Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 4 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Renault lança serviço de locação de carro



21/01/2021 | 06:56


Ninguém sabe ainda qual o tamanho desse mercado no Brasil, mas como a expectativa é de crescimento rápido, a Renault lançou ontem seu programa de carros por assinatura. É a sétima montadora a aderir ao serviço que dá a opção ao consumidor de alugar um veículo por até dois anos com prestações mensais que incluem manutenção, seguro, impostos, assistência 24 horas e gestão de documentos.

Chamado Renault On Demand, o serviço pode ser adquirido pelo celular e tem opções de mensalidades a partir de R$ 879 (Kwid) a R$ 1.699 (Duster), de acordo com a quilometragem mensal que a pessoa pretende contratar. "Não sabemos ainda o tamanho da demanda, mas com a pandemia deve crescer mais rápido do que imaginávamos antes", diz Bruno Hohmann, vice-presidente comercial da Renault do Brasil.

Segundo ele, muitas pessoas que trocaram o carro próprio por serviços de aplicativos querem voltar agora a ter um veículo por questões de segurança, e a locação é opção atrativa. Locadoras já oferecem o serviço há algum tempo, mas uma das vantagens, diz Hohmann, é contratá-lo direto da montadora, sem passar por intermediários.

O serviço, direcionado a pessoas físicas e jurídicas, está disponível na Europa há alguns anos e, segundo o executivo, em algumas capitais, como Madri (Espanha), já é uma operação rentável e responde por 25% a 30% das vendas da marca.

Novo consumidor

De olho nesse nicho que faz parte do que a indústria global considera o novo consumidor, em especial jovens que não querem mais ter um automóvel, apenas a mobilidade, em pouco mais de um ano lançaram no Brasil programas de assinatura Audi, Fiat, Jeep, Nissan, Toyota e Volkswagen.

Antes de lançar o On Demand, a Renault realizou testes com 200 consumidores. Segundo Hohmann, há clientes com diferentes perfis. Têm aqueles que querem comodidade - por exemplo, não ter de se preocupar em administrar pagamentos de IPVA, contratar seguro e revender o carro no futuro.

Outro perfil são aqueles que fazem a conta para saber o que é mais vantajoso, se guardar dinheiro para dar entrada em um carro e financiar o restante, ou não gastar o valor da entrada de uma vez e pagar as mensalidades fixas da assinatura. Por último tem o consumidor corporativo, que também faz contas e pode conferir as opções entre o serviço de uma locadora clássica e o da montadora.

Além de Kwid e Duster, o serviço também está disponível para o Sandero Stepway. Segundo Enrico Rossini, diretor-geral da RCI Brasil, braço financeiro da aliança Renault/Nissan, outros modelos serão incluídos no programa, inclusive elétricos.

Para calcular as vantagens entre compra ou locação, o interessado precisa fazer a conta incluindo valor do modelo, quanto daria de entrada, as prestações, valor do seguro de acordo com seu perfil e a quilometragem média que costuma dirigir.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Renault lança serviço de locação de carro


21/01/2021 | 06:56


Ninguém sabe ainda qual o tamanho desse mercado no Brasil, mas como a expectativa é de crescimento rápido, a Renault lançou ontem seu programa de carros por assinatura. É a sétima montadora a aderir ao serviço que dá a opção ao consumidor de alugar um veículo por até dois anos com prestações mensais que incluem manutenção, seguro, impostos, assistência 24 horas e gestão de documentos.

Chamado Renault On Demand, o serviço pode ser adquirido pelo celular e tem opções de mensalidades a partir de R$ 879 (Kwid) a R$ 1.699 (Duster), de acordo com a quilometragem mensal que a pessoa pretende contratar. "Não sabemos ainda o tamanho da demanda, mas com a pandemia deve crescer mais rápido do que imaginávamos antes", diz Bruno Hohmann, vice-presidente comercial da Renault do Brasil.

Segundo ele, muitas pessoas que trocaram o carro próprio por serviços de aplicativos querem voltar agora a ter um veículo por questões de segurança, e a locação é opção atrativa. Locadoras já oferecem o serviço há algum tempo, mas uma das vantagens, diz Hohmann, é contratá-lo direto da montadora, sem passar por intermediários.

O serviço, direcionado a pessoas físicas e jurídicas, está disponível na Europa há alguns anos e, segundo o executivo, em algumas capitais, como Madri (Espanha), já é uma operação rentável e responde por 25% a 30% das vendas da marca.

Novo consumidor

De olho nesse nicho que faz parte do que a indústria global considera o novo consumidor, em especial jovens que não querem mais ter um automóvel, apenas a mobilidade, em pouco mais de um ano lançaram no Brasil programas de assinatura Audi, Fiat, Jeep, Nissan, Toyota e Volkswagen.

Antes de lançar o On Demand, a Renault realizou testes com 200 consumidores. Segundo Hohmann, há clientes com diferentes perfis. Têm aqueles que querem comodidade - por exemplo, não ter de se preocupar em administrar pagamentos de IPVA, contratar seguro e revender o carro no futuro.

Outro perfil são aqueles que fazem a conta para saber o que é mais vantajoso, se guardar dinheiro para dar entrada em um carro e financiar o restante, ou não gastar o valor da entrada de uma vez e pagar as mensalidades fixas da assinatura. Por último tem o consumidor corporativo, que também faz contas e pode conferir as opções entre o serviço de uma locadora clássica e o da montadora.

Além de Kwid e Duster, o serviço também está disponível para o Sandero Stepway. Segundo Enrico Rossini, diretor-geral da RCI Brasil, braço financeiro da aliança Renault/Nissan, outros modelos serão incluídos no programa, inclusive elétricos.

Para calcular as vantagens entre compra ou locação, o interessado precisa fazer a conta incluindo valor do modelo, quanto daria de entrada, as prestações, valor do seguro de acordo com seu perfil e a quilometragem média que costuma dirigir.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;