Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Vacina da Pfizer protege contra variante britânica do coronavírus, diz estudo



20/01/2021 | 10:43


A vacina da covid-19 desenvolvida pela Pfizer e a BioNTech protegerá contra a nova variante do coronavírus identificada no Reino Unido, de acordo com um artigo publicado por cientistas das duas farmacêuticas nesta terça-feira, 19. O documento reafirma as descobertas publicadas no início deste mês em outro artigo escrito por cientistas da Pfizer, que também indicou proteção do imunizante contra a nova cepa. Enquanto o estudo anterior testou um vírus feito em laboratório que tinha uma mutação chave presente na variante do Reino Unido, a nova pesquisa testou um vírus feito laboratório com todas as mutações.

A nova cepa do coronavírus do Reino Unido, uma das que surgiram em todo o mundo nos últimos meses, se espalhou rapidamente em partes da Europa e agora está presente nos Estados Unidos. O novo estudo, que ainda não foi revisado por pares, alerta que os cientistas devem continuar a procurar por novas cepas do vírus e observou que não se sabe exatamente quais resultados de laboratório podem indicar uma perda de proteção no mundo real. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vacina da Pfizer protege contra variante britânica do coronavírus, diz estudo


20/01/2021 | 10:43


A vacina da covid-19 desenvolvida pela Pfizer e a BioNTech protegerá contra a nova variante do coronavírus identificada no Reino Unido, de acordo com um artigo publicado por cientistas das duas farmacêuticas nesta terça-feira, 19. O documento reafirma as descobertas publicadas no início deste mês em outro artigo escrito por cientistas da Pfizer, que também indicou proteção do imunizante contra a nova cepa. Enquanto o estudo anterior testou um vírus feito em laboratório que tinha uma mutação chave presente na variante do Reino Unido, a nova pesquisa testou um vírus feito laboratório com todas as mutações.

A nova cepa do coronavírus do Reino Unido, uma das que surgiram em todo o mundo nos últimos meses, se espalhou rapidamente em partes da Europa e agora está presente nos Estados Unidos. O novo estudo, que ainda não foi revisado por pares, alerta que os cientistas devem continuar a procurar por novas cepas do vírus e observou que não se sabe exatamente quais resultados de laboratório podem indicar uma perda de proteção no mundo real. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;