Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Mais bem votado de 2020, Rato perde protagonismo na política de Ribeirão


Vanessa Soares Oliveira

21/01/2021 | 04:42


Sem o tio, o ex-prefeito Adler Kiko Teixeira (PSDB) no comando da Prefeitura, o vereador Rato Teixeira (PTB) deixou o protagonismo político exercido nos últimos quatro anos e, mesmo na condição de parlamentar mais bem votado na eleição de novembro, foi colocado à margem da política de Ribeirão Pires.

Foi na tentativa de se reeleger presidente do Legislativo que Rato percebeu que não teria vida fácil com Clóvis Volpi (PL) no poder. Ao ver que ficaria isolado no debate, o petebista nem sequer lançou o nome no processo que deu vitória a Guto Volpi (PL).

Pós-eleição municipal, vereadores próximos a Kiko avisaram que iriam escantear Rato, a despeito do respeito pelo tucano. Foi uma espécie de troco, uma vez que vários políticos do município reclamavam de postura personalista de Rato enquanto o tio era prefeito.

No comando do Legislativo nos últimos dois anos, Rato também adotou medidas polêmicas junto aos seus pares. Em agosto do ano passado, em meio à pandemia do novo coronavírus, o parlamentar enviou aos gabinetes questionário para saber se os vereadores eram favoráveis à majoração dos vencimentos. Também travou a abertura de CPI da Saúde, que já tinha os votos necessários para ser instalada. O petebista só autorizou os trabalhos em dezembro, último mês de mandato.

Indagado sobre o futuro político dele, Rato se esquivou. Falou sobre o tempo em que ficou como presidente da casa e os projetos implementados. “Ser presidente me fez crescer pessoalmente e como vereador”, sustentou Rato, que obteve 1.586 votos.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mais bem votado de 2020, Rato perde protagonismo na política de Ribeirão

Vanessa Soares Oliveira

21/01/2021 | 04:42


Sem o tio, o ex-prefeito Adler Kiko Teixeira (PSDB) no comando da Prefeitura, o vereador Rato Teixeira (PTB) deixou o protagonismo político exercido nos últimos quatro anos e, mesmo na condição de parlamentar mais bem votado na eleição de novembro, foi colocado à margem da política de Ribeirão Pires.

Foi na tentativa de se reeleger presidente do Legislativo que Rato percebeu que não teria vida fácil com Clóvis Volpi (PL) no poder. Ao ver que ficaria isolado no debate, o petebista nem sequer lançou o nome no processo que deu vitória a Guto Volpi (PL).

Pós-eleição municipal, vereadores próximos a Kiko avisaram que iriam escantear Rato, a despeito do respeito pelo tucano. Foi uma espécie de troco, uma vez que vários políticos do município reclamavam de postura personalista de Rato enquanto o tio era prefeito.

No comando do Legislativo nos últimos dois anos, Rato também adotou medidas polêmicas junto aos seus pares. Em agosto do ano passado, em meio à pandemia do novo coronavírus, o parlamentar enviou aos gabinetes questionário para saber se os vereadores eram favoráveis à majoração dos vencimentos. Também travou a abertura de CPI da Saúde, que já tinha os votos necessários para ser instalada. O petebista só autorizou os trabalhos em dezembro, último mês de mandato.

Indagado sobre o futuro político dele, Rato se esquivou. Falou sobre o tempo em que ficou como presidente da casa e os projetos implementados. “Ser presidente me fez crescer pessoalmente e como vereador”, sustentou Rato, que obteve 1.586 votos.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;