Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Alisson faz pênalti e Liverpool perde invencibilidade de quase 4 anos no Inglês



21/01/2021 | 19:11


O Liverpool ficou mais longe da briga pelo título do Campeonato Inglês nesta quinta-feira. Em jogo marcado por um pênalti cometido pelo goleiro Alisson, o atual campeão nacional foi batido pelo Burnley por 1 a 0, no Anfield. O resultado encerrou uma invencibilidade histórica que já durava quase quatro anos.

O time comandado por Jürgen Klopp não perdia em casa pelo Inglês desde abril de 2017. Neste período, a equipe disputou 68 partidas sem sofrer uma derrota sequer. A quebra da invencibilidade vem com novo tropeço do Liverpool na temporada. O time venceu apenas um dos seus últimos jogos, por diferentes competições.

Em 2021, a tradicional equipe inglesa ainda não conquistou vitória pelo Inglês. A última foi o 7 a 0 sobre o Crystal Palace, no dia 19 de dezembro. Como consequência, perdeu a liderança da tabela e vem caindo posições a cada rodada. Com 34 pontos, está em quarto lugar, mas pode perder novas colocações porque os rivais logo abaixo têm partidas a menos na classificação geral. Já o Burnley é o 16º, com 19.

Na partida desta quinta, Klopp pôde enfim contar com o retorno do zagueiro Joel Matip, recuperado de lesão. Ele formou dupla com o brasileiro Fabinho, que é volante de origem. No meio-campo, Thiago Alcântara foi titular. O time teve um ataque formado por Alex Oxlade-Chamberlain, Origi e Mané - Salah e Roberto Firmino entraram somente no segundo tempo

O jogo disputado no Anfield foi marcado pelo desequilíbrio do início ao fim. Pressionado pelos resultados anteriores, o Liverpool partiu para cima e dominou com facilidade. Impunha seu estilo de jogo, mas tinha muita dificuldade para superar a retranca do Burnley.

Parte das estatísticas do jogo mostram como o duelo foi apenas entre ataque e defesa. O Liverpool terminou a partida com quase 72% de posse de bola e 26 finalizações, contra apenas seis dos visitantes, mais eficientes no ataque.

Na tentativa bem-sucedida do Burnley, Ashley Barnes invadiu a área pela direita e se chocou com Alisson quando já havia finalizado para fora. O árbitro viu pênalti no lance em na cobrança, o mesmo Barnes converteu. O goleiro brasileiro até pulou no canto certo, mas não conseguiu evitar o único gol do confronto, aos 38 minutos do segundo tempo.

Nos instantes finais, o duelo se tornou ainda mais franco, em momentos com os 11 jogadores do Burnley dentro da área. O Liverpool não conseguiu superar o "paredão" dos visitantes e somou mais um tropeço na temporada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alisson faz pênalti e Liverpool perde invencibilidade de quase 4 anos no Inglês


21/01/2021 | 19:11


O Liverpool ficou mais longe da briga pelo título do Campeonato Inglês nesta quinta-feira. Em jogo marcado por um pênalti cometido pelo goleiro Alisson, o atual campeão nacional foi batido pelo Burnley por 1 a 0, no Anfield. O resultado encerrou uma invencibilidade histórica que já durava quase quatro anos.

O time comandado por Jürgen Klopp não perdia em casa pelo Inglês desde abril de 2017. Neste período, a equipe disputou 68 partidas sem sofrer uma derrota sequer. A quebra da invencibilidade vem com novo tropeço do Liverpool na temporada. O time venceu apenas um dos seus últimos jogos, por diferentes competições.

Em 2021, a tradicional equipe inglesa ainda não conquistou vitória pelo Inglês. A última foi o 7 a 0 sobre o Crystal Palace, no dia 19 de dezembro. Como consequência, perdeu a liderança da tabela e vem caindo posições a cada rodada. Com 34 pontos, está em quarto lugar, mas pode perder novas colocações porque os rivais logo abaixo têm partidas a menos na classificação geral. Já o Burnley é o 16º, com 19.

Na partida desta quinta, Klopp pôde enfim contar com o retorno do zagueiro Joel Matip, recuperado de lesão. Ele formou dupla com o brasileiro Fabinho, que é volante de origem. No meio-campo, Thiago Alcântara foi titular. O time teve um ataque formado por Alex Oxlade-Chamberlain, Origi e Mané - Salah e Roberto Firmino entraram somente no segundo tempo

O jogo disputado no Anfield foi marcado pelo desequilíbrio do início ao fim. Pressionado pelos resultados anteriores, o Liverpool partiu para cima e dominou com facilidade. Impunha seu estilo de jogo, mas tinha muita dificuldade para superar a retranca do Burnley.

Parte das estatísticas do jogo mostram como o duelo foi apenas entre ataque e defesa. O Liverpool terminou a partida com quase 72% de posse de bola e 26 finalizações, contra apenas seis dos visitantes, mais eficientes no ataque.

Na tentativa bem-sucedida do Burnley, Ashley Barnes invadiu a área pela direita e se chocou com Alisson quando já havia finalizado para fora. O árbitro viu pênalti no lance em na cobrança, o mesmo Barnes converteu. O goleiro brasileiro até pulou no canto certo, mas não conseguiu evitar o único gol do confronto, aos 38 minutos do segundo tempo.

Nos instantes finais, o duelo se tornou ainda mais franco, em momentos com os 11 jogadores do Burnley dentro da área. O Liverpool não conseguiu superar o "paredão" dos visitantes e somou mais um tropeço na temporada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;