Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Presidente de conselho não figura em bloco na Aciscs

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Osvaldo Tosini está fora da lista de conselheiros, desrespeitando estatuto de associação de S.Caetano


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

27/01/2021 | 06:00


Conduzido à presidência do conselho superior da Aciscs (Associação Comercial e Industrial de São Caetano) na segunda-feira, Osvaldo Tosini nem sequer aparece como integrante formal na lista do conselho, o que infringe o artigo 31º, parágrafo 1º, do estatuto da entidade.

Tosini assumiu de forma provisória a função depois da morte de Amaury Laselva, ex-vereador, em junho de 2019. A Aciscs prometera, à ocasião, conduzir nova eleição para presidência do bloco, mas as acusações de corrupção que marcaram a entidade e a pandemia de Covid-19 empurraram o desfecho.

No site da Aciscs, o nome de Tosini não aparecia na lista de integrantes de conselho superior até as 22h20 – só foi incluso depois que o Diário questionou a direção da Aciscs sobre o fato. Conforme o estatuto, o grupo é formado por no mínimo nove componentes, formado por ex-presidentes da diretoria executiva e representantes de empresas de grande porte da cidade. E é entre essas nove figuras que o presidente e o secretário do conselho superior são eleitos.

O grupo tem autonomia em relação à diretoria executiva e atua na fiscalização e orientação de assuntos relacionados à entidade, assim como para deliberar discussões que estejam fora do estatuto.

Além de Tosini, o conselho superior escolheu o advogado Walter Estevam Junior (Republicanos), ex-presidente da Aciscs e apontado como pivô do escândalo do Natal Iluminado por CPI na Câmara, como secretário. O processo da eleição está sob suspeita, uma vez que não houve convocação por edital para a reunião – apenas por WhatsApp, contrariando o estatuto.

Sobre a ausência do próprio nome no quadro do conselho superior e indagado se integra, de fato, o bloco, Tosini declarou que não saberia dizer por que o nome não consta na lista. “Não tenho ciência (desse fato) e acho que você deve perguntar para as pessoas lá dentro. Você tem o Walter (Estevam Junior) para perguntar e você tem o (Alessandro) Leone (atual presidente da Aciscs) para perguntar. Pergunte a eles, eles devem ter a resposta. Eu não tenho essa ciência. A ciência que eu tinha é que eu estava (no quadro de conselheiros)”, declarou o presidente do conselho superior.

Leone afirmou que a situação esbarrou em falta de atualização do site da entidade e que conversaria com os responsáveis em atualizar a página da Aciscs. “Tenho certeza que apenas esqueceram de colocar o nome dele na lista do site. Mas já conversei com o pessoal responsável e acredito que amanhã (hoje), o nome dele estará na lista como presidente do conselho superior", afirmou.

O Diário, entretanto, apurou que a inclusão de Tosini no conselho superior, se ocorreu, foi fora dos trâmites exigidos no estatuto da entidade. Não há, por exemplo, atualização da situação de forma oficial e registrada em cartório, o que abre margem para apontamentos jurídicos.

Questionado, Estevam não sei pronunciou.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Presidente de conselho não figura em bloco na Aciscs

Osvaldo Tosini está fora da lista de conselheiros, desrespeitando estatuto de associação de S.Caetano

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

27/01/2021 | 06:00


Conduzido à presidência do conselho superior da Aciscs (Associação Comercial e Industrial de São Caetano) na segunda-feira, Osvaldo Tosini nem sequer aparece como integrante formal na lista do conselho, o que infringe o artigo 31º, parágrafo 1º, do estatuto da entidade.

Tosini assumiu de forma provisória a função depois da morte de Amaury Laselva, ex-vereador, em junho de 2019. A Aciscs prometera, à ocasião, conduzir nova eleição para presidência do bloco, mas as acusações de corrupção que marcaram a entidade e a pandemia de Covid-19 empurraram o desfecho.

No site da Aciscs, o nome de Tosini não aparecia na lista de integrantes de conselho superior até as 22h20 – só foi incluso depois que o Diário questionou a direção da Aciscs sobre o fato. Conforme o estatuto, o grupo é formado por no mínimo nove componentes, formado por ex-presidentes da diretoria executiva e representantes de empresas de grande porte da cidade. E é entre essas nove figuras que o presidente e o secretário do conselho superior são eleitos.

O grupo tem autonomia em relação à diretoria executiva e atua na fiscalização e orientação de assuntos relacionados à entidade, assim como para deliberar discussões que estejam fora do estatuto.

Além de Tosini, o conselho superior escolheu o advogado Walter Estevam Junior (Republicanos), ex-presidente da Aciscs e apontado como pivô do escândalo do Natal Iluminado por CPI na Câmara, como secretário. O processo da eleição está sob suspeita, uma vez que não houve convocação por edital para a reunião – apenas por WhatsApp, contrariando o estatuto.

Sobre a ausência do próprio nome no quadro do conselho superior e indagado se integra, de fato, o bloco, Tosini declarou que não saberia dizer por que o nome não consta na lista. “Não tenho ciência (desse fato) e acho que você deve perguntar para as pessoas lá dentro. Você tem o Walter (Estevam Junior) para perguntar e você tem o (Alessandro) Leone (atual presidente da Aciscs) para perguntar. Pergunte a eles, eles devem ter a resposta. Eu não tenho essa ciência. A ciência que eu tinha é que eu estava (no quadro de conselheiros)”, declarou o presidente do conselho superior.

Leone afirmou que a situação esbarrou em falta de atualização do site da entidade e que conversaria com os responsáveis em atualizar a página da Aciscs. “Tenho certeza que apenas esqueceram de colocar o nome dele na lista do site. Mas já conversei com o pessoal responsável e acredito que amanhã (hoje), o nome dele estará na lista como presidente do conselho superior", afirmou.

O Diário, entretanto, apurou que a inclusão de Tosini no conselho superior, se ocorreu, foi fora dos trâmites exigidos no estatuto da entidade. Não há, por exemplo, atualização da situação de forma oficial e registrada em cartório, o que abre margem para apontamentos jurídicos.

Questionado, Estevam não sei pronunciou.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;