Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Salário médio de admissão teve alta 3,65% em 2020, mostra Caged



28/01/2021 | 11:37


O salário médio de admissão de trabalhadores com carteira assinada ficou em R$ 1.777,30 de janeiro a dezembro de 2020, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Conforme o Ministério da Economia, houve um aumento real de R$ 62,66 no salário médio, uma variação de 3,65% em relação ao ano passado.

A alta foi verificada em praticamente todos os setores avaliados pela pasta, exceto em transporte, armazenagem e correio (-0,24%) e em serviços domésticos (-0,71%).

O Caged também traz informações sobre as novas modalidades de emprego criadas na reforma trabalhista de 2017.

O trabalho intermitente registrou um saldo positivo de 73.164 vagas em 2020.

Já o trabalho em regime parcial ficou negativo em 13.143.

Houve ainda 176.376 desligamentos mediante acordo entre empregador e empregado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Salário médio de admissão teve alta 3,65% em 2020, mostra Caged


28/01/2021 | 11:37


O salário médio de admissão de trabalhadores com carteira assinada ficou em R$ 1.777,30 de janeiro a dezembro de 2020, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Conforme o Ministério da Economia, houve um aumento real de R$ 62,66 no salário médio, uma variação de 3,65% em relação ao ano passado.

A alta foi verificada em praticamente todos os setores avaliados pela pasta, exceto em transporte, armazenagem e correio (-0,24%) e em serviços domésticos (-0,71%).

O Caged também traz informações sobre as novas modalidades de emprego criadas na reforma trabalhista de 2017.

O trabalho intermitente registrou um saldo positivo de 73.164 vagas em 2020.

Já o trabalho em regime parcial ficou negativo em 13.143.

Houve ainda 176.376 desligamentos mediante acordo entre empregador e empregado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;