Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Bairro de Sto.André ganha três novos points


Everaldo Fioravante
Do Diário do Grande ABC

30/03/2002 | 15:12


Pensou em balada em Santo André logo vem à mente o bairro Jardim, onde a agitação tende ao crescimento por conta da recente inauguração de algumas casas noturnas. Ao lado do bar Villa Jardim foi aberto em dezembro um anexo batizado como Villa Jardim Club, uma boa opção para quem curte dançar. O Fonte Leone Bar, que conta por exemplo com clube do uísque e restaurante, chegou em fevereiro. E, a partir do próximo dia 9, o bairro ganha três novas opções.

Paineiras Bar, Rush Dance e Jack Café são os nomes das casas que ocupam a área de cerca de 800 m2 na esquina das ruas Paineiras e Caneleiras, espaço antes ocupado pelo Squash – point de forrozeiros fechado no ano passado. Embora independentes (cada uma oferece um tipo de serviço e possui acesso individual), as casas são interligadas por um corredor. A entrada será gratuita, no entanto, na Rush Dance será cobrada consumação mínima.

O investimento (em torno de R$ 600 mil e gerador de cerca de 60 empregos diretos) é do grupo Emporium Gastronômico, que reúne 11 empresários de Santo André, São Bernardo, Diadema e São Paulo. A administração do negócio fica a cargo de Robson Abad, dono do antigo Squash e idealizador do projeto.

“Esse layout de casa noturna é incomum. Não conheço nenhum estabelecimento com esse formato”, diz.

O Paineiras Bar, que tem decoração com pitadas de temática náutica, oferecerá diversos tipos de porções, chope, boa variedade de cervejas importadas e clube do uísque. A música ambiente será eclética, de ópera a bossa nova, “mas sem passar por forró e pagode”. Quanto aos barmen, serão aqueles performáticos, que fazem acrobacias ao elaborar as bebidas.

Iluminação caprichada e pista de dança com considerável pé-direito são algumas das características do Rush Dance. Três DJs residentes, além de outros convidados, garantirão as noites dançantes. Segundo o administrador, a intenção é trazer DJs de peso, como o para lá de famoso Marky e Carlo Dall’Anese, de São Caetano, que domina as pick-ups do Sirena (badalada casa noturna do Litoral Norte paulista).

Peixes, carnes, pastas, risotos, cremes e sobremesas figuram no cardápio do Jack Café. À frente da cozinha fica o chef Ângelo Cuccio, que tem experiência de seis anos em restaurantes de países como França, Itália, Suíça e Marrocos. “No Paineiras, os barmen são bilíngües: falam português e inglês. Já no Jack Café, toda a equipe fala inglês. Oferecemos esse serviço visando atrair os alunos das diversas escolas de idiomas que estão instaladas nas imediações”, diz Abad.

“O pessoal poderá entrar em uma casa, e, ao sair, pagar a conta em outra. Os três estabelecimentos estão interligados por meio da rede de computadores, e os cartões de consumo serão magnéticos”, afirma Abad.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;