incerto no comando do Real Madrid, em entrevista coletiva, na véspera do jogo com o Getafe pelo Campeonato Espanhol. O treinador afirmou se sentir "apoiado por todos" no clube, mas que só pensa "nele dia a dia".

"Estou fazendo o que gosto. Por qual motivo vou desistir?", disse o francês, ao ser perguntado mais uma vez sobre a possibilidade de deixar a direção do time espanhol. "Tem momentos complicados em que você fica um pouco chateado, é assim a vida de um ser humano, mas vamos lutar, podemos fazer coisas boas com o time que temos. Real Madrid é um grande clube que sempre tem que competir. Sempre haverá mudanças aqui."

Sempre sorridente, ao contrário da semana passada, quando chegou a responder de forma rígida as questões, Zidane comentou a possibilidade de sair. "Vivo o dia a dia, o agora, o jogo de amanhã (terça-feira) é o que me interessa. Do resto, como não sei o que vai acontecer, não vejo além do próximo jogo que é onde nós temos a mente."

O treinador reconheceu que não sente falta de apoio por parte da diretoria do clube nos maus resultados. "Nós estamos no mesmo barco aqui, sinto-me apoiado por todos. Afinal, no futebol sabemos

o que nós temos que fazer. Temos que voltar a fazer as coisas certas como há pouco tempo. Em uma temporada há dificuldades, você tem que aceitar quando as coisas estão difíceis e se recuperar, é o que a gente quer fazer, mudar a situação. Temos um time com jogadores importantes que são muito bons e ganharam muito aqui. Isso não deve impedir você de trabalhar duro."

Em terceiro lugar no Campeonato Espanhol, com 43 pontos, ao lado do rival Barcelona, e a sete do líder Atlético de Madrid, que joga nesta segunda-feira, o Real é o atual campeão nacional e está classificado para as oitavas de final da Liga dos Campeões, competição na qual vai enfrentar a Atalanta em 24 de fevereiro e 16 de março.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;