Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Consórcio pede ao Estado reclassificação da região no Plano SP

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Diário antecipou semana passada que prefeitos iriam fazer solicitação ao Palácio dos Bandeirantes


Do Diário do Grande ABC

02/02/2021 | 18:34


O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC solicita ao Estado a reclassificação do Grande ABC para a fase amarela do Plano São Paulo. No ofício enviado ao Estado o colegiado de prefeitos argumenta que a região tem indicadores compatíveis para mudança de fase, menos restritiva, elaborada pelo governo estadual.

O Diário havia antecipado semana passada que os sete prefeitos da região solicitariam ao Estado a solicitação da reclassificação.

Dentre as argumentações da entidade, a de que as sete cidades possuem nível 31,5 de leitos dispóníveis por 100 mil habitantes, atualmente o maior do Estado de São Paulo. O Consórcio afirma que a região estpá “preparada e permanecerá mobilizada para evoluir à denopminada fase amarela do Plano São Paulo”.

A previsão é a de que o governador do Estado, João Doria, anuncie nesta querta-feira a nova classificação do Plano São Paulo, no qual todas as regiões do Estado se encontram nas fases vermelha e laranja, as de maior restrição para evitar a disseminação do novo coronavírus.

Presidente do Consórcio e prefeito de Santo André, Paulo Serra destaca que indicadores dos sete municípios asseguram a alteração na reclassificação. “Entendemos que os índices de ocupação de leitos UTI Covid-19 estão na margem que garantem o retorno das sete cidades à fase amarela do Plano São Paulo, com 67,4%. Estamos abaixo da média estadual e seguimos com as medidas de contenção e de prevenção ao novo coronavírus, garantindo a capacidade hospitalar instalada e, portanto, assegurando o atendimento médico à nossa gente.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Consórcio pede ao Estado reclassificação da região no Plano SP

Diário antecipou semana passada que prefeitos iriam fazer solicitação ao Palácio dos Bandeirantes

Do Diário do Grande ABC

02/02/2021 | 18:34


O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC solicita ao Estado a reclassificação do Grande ABC para a fase amarela do Plano São Paulo. No ofício enviado ao Estado o colegiado de prefeitos argumenta que a região tem indicadores compatíveis para mudança de fase, menos restritiva, elaborada pelo governo estadual.

O Diário havia antecipado semana passada que os sete prefeitos da região solicitariam ao Estado a solicitação da reclassificação.

Dentre as argumentações da entidade, a de que as sete cidades possuem nível 31,5 de leitos dispóníveis por 100 mil habitantes, atualmente o maior do Estado de São Paulo. O Consórcio afirma que a região estpá “preparada e permanecerá mobilizada para evoluir à denopminada fase amarela do Plano São Paulo”.

A previsão é a de que o governador do Estado, João Doria, anuncie nesta querta-feira a nova classificação do Plano São Paulo, no qual todas as regiões do Estado se encontram nas fases vermelha e laranja, as de maior restrição para evitar a disseminação do novo coronavírus.

Presidente do Consórcio e prefeito de Santo André, Paulo Serra destaca que indicadores dos sete municípios asseguram a alteração na reclassificação. “Entendemos que os índices de ocupação de leitos UTI Covid-19 estão na margem que garantem o retorno das sete cidades à fase amarela do Plano São Paulo, com 67,4%. Estamos abaixo da média estadual e seguimos com as medidas de contenção e de prevenção ao novo coronavírus, garantindo a capacidade hospitalar instalada e, portanto, assegurando o atendimento médico à nossa gente.” 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;