Fechar
Publicidade

Domingo, 7 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Mariana Rios relembra aborto e detalha o fim de seu relacionamento: - Não foi fácil



22/01/2021 | 17:11


Exemplo de superação! Mariana Rios participou de uma entrevista com Zeca Camargo e abriu o jogo sobre o aborto espontâneo que sofreu em 2020, quando ainda estava em um relacionamento com o seu então noivo, Lucas Kalil. Ao falar sobre o livro que escreveu, a atriz citou que quis reescrever o final logo após ter passado por esse triste episódio:

- Realmente, o livro estava pronto quando eu perdi o bebê. E eu pedi pra retomar as páginas finais para eu poder retomar a escrita, esse processo, porque eu não poderia finalizar o livro de outra forma. Eu tinha que passar para as pessoas e eu senti essa necessidade de passar para as pessoas essa experiência que eu tive. Então o livro conta essa parte também. (...) A vida da gente não vai ser sempre um caminho de flores, nós vamos ter as pedras no caminho, as dificuldades, os problemas, mas tudo eu encaro com um olhar positivo. Sempre. Pra mim isso existe, pra mim isso é assim. É a forma como eu levo a minha vida. E tudo fica muito mais fácil, o caminho se torna mais leve depois que você começa a pensar dessa forma.

Ela continua e ainda cita o fim de seu noivado com Lucas:

- Em 2020 eu realmente sofri essa perda, não foi fácil e não foi também fácil ali dentro do meu relacionamento. Eu e o Lucas a gente se separou faz pouco tempo, mas a gente tem uma relação de amizade, de amor e de companheirismo que, pra mim, é isso o que vale nas relações.

Por fim, filosofou:

- Cada relação tem um ciclo. E você precisa respeitar esse ciclo porque no relacionamento, não só amoroso, mas em uma relação de trabalho, ou de alguém ali com a sua família, se você não respeita o ciclo, você passa a não evoluir mais e não aprender mais com aquela pessoa. E as relações servem pra isso, porque nós somos espelhos, então o que eu vejo em você é o que de fato existe em mim. Então como eu vou trabalhar isso em mim? Então eu sinto isso, quando aquele ciclo, em cada relação minha precisa ser finalizada, eu respeito e encaro de uma outra forma. Então, em todos os meus relacionamentos nunca teve uma briga, sempre teve uma conversa de: acho que seria legal se a gente encerrasse agora pra que tudo fique bem e a gente sempre carregue as melhores lembranças um do outro. Então eu tenho uma amizade em todos os meus relacionamentos, não só amorosos, como de trabalho, de tudo, e respeitei o momento que precisava ser finalizado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mariana Rios relembra aborto e detalha o fim de seu relacionamento: - Não foi fácil


22/01/2021 | 17:11


Exemplo de superação! Mariana Rios participou de uma entrevista com Zeca Camargo e abriu o jogo sobre o aborto espontâneo que sofreu em 2020, quando ainda estava em um relacionamento com o seu então noivo, Lucas Kalil. Ao falar sobre o livro que escreveu, a atriz citou que quis reescrever o final logo após ter passado por esse triste episódio:

- Realmente, o livro estava pronto quando eu perdi o bebê. E eu pedi pra retomar as páginas finais para eu poder retomar a escrita, esse processo, porque eu não poderia finalizar o livro de outra forma. Eu tinha que passar para as pessoas e eu senti essa necessidade de passar para as pessoas essa experiência que eu tive. Então o livro conta essa parte também. (...) A vida da gente não vai ser sempre um caminho de flores, nós vamos ter as pedras no caminho, as dificuldades, os problemas, mas tudo eu encaro com um olhar positivo. Sempre. Pra mim isso existe, pra mim isso é assim. É a forma como eu levo a minha vida. E tudo fica muito mais fácil, o caminho se torna mais leve depois que você começa a pensar dessa forma.

Ela continua e ainda cita o fim de seu noivado com Lucas:

- Em 2020 eu realmente sofri essa perda, não foi fácil e não foi também fácil ali dentro do meu relacionamento. Eu e o Lucas a gente se separou faz pouco tempo, mas a gente tem uma relação de amizade, de amor e de companheirismo que, pra mim, é isso o que vale nas relações.

Por fim, filosofou:

- Cada relação tem um ciclo. E você precisa respeitar esse ciclo porque no relacionamento, não só amoroso, mas em uma relação de trabalho, ou de alguém ali com a sua família, se você não respeita o ciclo, você passa a não evoluir mais e não aprender mais com aquela pessoa. E as relações servem pra isso, porque nós somos espelhos, então o que eu vejo em você é o que de fato existe em mim. Então como eu vou trabalhar isso em mim? Então eu sinto isso, quando aquele ciclo, em cada relação minha precisa ser finalizada, eu respeito e encaro de uma outra forma. Então, em todos os meus relacionamentos nunca teve uma briga, sempre teve uma conversa de: acho que seria legal se a gente encerrasse agora pra que tudo fique bem e a gente sempre carregue as melhores lembranças um do outro. Então eu tenho uma amizade em todos os meus relacionamentos, não só amorosos, como de trabalho, de tudo, e respeitei o momento que precisava ser finalizado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;