Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Poupatempo e 350 milhões de sorrisos

Uma das primeiras reações que esboçamos quando estamos satisfeitos é sorrir. Nos últimos 15 anos...


Dgabc

05/05/2013 | 00:00


ARTIGO

Poupatempo e 350 milhões de sorrisos

Uma das primeiras reações que esboçamos quando estamos satisfeitos é sorrir. Nos últimos 15 anos, garantimos vários deles nos postos do Poupatempo. Em março, batemos marca recorde: 350 milhões de atendimentos. Segundo pesquisa Vox Populi de dezembro, 99% dos usuários aprovam o serviço. Além de diminuir as filas e a burocracia, o Poupatempo faz bem à saúde. Para sorrir, movemos até 24 músculos do corpo. Rir faz bem. Ter atendimento decente, também. Seguimos sempre o objetivo de desburocratizar, oferecer excelência e qualidade, com rapidez. O cidadão sabe que sairá do posto com o problema resolvido.

O conceito do Poupatempo surgiu com o governador Mário Covas. Em 1997, veio o primeiro posto na Sé, Capital. Até hoje são mais 31 unidades. De uma delas, lembro particularmente. Sou de Campinas e a cidade recebeu o primeiro posto do Interior. Atuava no Sindicato dos Bancários - próximo ao prédio do antigo Banespa, que receberia o equipamento. Fui até lá no dia da inauguração e fiquei deslumbrado: como era possível tirar documento em tão pouco tempo? O Poupatempo é o maior programa do Brasil neste modelo. Se dividirmos esse número (350 milhões) pela população de São Paulo (42 milhões), dá mais de oito atendimentos por habitante. Tornou-se referência para o Estado e serviu de inspiração a vários programas semelhantes no País. Destaco o empenho dos funcionários. Eles deixam a sua marca e têm o nosso reconhecimento.

A missão é crescer, mantendo a qualidade do serviço; uma das preocupações do governador Geraldo Alckmin, grande entusiasta do programa, que acompanha bem de perto sua evolução e sucesso. Participo, junto com ele, do projeto de expansão do Poupatempo. Dez novas unidades foram anunciadas e, até maio de 2014, a meta é aumentar consideravelmente a quantidade atual de postos fixos. Alguns podem ser compactos, mas oferecerão: emissão de RG, CNH, carteira de trabalho, unidade bancária e os serviços da Ciretran. Ainda há a informatização dos agendamentos, que pode ser feita de forma eletrônica, com hora marcada, na maioria dos postos. Além do site, integramos o serviço ao Facebook. Ganha a população em agilidade, e o programa, com o aumento de 30% na capacidade de atendimento. Assim, garantimos satisfação para as pessoas, que não precisam perder seu valioso tempo e podem se dedicar mais a quem faz bem. E sorrir.

Davi Zaia é deputado estadual pelo PPS e secretário de Gestão Pública do Estado de São Paulo.

PALAVRA DO LEITOR

Cachê gordo?

Político não vale nada mesmo! E aí, Zeca Pagodinho, por favor, tenha a coragem de mostrar a nota fiscal do seu show em São Bernardo no dia 1º de maio. Para a gente poder saber quanto levaste de impostos da cidade via políticos.

Nelson Mendes, São Bernardo

Piada

Essa foi a melhor piada que já ouvi em todos os tempos. Imaginem, um dos condenados à prisão pelo STF no esquema do Mensalão pediu para que seja tirado do julgamento dos recursos o ministro Joaquim Barbosa! Só faltava essa! Isso é debochar do judiciário brasileiro. Como aqui tudo tende a acabar em pizza, os mensaleiros brincam com as instituições sérias e com a paciência da sociedade. Se fosse em outros países, os mesmos já estariam encarcerados e, dependendo do país, no paredão.

Ailton Gomes, Ribeirão Pires

Cortininha

A frota de ônibus municipais de Santo André terá 70 novos veículos. O que falta nos atuais são cortinas nas janelas. O sol é prejudicial à saúde. Então, teremos esta melhoria nos novos ônibus?

Antoniel Almeida de Jesus Filho, Santo André

Não educa

Lixo de Educação conteudista. O indivíduo é preparado para passar na prova. A prova define se o indivíduo acumulou informações para depois concorrer com outros na sociedade dos melhores, ou seja, capitalista. O fracasso do sistema educacional é não formar, e sim informar; ensinar e não aprender; transmitir conhecimento e não construir valores éticos, competências e habilidades; preparar para o vestibular e não para vida. Em resumo, a Educação que não educa forma mão de obra para servir o capital. O resultado é falta de valores éticos. Tenho um sonho, acordar um dia e receber a notícia: o sistema educacional atual morreu. Nasceu outra sociedade. A sociedade não deve mudar a escola, e sim a escola mudar, para mudar a sociedade. Então construiremos sociedade sustentável, onde o amor supere a concorrência.

Marcos Aurélio da Rocha, Mauá

Pronunciamento

Lembro-me muito bem que, antigamente, quando o presidente da República vinha em rede nacional, era importante, sempre com comunicados que tinham relevância. Tínhamos tremenda reverência a esses momentos. No entanto, quem assistiu neste 1º de maio o de Dilma viu que, infelizmente, ela veio com fala totalmente focando a reeleição, e isso, na verdade, é proibido. Porém, para eles, do PT, não existem proibições e muito menos leis. Lembrei de uma frase: ‘Quem realmente faz não precisa sequer falar.'

Rosângela Caris, Mauá

Economizando

Morei em Santo André até 1990, depois de cinco anos falando de pôr as motos à frente nos semáforos, agora estão vendo se dá certo. Agora a ideia é desligar todos os carros nos congestionamentos por dois minutos ou mais ao mesmo tempo, no meio das retas. Todos parados. Assim, abriria espaço à frente, sem carros. Quando ligassem os motores novamente, decorridos os dois minutos, andariam todos em segunda ou terceira marcha, até encontrar o congestionamento novamente. Onde desligariam os motores dois minutos de novo. Economizaria combustível, freio, platô, disco etc, e teria menos poluição.

Ademir Gianastacio, Indaiatuba (SP)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Poupatempo e 350 milhões de sorrisos

Uma das primeiras reações que esboçamos quando estamos satisfeitos é sorrir. Nos últimos 15 anos...

Dgabc

05/05/2013 | 00:00


ARTIGO

Poupatempo e 350 milhões de sorrisos

Uma das primeiras reações que esboçamos quando estamos satisfeitos é sorrir. Nos últimos 15 anos, garantimos vários deles nos postos do Poupatempo. Em março, batemos marca recorde: 350 milhões de atendimentos. Segundo pesquisa Vox Populi de dezembro, 99% dos usuários aprovam o serviço. Além de diminuir as filas e a burocracia, o Poupatempo faz bem à saúde. Para sorrir, movemos até 24 músculos do corpo. Rir faz bem. Ter atendimento decente, também. Seguimos sempre o objetivo de desburocratizar, oferecer excelência e qualidade, com rapidez. O cidadão sabe que sairá do posto com o problema resolvido.

O conceito do Poupatempo surgiu com o governador Mário Covas. Em 1997, veio o primeiro posto na Sé, Capital. Até hoje são mais 31 unidades. De uma delas, lembro particularmente. Sou de Campinas e a cidade recebeu o primeiro posto do Interior. Atuava no Sindicato dos Bancários - próximo ao prédio do antigo Banespa, que receberia o equipamento. Fui até lá no dia da inauguração e fiquei deslumbrado: como era possível tirar documento em tão pouco tempo? O Poupatempo é o maior programa do Brasil neste modelo. Se dividirmos esse número (350 milhões) pela população de São Paulo (42 milhões), dá mais de oito atendimentos por habitante. Tornou-se referência para o Estado e serviu de inspiração a vários programas semelhantes no País. Destaco o empenho dos funcionários. Eles deixam a sua marca e têm o nosso reconhecimento.

A missão é crescer, mantendo a qualidade do serviço; uma das preocupações do governador Geraldo Alckmin, grande entusiasta do programa, que acompanha bem de perto sua evolução e sucesso. Participo, junto com ele, do projeto de expansão do Poupatempo. Dez novas unidades foram anunciadas e, até maio de 2014, a meta é aumentar consideravelmente a quantidade atual de postos fixos. Alguns podem ser compactos, mas oferecerão: emissão de RG, CNH, carteira de trabalho, unidade bancária e os serviços da Ciretran. Ainda há a informatização dos agendamentos, que pode ser feita de forma eletrônica, com hora marcada, na maioria dos postos. Além do site, integramos o serviço ao Facebook. Ganha a população em agilidade, e o programa, com o aumento de 30% na capacidade de atendimento. Assim, garantimos satisfação para as pessoas, que não precisam perder seu valioso tempo e podem se dedicar mais a quem faz bem. E sorrir.

Davi Zaia é deputado estadual pelo PPS e secretário de Gestão Pública do Estado de São Paulo.

PALAVRA DO LEITOR

Cachê gordo?

Político não vale nada mesmo! E aí, Zeca Pagodinho, por favor, tenha a coragem de mostrar a nota fiscal do seu show em São Bernardo no dia 1º de maio. Para a gente poder saber quanto levaste de impostos da cidade via políticos.

Nelson Mendes, São Bernardo

Piada

Essa foi a melhor piada que já ouvi em todos os tempos. Imaginem, um dos condenados à prisão pelo STF no esquema do Mensalão pediu para que seja tirado do julgamento dos recursos o ministro Joaquim Barbosa! Só faltava essa! Isso é debochar do judiciário brasileiro. Como aqui tudo tende a acabar em pizza, os mensaleiros brincam com as instituições sérias e com a paciência da sociedade. Se fosse em outros países, os mesmos já estariam encarcerados e, dependendo do país, no paredão.

Ailton Gomes, Ribeirão Pires

Cortininha

A frota de ônibus municipais de Santo André terá 70 novos veículos. O que falta nos atuais são cortinas nas janelas. O sol é prejudicial à saúde. Então, teremos esta melhoria nos novos ônibus?

Antoniel Almeida de Jesus Filho, Santo André

Não educa

Lixo de Educação conteudista. O indivíduo é preparado para passar na prova. A prova define se o indivíduo acumulou informações para depois concorrer com outros na sociedade dos melhores, ou seja, capitalista. O fracasso do sistema educacional é não formar, e sim informar; ensinar e não aprender; transmitir conhecimento e não construir valores éticos, competências e habilidades; preparar para o vestibular e não para vida. Em resumo, a Educação que não educa forma mão de obra para servir o capital. O resultado é falta de valores éticos. Tenho um sonho, acordar um dia e receber a notícia: o sistema educacional atual morreu. Nasceu outra sociedade. A sociedade não deve mudar a escola, e sim a escola mudar, para mudar a sociedade. Então construiremos sociedade sustentável, onde o amor supere a concorrência.

Marcos Aurélio da Rocha, Mauá

Pronunciamento

Lembro-me muito bem que, antigamente, quando o presidente da República vinha em rede nacional, era importante, sempre com comunicados que tinham relevância. Tínhamos tremenda reverência a esses momentos. No entanto, quem assistiu neste 1º de maio o de Dilma viu que, infelizmente, ela veio com fala totalmente focando a reeleição, e isso, na verdade, é proibido. Porém, para eles, do PT, não existem proibições e muito menos leis. Lembrei de uma frase: ‘Quem realmente faz não precisa sequer falar.'

Rosângela Caris, Mauá

Economizando

Morei em Santo André até 1990, depois de cinco anos falando de pôr as motos à frente nos semáforos, agora estão vendo se dá certo. Agora a ideia é desligar todos os carros nos congestionamentos por dois minutos ou mais ao mesmo tempo, no meio das retas. Todos parados. Assim, abriria espaço à frente, sem carros. Quando ligassem os motores novamente, decorridos os dois minutos, andariam todos em segunda ou terceira marcha, até encontrar o congestionamento novamente. Onde desligariam os motores dois minutos de novo. Economizaria combustível, freio, platô, disco etc, e teria menos poluição.

Ademir Gianastacio, Indaiatuba (SP)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;