Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Convênio com BC permite que CVM acesse Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro



26/01/2021 | 14:19


Um novo convênio assinado entre a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e o Banco Central do Brasil (BC) vai permitir que a autarquia consulte informações contidas no Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro Nacional (CCS), para a instrução de processos de apuração de irregularidades em que o titular dos dados estiver possivelmente envolvido.

O mecanismo de consulta permite a pesquisa das instituições financeiras com as quais o correntista ou cliente (e seus representantes legais ou convencionais) mantêm relacionamento.

"O acesso ao sistema é importante para a CVM como ferramenta de supervisão pelas áreas técnicas, ainda mais com a inclusão de informações relacionadas às corretoras e distribuidoras de valores mobiliários no CCS", diz a CVM em nota.

Um acordo anterior já previa a troca de informações entre as duas instituições, assim como a articulação e coordenação de atividades conjuntas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Convênio com BC permite que CVM acesse Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro


26/01/2021 | 14:19


Um novo convênio assinado entre a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e o Banco Central do Brasil (BC) vai permitir que a autarquia consulte informações contidas no Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro Nacional (CCS), para a instrução de processos de apuração de irregularidades em que o titular dos dados estiver possivelmente envolvido.

O mecanismo de consulta permite a pesquisa das instituições financeiras com as quais o correntista ou cliente (e seus representantes legais ou convencionais) mantêm relacionamento.

"O acesso ao sistema é importante para a CVM como ferramenta de supervisão pelas áreas técnicas, ainda mais com a inclusão de informações relacionadas às corretoras e distribuidoras de valores mobiliários no CCS", diz a CVM em nota.

Um acordo anterior já previa a troca de informações entre as duas instituições, assim como a articulação e coordenação de atividades conjuntas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;