Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Djalminha entra na lista de convocados para o jogo contra a Arábia Saudita


Do Diário OnLine

01/02/2002 | 00:37


A lista de convocados da Seleção Brasileira para o amistoso contra a Arábia Saudita, dia 6 de fevereiro, em Riad, terá 19 nomes. O meia Djalminha, do Deportivo La Coruña (Espanha), vai se integrar em Madri ao grupo que segue para o jogo na Ásia. "O Djalminha está muito motivado. É mais um jogador de qualidade que nós podemos observar", afirmou o treinador Luiz Felipe Scolari.

Antes de Scolari confirmar a lista, parte da imprensa noticiou que o meia Esquerdinha (ex-São Caetano e hoje no Santos) seria cortado para dar lugar a Djalminha. Mas o treinador mudou de idéia logo após a partida. "Às vezes não vale a pena, por uma passagem, desfazer um grupo que está sendo montado", afirmou Felipão.

Luiz Felipe confessou que a idéia inicial era mesmo cortar Esquerdinha para levar Djalminha, conforme indicava a lista adiantada à imprensa pelo coordenador técnico, Antonio Lopes. "Analisando sobre o trabalho do grupo, tudo aquilo que eu disse sobre montar um grupo e criar uma mentalidade, eu estava cometendo um pequeno equívoco. Por isso foi uma decisão minha, que eu tomei no vestiário. Eu consultei a presidência (da Confederação Brasileira de Futebol) e pedi para levar também o Esquerdinha", explicou.

Djalminha será o único 'estrangeiro' a integrar a Seleção que vai a Riad para o amistoso contra a Arábia Saudita. Felipão afirmou que a convocação dele só foi possível por conta de um acordo entre a CBF e o clube do meia, o Deportivo La Coruña. Felipão explicou que o acordo se estendia também ao Lyon (França), para a liberação do zagueiro Edmílson. Mas um mal resultado de seu clube no meio da semana acabou fazendo com que ele não fosse liberado pelo time francês.

"Nós sabemos que as Eliminatórias foram muito pesadas para alguns clubes europeus e nós não queremos repetir isso. A idéia não é criar atrito com os clubes europeus", afirmou.

Assim, para o amistoso em Riad, Luiz Felipe Scolari terá à disposição os goleiros Dida (Corinthians) e Júlio César (Flamengo); os laterais Belletti (São Paulo), Paulo César (Fluminense) e Kléber (Corinthians); os zagueiros Cris (Cruzeiro), Anderson Polga (Grêmio), Juan (Flamengo) e Daniel (São Caetano); os meias Gilberto Silva (Atlético Mineiro), Esquerdinha (Santos), Juninho Paulista (Flamengo), Kléberson (Atlético Paranaense), Djalminha (Deportivo La Coruña); e os atacantes Kaká (São Paulo), Washington (Ponte Preta), Luizão (Corinthians), Edílson (Cruzeiro) e Marques (Atlético Mineiro).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Djalminha entra na lista de convocados para o jogo contra a Arábia Saudita

Do Diário OnLine

01/02/2002 | 00:37


A lista de convocados da Seleção Brasileira para o amistoso contra a Arábia Saudita, dia 6 de fevereiro, em Riad, terá 19 nomes. O meia Djalminha, do Deportivo La Coruña (Espanha), vai se integrar em Madri ao grupo que segue para o jogo na Ásia. "O Djalminha está muito motivado. É mais um jogador de qualidade que nós podemos observar", afirmou o treinador Luiz Felipe Scolari.

Antes de Scolari confirmar a lista, parte da imprensa noticiou que o meia Esquerdinha (ex-São Caetano e hoje no Santos) seria cortado para dar lugar a Djalminha. Mas o treinador mudou de idéia logo após a partida. "Às vezes não vale a pena, por uma passagem, desfazer um grupo que está sendo montado", afirmou Felipão.

Luiz Felipe confessou que a idéia inicial era mesmo cortar Esquerdinha para levar Djalminha, conforme indicava a lista adiantada à imprensa pelo coordenador técnico, Antonio Lopes. "Analisando sobre o trabalho do grupo, tudo aquilo que eu disse sobre montar um grupo e criar uma mentalidade, eu estava cometendo um pequeno equívoco. Por isso foi uma decisão minha, que eu tomei no vestiário. Eu consultei a presidência (da Confederação Brasileira de Futebol) e pedi para levar também o Esquerdinha", explicou.

Djalminha será o único 'estrangeiro' a integrar a Seleção que vai a Riad para o amistoso contra a Arábia Saudita. Felipão afirmou que a convocação dele só foi possível por conta de um acordo entre a CBF e o clube do meia, o Deportivo La Coruña. Felipão explicou que o acordo se estendia também ao Lyon (França), para a liberação do zagueiro Edmílson. Mas um mal resultado de seu clube no meio da semana acabou fazendo com que ele não fosse liberado pelo time francês.

"Nós sabemos que as Eliminatórias foram muito pesadas para alguns clubes europeus e nós não queremos repetir isso. A idéia não é criar atrito com os clubes europeus", afirmou.

Assim, para o amistoso em Riad, Luiz Felipe Scolari terá à disposição os goleiros Dida (Corinthians) e Júlio César (Flamengo); os laterais Belletti (São Paulo), Paulo César (Fluminense) e Kléber (Corinthians); os zagueiros Cris (Cruzeiro), Anderson Polga (Grêmio), Juan (Flamengo) e Daniel (São Caetano); os meias Gilberto Silva (Atlético Mineiro), Esquerdinha (Santos), Juninho Paulista (Flamengo), Kléberson (Atlético Paranaense), Djalminha (Deportivo La Coruña); e os atacantes Kaká (São Paulo), Washington (Ponte Preta), Luizão (Corinthians), Edílson (Cruzeiro) e Marques (Atlético Mineiro).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;