Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Luxemburgo pede união nas últimas rodadas: '8 jogos para manter Vasco na Série A'

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


21/01/2021 | 11:58


A derrota por 4 a 1 para o Red Bull Bragantino, na quarta-feira, em Bragança Paulista (SP), deixou o Vasco em situação mais complicada na luta para fugir do rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro. Com 32 pontos, o time precisa somar nas rodadas finais e, por isso, o técnico Vanderlei Luxemburgo pediu união de todos para atingir esse objetivo.

"Temos oito jogos para nos mantermos na primeira divisão. Cabe a nós nos envolvermos para isso. Nós, a direção, a torcida, os jogadores, todos. São oito jogos decisivos. Tudo o que puder ser feito para envolver esse ambiente tem de ser feito. Agora, criar um ambiente hostil não vai nos ajudar. Falei aos jogadores que o placar foi elástico pelo que jogaram no segundo tempo", opinou Luxemburgo.

Um jogador que tem a atenção especial do treinador é Talles Magno. O atacante, substituído no intervalo pela segunda vez seguida, foi cobrado. "Talles precisa se reencontrar com a motivação, com a vontade. Ele é um grande jogador, continuo achando ele um grande jogador, mas só isso não basta. Eu gosto dele, vamos continuar apostando e a gente não pode queimá-lo. Agora eu posso sacá-lo do time com ele não indo bem", disse o técnico.

Luxemburgo já adiantou que Benítez será titular contra o Atlético-MG, neste sábado, em casa, no estádio de Januário, pela 32.ª rodada. Ele explicou a decisão de deixá-lo no Rio de Janeiro treinando.

"Jogamos em casa contra o Coritiba, era um jogo de confronto direto. Ele mesmo mal preparado, a minha ideia era usá-lo 20 minutos. Com a expulsão do Henrique, usei ele meio tempo. Houve desgaste. Analisando o contexto, esse jogo aqui seria difícil com ou sem Benítez. Ele ficou no Rio para se preparar para entrar em condição melhor contra o Atlético-MG. Havia o risco de uma lesão aqui. Preferi, conversei e ele entendeu. Achou o melhor também. O campeonato não termina hoje. Benítez está guardado e temos oito jogos para decidir a nossa permanência na Série A", completou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Luxemburgo pede união nas últimas rodadas: '8 jogos para manter Vasco na Série A'


21/01/2021 | 11:58


A derrota por 4 a 1 para o Red Bull Bragantino, na quarta-feira, em Bragança Paulista (SP), deixou o Vasco em situação mais complicada na luta para fugir do rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro. Com 32 pontos, o time precisa somar nas rodadas finais e, por isso, o técnico Vanderlei Luxemburgo pediu união de todos para atingir esse objetivo.

"Temos oito jogos para nos mantermos na primeira divisão. Cabe a nós nos envolvermos para isso. Nós, a direção, a torcida, os jogadores, todos. São oito jogos decisivos. Tudo o que puder ser feito para envolver esse ambiente tem de ser feito. Agora, criar um ambiente hostil não vai nos ajudar. Falei aos jogadores que o placar foi elástico pelo que jogaram no segundo tempo", opinou Luxemburgo.

Um jogador que tem a atenção especial do treinador é Talles Magno. O atacante, substituído no intervalo pela segunda vez seguida, foi cobrado. "Talles precisa se reencontrar com a motivação, com a vontade. Ele é um grande jogador, continuo achando ele um grande jogador, mas só isso não basta. Eu gosto dele, vamos continuar apostando e a gente não pode queimá-lo. Agora eu posso sacá-lo do time com ele não indo bem", disse o técnico.

Luxemburgo já adiantou que Benítez será titular contra o Atlético-MG, neste sábado, em casa, no estádio de Januário, pela 32.ª rodada. Ele explicou a decisão de deixá-lo no Rio de Janeiro treinando.

"Jogamos em casa contra o Coritiba, era um jogo de confronto direto. Ele mesmo mal preparado, a minha ideia era usá-lo 20 minutos. Com a expulsão do Henrique, usei ele meio tempo. Houve desgaste. Analisando o contexto, esse jogo aqui seria difícil com ou sem Benítez. Ele ficou no Rio para se preparar para entrar em condição melhor contra o Atlético-MG. Havia o risco de uma lesão aqui. Preferi, conversei e ele entendeu. Achou o melhor também. O campeonato não termina hoje. Benítez está guardado e temos oito jogos para decidir a nossa permanência na Série A", completou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;