Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Novo diretor do Botafogo evita confirmar Barroca para nova temporada



26/01/2021 | 21:08


Novo diretor executivo do Botafogo, Eduardo Freeland foi apresentado oficialmente nesta terça-feira. E logo de cara foi questionado sobre possíveis mudanças na comissão técnica da equipe carioca para a nova temporada do futebol brasileiro, que começará no fim de fevereiro. O dirigente, contudo, se esquivou das perguntas.

A maior dúvida da torcida é quanto à permanência do técnico Eduardo Barroca e do gerente de futebol Túlio Lustosa. "Fundamentalmente faremos um diagnóstico. Estou chegando hoje e precisamos nos aprofundar para que tenhamos as melhores escolhas. O Barroca também entra nessa mesma estrutura. Quero conversar com o treinador, mas também avaliar todo esse contexto de forma profissional, pensando sempre no Botafogo para que tenhamos o maior nível de acertos", disse Freeland.

O dirigente usou quase as mesmas palavras para comentar a situação de Túlio. "Realmente a questão do Tulio se apresenta no mesmo cenário do Barroca. Conversas e avaliações serão feitas. Ninguém está fora ou garantido. Vamos avaliar no menor tempo possível e quem fizer sentido permanecer, seguirá. No que julgarmos necessário faremos uma reformulação."

Em sua segunda passagem pelo clube, Freeland é a primeira contratação do presidente Durcesio Mello, que prometeu antes de sua eleição que iria profissionalizar a gestão do clube. Afundado em dívidas, o time vive crise dentro e fora de campo. No Brasileirão, está praticamente rebaixado para a segunda divisão.

Ao assumir suas funções, nesta terça, Freeland falou em tom de quem admite a iminente queda e já planeja a Série B da nova temporada. "Nossa intenção é correr contra o tempo, mas acima de tudo, com critérios claros para tomarmos as decisões. Temos que estar muito atentos e vamos buscar minimizar erros no tempo curto para uma montagem de elenco e reestruturação funcional para toda a temporada 2021."

Acostumado a atuar com a base, o dirigente indicou que deve apostar em jovens atletas a partir do Campeonato Carioca, com início no fim de fevereiro, mas deixou em aberto contratações de jogadores mais experientes.

"Fundamentalmente buscaremos atletas que queiram participar dessa reconstrução. Precisamos de atletas que entendam essa realidade e que estejam sedentos para recolocar o Botafogo na elite. Queremos ter os melhores jogadores possíveis dentro das possibilidades do clube."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Novo diretor do Botafogo evita confirmar Barroca para nova temporada


26/01/2021 | 21:08


Novo diretor executivo do Botafogo, Eduardo Freeland foi apresentado oficialmente nesta terça-feira. E logo de cara foi questionado sobre possíveis mudanças na comissão técnica da equipe carioca para a nova temporada do futebol brasileiro, que começará no fim de fevereiro. O dirigente, contudo, se esquivou das perguntas.

A maior dúvida da torcida é quanto à permanência do técnico Eduardo Barroca e do gerente de futebol Túlio Lustosa. "Fundamentalmente faremos um diagnóstico. Estou chegando hoje e precisamos nos aprofundar para que tenhamos as melhores escolhas. O Barroca também entra nessa mesma estrutura. Quero conversar com o treinador, mas também avaliar todo esse contexto de forma profissional, pensando sempre no Botafogo para que tenhamos o maior nível de acertos", disse Freeland.

O dirigente usou quase as mesmas palavras para comentar a situação de Túlio. "Realmente a questão do Tulio se apresenta no mesmo cenário do Barroca. Conversas e avaliações serão feitas. Ninguém está fora ou garantido. Vamos avaliar no menor tempo possível e quem fizer sentido permanecer, seguirá. No que julgarmos necessário faremos uma reformulação."

Em sua segunda passagem pelo clube, Freeland é a primeira contratação do presidente Durcesio Mello, que prometeu antes de sua eleição que iria profissionalizar a gestão do clube. Afundado em dívidas, o time vive crise dentro e fora de campo. No Brasileirão, está praticamente rebaixado para a segunda divisão.

Ao assumir suas funções, nesta terça, Freeland falou em tom de quem admite a iminente queda e já planeja a Série B da nova temporada. "Nossa intenção é correr contra o tempo, mas acima de tudo, com critérios claros para tomarmos as decisões. Temos que estar muito atentos e vamos buscar minimizar erros no tempo curto para uma montagem de elenco e reestruturação funcional para toda a temporada 2021."

Acostumado a atuar com a base, o dirigente indicou que deve apostar em jovens atletas a partir do Campeonato Carioca, com início no fim de fevereiro, mas deixou em aberto contratações de jogadores mais experientes.

"Fundamentalmente buscaremos atletas que queiram participar dessa reconstrução. Precisamos de atletas que entendam essa realidade e que estejam sedentos para recolocar o Botafogo na elite. Queremos ter os melhores jogadores possíveis dentro das possibilidades do clube."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;