Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

GCM que atirou no jornalista Daniel Lima foi afastado das funções em 2019; ele está foragido

Reprodução/Facebook Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ageu Rosas Galera não atua em Indaiatuba desde que passou a responder por processo judicial


Do Diário do Grande ABC

02/02/2021 | 12:02


Ageu Rosas Galera, 35 anos, que atirou no rosto do jornalista Daniel Lima, 70, nesta segunda-feira (1º) dentro do pet shop Dr.Galera, em São Bernardo, foi afastado da função de GCM (Guarda Civil Municipal) de Indaiatuba, no Interior de São Paulo, há dois anos. A prefeitura da cidade confirmou a informação. "O guarda responde a processo judicial e está afastado de suas funções desde 7 de maio de 2019", se pronunciou, em nota. A assessoria de imprensa de Indaiatuba, porém, não confirmou a natureza do processo. "Até o momento a Guarda Civil de Indaiatuba não possui informações oficiais e se coloca à disposição da Justiça para auxiliar no que for necessário."

O GCM, natural de Jaru, é casado desde 2018 com a veterinária Letícia Ramos Galera, dona do estabelecimento. Depois de atirar em Daniel Lima (entenda o caso aqui), Ageu retirou o disco de gravação do sistema de monitoramento e fugiu em uma motocicleta desconhecida, de acordo com informações registradas no BO (Boletim de Ocorrência). Ele continua foragido. Tanto a polícia quanto familiares de Lima - que segue em recuperação - estão em busca por informações sobre o paradeiro de Galera. Para denúncias, ligue 190.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

GCM que atirou no jornalista Daniel Lima foi afastado das funções em 2019; ele está foragido

Ageu Rosas Galera não atua em Indaiatuba desde que passou a responder por processo judicial

Do Diário do Grande ABC

02/02/2021 | 12:02


Ageu Rosas Galera, 35 anos, que atirou no rosto do jornalista Daniel Lima, 70, nesta segunda-feira (1º) dentro do pet shop Dr.Galera, em São Bernardo, foi afastado da função de GCM (Guarda Civil Municipal) de Indaiatuba, no Interior de São Paulo, há dois anos. A prefeitura da cidade confirmou a informação. "O guarda responde a processo judicial e está afastado de suas funções desde 7 de maio de 2019", se pronunciou, em nota. A assessoria de imprensa de Indaiatuba, porém, não confirmou a natureza do processo. "Até o momento a Guarda Civil de Indaiatuba não possui informações oficiais e se coloca à disposição da Justiça para auxiliar no que for necessário."

O GCM, natural de Jaru, é casado desde 2018 com a veterinária Letícia Ramos Galera, dona do estabelecimento. Depois de atirar em Daniel Lima (entenda o caso aqui), Ageu retirou o disco de gravação do sistema de monitoramento e fugiu em uma motocicleta desconhecida, de acordo com informações registradas no BO (Boletim de Ocorrência). Ele continua foragido. Tanto a polícia quanto familiares de Lima - que segue em recuperação - estão em busca por informações sobre o paradeiro de Galera. Para denúncias, ligue 190.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;