Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Joe Biden assina decreto e reintegra país no Acordo Climático de Paris



20/01/2021 | 20:08


Cumprindo uma promessa de campanha, o presidente americano, Joe Biden, acaba de assinar decreto que reintegra os Estados Unidos no Acordo Climático de Paris. O ex-presidente Donald Trump deixou o tratado multilateral em 2017. "É só um ponto de partida. Tem muito mais por vir", declarou o democrata, há pouco, no Salão Oval, escritório do presidente americano na Casa Branca.

Neste primeiro dia como presidente da maior economia do mundo, Biden ainda assinou outros dois decretos. Um deles obriga a utilização de máscaras e a manutenção do distanciamento social em áreas sob administração do governo federal. O outro estabelece o compromisso do governo no suporte às minorias. "A ideia é tornarmos os EUA um país menos desigual", afirmou o novo líder da Casa Branca.

Os três decretos assinados há pouco foram as primeiras medidas de Biden à frente dos Estados Unidos. A expectativa é que mais ordens executivas sejam expedidas ainda hoje, como o retorno do país à Organização Mundial da Saúde (OMS).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Joe Biden assina decreto e reintegra país no Acordo Climático de Paris


20/01/2021 | 20:08


Cumprindo uma promessa de campanha, o presidente americano, Joe Biden, acaba de assinar decreto que reintegra os Estados Unidos no Acordo Climático de Paris. O ex-presidente Donald Trump deixou o tratado multilateral em 2017. "É só um ponto de partida. Tem muito mais por vir", declarou o democrata, há pouco, no Salão Oval, escritório do presidente americano na Casa Branca.

Neste primeiro dia como presidente da maior economia do mundo, Biden ainda assinou outros dois decretos. Um deles obriga a utilização de máscaras e a manutenção do distanciamento social em áreas sob administração do governo federal. O outro estabelece o compromisso do governo no suporte às minorias. "A ideia é tornarmos os EUA um país menos desigual", afirmou o novo líder da Casa Branca.

Os três decretos assinados há pouco foram as primeiras medidas de Biden à frente dos Estados Unidos. A expectativa é que mais ordens executivas sejam expedidas ainda hoje, como o retorno do país à Organização Mundial da Saúde (OMS).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;