Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Seminovos: 5 motivos para optar por um carro usado

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação
Do Garagem360

20/01/2021 | 10:18


Na hora de trocar de carro muitas dúvidas podem surgir. É comum que os consumidores fiquem indecisos entre investir em um modelo zero quilômetro mais básico ou um seminovo com mais opcionais.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

O Garagem360 e o marketplace de seminovos Volanty dão algumas dicas que revelam o que vale mais a pena para quem quer trocar de carro.

“Um zero quilômetro deprecia entre 10% e 20% no instante em que deixa a loja. Além disso, pelo mesmo investimento, é possível comprar um seminovo com garantia de procedência”, diz Maurício Feldman, CEO da autotech.

Imposto mais alto
Além do investimento ser mais alto, os zero quilômetro têm um IPVA mais caro que os usados e seminovos, que possuem impostos relativamente menores. Por isso, na hora de comprar também vale pesquisar os custos dos impostos do modelo escolhido.

Adicionais e acessórios custam mais caro
Quando se compra um carro zero, o valor do modelo básico normalmente já é mais elevado, se comparado ao seminovo. Se pensar em incluir algum acessório, a compra será ainda mais cara. A vantagem de um seminovo é que por um valor menor, eles podem vir com muito mais adicionais que um carro zero.

Manutenção
Carros exigem revisões frequentes e manutenção em dia. Por isso, a melhor escolha para a conveniência do consumidor é optar por um carro que tenha garantia, o que os leva muitas vezes a escolher um carro novo e pagar mais por isso.

Documentação
Quando se compra um seminovo, as chances de ele já vir com o IPVA pago são muito grandes dependendo da época do ano. Isso pode fazer grande diferença na economia, já que esse imposto custa entre 3% e 4% do valor do veículo.

Negociação
Em concessionárias, os valores de um carro zero não são tão negociáveis. Já quando se opta pela compra de um seminovo, por exemplo, é possível negociar um desconto se quiser pagar à vista. Também é possível negociar os valores de acordo com os opcionais que o veículo oferece.

LEIA MAIS: Kawasaki chama Ninja 400 e Z400 para recall
Recall: Honda chama modelos CRF 1000L Africa Twin por falha na bomba de combustível



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Seminovos: 5 motivos para optar por um carro usado

Da Redação
Do Garagem360

20/01/2021 | 10:18


Na hora de trocar de carro muitas dúvidas podem surgir. É comum que os consumidores fiquem indecisos entre investir em um modelo zero quilômetro mais básico ou um seminovo com mais opcionais.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

O Garagem360 e o marketplace de seminovos Volanty dão algumas dicas que revelam o que vale mais a pena para quem quer trocar de carro.

“Um zero quilômetro deprecia entre 10% e 20% no instante em que deixa a loja. Além disso, pelo mesmo investimento, é possível comprar um seminovo com garantia de procedência”, diz Maurício Feldman, CEO da autotech.

Imposto mais alto
Além do investimento ser mais alto, os zero quilômetro têm um IPVA mais caro que os usados e seminovos, que possuem impostos relativamente menores. Por isso, na hora de comprar também vale pesquisar os custos dos impostos do modelo escolhido.

Adicionais e acessórios custam mais caro
Quando se compra um carro zero, o valor do modelo básico normalmente já é mais elevado, se comparado ao seminovo. Se pensar em incluir algum acessório, a compra será ainda mais cara. A vantagem de um seminovo é que por um valor menor, eles podem vir com muito mais adicionais que um carro zero.

Manutenção
Carros exigem revisões frequentes e manutenção em dia. Por isso, a melhor escolha para a conveniência do consumidor é optar por um carro que tenha garantia, o que os leva muitas vezes a escolher um carro novo e pagar mais por isso.

Documentação
Quando se compra um seminovo, as chances de ele já vir com o IPVA pago são muito grandes dependendo da época do ano. Isso pode fazer grande diferença na economia, já que esse imposto custa entre 3% e 4% do valor do veículo.

Negociação
Em concessionárias, os valores de um carro zero não são tão negociáveis. Já quando se opta pela compra de um seminovo, por exemplo, é possível negociar um desconto se quiser pagar à vista. Também é possível negociar os valores de acordo com os opcionais que o veículo oferece.

LEIA MAIS: Kawasaki chama Ninja 400 e Z400 para recall
Recall: Honda chama modelos CRF 1000L Africa Twin por falha na bomba de combustível

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;