Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Após testar positivo para covid-19, Murray desiste do Aberto da Austrália



22/01/2021 | 14:17


Uma semana após testar positivo para a covid-19, o tenista escocês Andy Murray confirmou que não disputará o Aberto da Austrália neste ano. Ainda longe de sua melhor forma física e técnica, o ex-número 1 do mundo havia recebido convite da organização para competir em Melbourne.

"Estou triste por compartilhar com vocês que não vou voar para a Austrália para competir. Eu e minha equipe estamos em constante diálogo para tentar encontrar uma solução que me permitisse alguma forma de trabalho físico durante a quarentena, mas não conseguimos fazer funcionar", disse o atleta à imprensa britânica, nesta sexta-feira.

O bicampeão olímpico está em isolamento desde a semana passada, quando testou positivo para a covid-19, nos arredores de Londres. Com o resultado, ele não pôde embarcar num dos voos charter bancado pela organização do Aberto da Austrália para levar os tenistas ao país da Oceania na semana passada.

Murray, portanto, precisou iniciar uma corrida contra o tempo para se recuperar da nova doença a tempo de retomar os trabalhos físicos e conseguir chegar na Austrália em condições de cumprir a quarentena exigida pelo governo australiano. Assim, a solução encontrada foi desistir do primeiro Grand Slam do ano, que começará no dia 8 de fevereiro.

Vice-campeão na Austrália por cinco vezes, o atual 123º do ranking não compete em Melbourne desde 2019, quando esteve perto de fazer sua despedida do tênis, devido a uma lesão então crônica em seu quadril. O britânico, contudo, conseguiu se recuperar após cirurgia e se manteve no circuito.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Após testar positivo para covid-19, Murray desiste do Aberto da Austrália


22/01/2021 | 14:17


Uma semana após testar positivo para a covid-19, o tenista escocês Andy Murray confirmou que não disputará o Aberto da Austrália neste ano. Ainda longe de sua melhor forma física e técnica, o ex-número 1 do mundo havia recebido convite da organização para competir em Melbourne.

"Estou triste por compartilhar com vocês que não vou voar para a Austrália para competir. Eu e minha equipe estamos em constante diálogo para tentar encontrar uma solução que me permitisse alguma forma de trabalho físico durante a quarentena, mas não conseguimos fazer funcionar", disse o atleta à imprensa britânica, nesta sexta-feira.

O bicampeão olímpico está em isolamento desde a semana passada, quando testou positivo para a covid-19, nos arredores de Londres. Com o resultado, ele não pôde embarcar num dos voos charter bancado pela organização do Aberto da Austrália para levar os tenistas ao país da Oceania na semana passada.

Murray, portanto, precisou iniciar uma corrida contra o tempo para se recuperar da nova doença a tempo de retomar os trabalhos físicos e conseguir chegar na Austrália em condições de cumprir a quarentena exigida pelo governo australiano. Assim, a solução encontrada foi desistir do primeiro Grand Slam do ano, que começará no dia 8 de fevereiro.

Vice-campeão na Austrália por cinco vezes, o atual 123º do ranking não compete em Melbourne desde 2019, quando esteve perto de fazer sua despedida do tênis, devido a uma lesão então crônica em seu quadril. O britânico, contudo, conseguiu se recuperar após cirurgia e se manteve no circuito.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;