Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

SP abrirá escolas públicas para oferecer merenda aos mais vulneráveis, diz Doria



27/01/2021 | 13:14


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta-feira (27) que, a partir do dia 1º de fevereiro, as escolas estaduais irão abrir, pelo modelo de revezamento para evitar aglomerações, a fim de oferecer merenda aos alunos da rede pública. Ao todo, serão 5 mil escolas que passarão a oferecer refeições aos estudantes.

"O objetivo é garantir a segurança alimentar, principalmente aos alunos mais vulneráveis, um total de 770 mil estudantes da rede pública estadual de ensino", afirmou o governador durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

Segundo o secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, a partir deste período as escolas também estarão abertas para orientar os alunos a respeito do uso de tecnologias virtuais de aprendizagem, incorporadas à rede pública para garantir o aprendizado durante fase de capacidade reduzida das salas de aula.

Rio Pinheiros

Doria anunciou também a apresentação do Novo Parque do Rio Pinheiros. Segundo o governador, a área de lazer e esportes terá 8 km de extensão e 65 mil m2 de área verde. "As obras deste parque começam na próxima semana com previsão de 12 meses para sua conclusão. Até 28 de janeiro de 2022, o Novo Parque do Rio Pinheiros estará entregue à população", disse. Segundo o governador, o investimento de R$ 30 milhões de reais foi feito pela iniciativa privada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

SP abrirá escolas públicas para oferecer merenda aos mais vulneráveis, diz Doria


27/01/2021 | 13:14


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta-feira (27) que, a partir do dia 1º de fevereiro, as escolas estaduais irão abrir, pelo modelo de revezamento para evitar aglomerações, a fim de oferecer merenda aos alunos da rede pública. Ao todo, serão 5 mil escolas que passarão a oferecer refeições aos estudantes.

"O objetivo é garantir a segurança alimentar, principalmente aos alunos mais vulneráveis, um total de 770 mil estudantes da rede pública estadual de ensino", afirmou o governador durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

Segundo o secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, a partir deste período as escolas também estarão abertas para orientar os alunos a respeito do uso de tecnologias virtuais de aprendizagem, incorporadas à rede pública para garantir o aprendizado durante fase de capacidade reduzida das salas de aula.

Rio Pinheiros

Doria anunciou também a apresentação do Novo Parque do Rio Pinheiros. Segundo o governador, a área de lazer e esportes terá 8 km de extensão e 65 mil m2 de área verde. "As obras deste parque começam na próxima semana com previsão de 12 meses para sua conclusão. Até 28 de janeiro de 2022, o Novo Parque do Rio Pinheiros estará entregue à população", disse. Segundo o governador, o investimento de R$ 30 milhões de reais foi feito pela iniciativa privada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;