Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Bolsas de NY fecham perto da estabilidade, em sessão marcada por volatilidade



26/01/2021 | 18:36


As bolsas de Nova York fecharam perto da estabilidade em sessão marcada pela volatilidade. A temporada de balanços foi um dos principais drivers do dia, com 3M, Johnson & Johnson, General Eletric, American Express e Verizon entre as gigantes que divulgaram resultados nesta terça-feira, 26. O avanço da covid-19 no mundo e as negociações para mais estímulos fiscais nos Estados Unidos também foram monitorados,

O índice Dow Jones fechou em queda de 0,07%, aos 30937,04 pontos, enquanto o S&P 500 caiu 0,15%, para 3849,62 pontos, e o Nasdaq recuou 0,07%, a 13626,06 pontos.

Em meio ao avanço da covid-19, com o mundo atingindo a marca simbólica de 100 milhões de casos e a vacinação encontrando dificuldades, o dia foi de cautela no mercado, que segue de perto as negociações no Congresso para a aprovação de uma nova rodada de estímulos. Os dois fatores, também influenciam o mercado de petróleo, levando os preços para baixo e impactando as ações do setor. Os papéis de Chevron e ExxonMobil recuaram 1,69% e 2,20%, respectivamente, nesta sessão.

O projeto de ampliar o salário mínimo nos EUA de forma gradual até 2025 apresentado hoje no Congresso não teve grande impacto nas negociações, nem a alta além do esperado na confiança do consumidor americano em janeiro.

No campo farmacêutico, a Pfizer fechou em alta de 0,08%, apesar das dificuldades que sua vacina enfrenta, especialmente na União Europeia, que envolve até mesmo a suspensão do pagamento por parte da Suécia. Já a Eli Lilly subiu 0,17%, em dia marcado pelo anúncio da eficácia de seu tratamento com anticorpos contra a covid-19.

Divulgando balanços hoje, 3M (+3,26%), Johnson & Johnson (+2,71%) e General Eletric (+2,73%) fecharam em alta, após surpreenderem acionistas ao informarem resultados do quarto trimestre de 2020. Por outro lado, a Verizon recuou 1,86%, em dia que apresentou queda de receitas. O mesmo valeu para a American Express, que recuou 4,91%. Com resultados publicados depois do encerramento do pregão, a Microsoft teve alta de 1,22% com a expectativa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bolsas de NY fecham perto da estabilidade, em sessão marcada por volatilidade


26/01/2021 | 18:36


As bolsas de Nova York fecharam perto da estabilidade em sessão marcada pela volatilidade. A temporada de balanços foi um dos principais drivers do dia, com 3M, Johnson & Johnson, General Eletric, American Express e Verizon entre as gigantes que divulgaram resultados nesta terça-feira, 26. O avanço da covid-19 no mundo e as negociações para mais estímulos fiscais nos Estados Unidos também foram monitorados,

O índice Dow Jones fechou em queda de 0,07%, aos 30937,04 pontos, enquanto o S&P 500 caiu 0,15%, para 3849,62 pontos, e o Nasdaq recuou 0,07%, a 13626,06 pontos.

Em meio ao avanço da covid-19, com o mundo atingindo a marca simbólica de 100 milhões de casos e a vacinação encontrando dificuldades, o dia foi de cautela no mercado, que segue de perto as negociações no Congresso para a aprovação de uma nova rodada de estímulos. Os dois fatores, também influenciam o mercado de petróleo, levando os preços para baixo e impactando as ações do setor. Os papéis de Chevron e ExxonMobil recuaram 1,69% e 2,20%, respectivamente, nesta sessão.

O projeto de ampliar o salário mínimo nos EUA de forma gradual até 2025 apresentado hoje no Congresso não teve grande impacto nas negociações, nem a alta além do esperado na confiança do consumidor americano em janeiro.

No campo farmacêutico, a Pfizer fechou em alta de 0,08%, apesar das dificuldades que sua vacina enfrenta, especialmente na União Europeia, que envolve até mesmo a suspensão do pagamento por parte da Suécia. Já a Eli Lilly subiu 0,17%, em dia marcado pelo anúncio da eficácia de seu tratamento com anticorpos contra a covid-19.

Divulgando balanços hoje, 3M (+3,26%), Johnson & Johnson (+2,71%) e General Eletric (+2,73%) fecharam em alta, após surpreenderem acionistas ao informarem resultados do quarto trimestre de 2020. Por outro lado, a Verizon recuou 1,86%, em dia que apresentou queda de receitas. O mesmo valeu para a American Express, que recuou 4,91%. Com resultados publicados depois do encerramento do pregão, a Microsoft teve alta de 1,22% com a expectativa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;