Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

IPVA 2021: 5 dicas para quem esqueceu do imposto

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sérgio Vinícius
Do Garagem360

20/01/2021 | 10:18


Hoje (quarta-feira, 20) é o último dia para pagar o IPVA com os descontos do governo. Apesar da alternativa, muitas pessoas não se planejaram com antecedência e não estavam preparadas para desembolsar o valor do imposto logo no início do ano.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Pensando nisso, o Garagem360 e a autotech Zul+ separaram cinco dicas para quem ainda não estava preparado para o IPVA 2021. Confira.

1. Saiba o quanto você precisa pagar
O primeiro passo para se planejar para o pagamento do IPVA é saber o valor do tributo. Por acharem que não vão conseguir pagar o imposto, muitos motoristas acabam nem consultando o valor, o que é um grande erro.

O valor do IPVA varia de acordo com a alíquota estadual e o modelo do automóvel. Em São Paulo, por exemplo, o valor do IPVA é de 4% sobre o valor de mercado do veículo. Por esse motivo, carros de luxo têm IPVAs mais caros.

2. Esteja atento ao calendário de vencimento
Outro ponto de atenção do motorista deve ser o calendário de vencimento do IPVA 2021. No Estado de São Paulo, o imposto começou a vencer no dia 7 de janeiro para os veículos com placa final 1, e segue até 22 de março, quando os proprietários dos veículos com placa final 0 têm o último dia para quitar a terceira e última parcela.

Ao deixar de pagar o IPVA, os juros são acrescentados ao valor a cada dia. Após 60 dias, o débito poderá entrar na dívida ativa. Além disso, o IPVA atrasado impossibilita o licenciamento.

LEIA MAIS: Kawasaki chama Ninja 400 e Z400 para recall
Recall: Honda chama modelos CRF 1000L Africa Twin por falha na bomba de combustível

3. Se não conseguir pagar o IPVA em cota única, opte pelas três parcelas do governo
A melhor solução para quem não está preparado para o IPVA 2021 é tentar parcelar o tributo. É possível pagar o IPVA 2021 SP nas três parcelas do governo entre os meses de janeiro, fevereiro e março.

4. Caso prefira, distribua o pagamento ao longo do ano parcelando em até 12x
Caso o pagamento do IPVA 2021 em 3 parcelas continue pesado para o seu bolso, você ainda consegue parcelar o pagamento por até 12 meses – alguns apps e serviços online oferecem a facilidade (mas cobram uma pequena taxa por isso).

Ao parcelar o pagamento do tributo em apps, normalmente, o serviço quita o imposto integralmente junto ao órgão responsável. Dessa maneira, o débito aparecerá nas faturas do cartão de crédito, enquanto o tributo já constará liquidado corretamente junto ao departamento de trânsito após a confirmação de quitação enviada pelo aplicativo.

5. Não deixe o IPVA atrasar
O IPVA atrasado pode ser um problemão para o motorista. Após vencer, o tributo passa a sofrer acréscimo de 0,33% por dia (durante 60 dias) além de juros mensais baseados na taxa Selic.

Após os 60 dias de atraso no pagamento, o débito entra na dívida ativa. Vale lembrar também que o pagamento do IPVA é condição obrigatória para realizar o licenciamento anual do veículo. Sem o IPVA pago, o motorista não pode licenciar o carro. E sem o licenciamento, o veículo corre o risco de ser retido em uma blitz.

Vale o download

O Zul+ é um app que centraliza em seu celular informações úteis a respeito do seu carro. O Garagem360 avaliou o serviço gratuito por 60 dias e gostou do que viu. Basta ao usuário preencher os principais dados do carro e o aplicativo faz o resto – são dados sobre revisão, taxas (como IPVA), combustível, seguro, manutenção, pedágios. Está disponível para Android e iPhone. Site: https://www.zuldigital.com.br.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

IPVA 2021: 5 dicas para quem esqueceu do imposto

Sérgio Vinícius
Do Garagem360

20/01/2021 | 10:18


Hoje (quarta-feira, 20) é o último dia para pagar o IPVA com os descontos do governo. Apesar da alternativa, muitas pessoas não se planejaram com antecedência e não estavam preparadas para desembolsar o valor do imposto logo no início do ano.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Pensando nisso, o Garagem360 e a autotech Zul+ separaram cinco dicas para quem ainda não estava preparado para o IPVA 2021. Confira.

1. Saiba o quanto você precisa pagar
O primeiro passo para se planejar para o pagamento do IPVA é saber o valor do tributo. Por acharem que não vão conseguir pagar o imposto, muitos motoristas acabam nem consultando o valor, o que é um grande erro.

O valor do IPVA varia de acordo com a alíquota estadual e o modelo do automóvel. Em São Paulo, por exemplo, o valor do IPVA é de 4% sobre o valor de mercado do veículo. Por esse motivo, carros de luxo têm IPVAs mais caros.

2. Esteja atento ao calendário de vencimento
Outro ponto de atenção do motorista deve ser o calendário de vencimento do IPVA 2021. No Estado de São Paulo, o imposto começou a vencer no dia 7 de janeiro para os veículos com placa final 1, e segue até 22 de março, quando os proprietários dos veículos com placa final 0 têm o último dia para quitar a terceira e última parcela.

Ao deixar de pagar o IPVA, os juros são acrescentados ao valor a cada dia. Após 60 dias, o débito poderá entrar na dívida ativa. Além disso, o IPVA atrasado impossibilita o licenciamento.

LEIA MAIS: Kawasaki chama Ninja 400 e Z400 para recall
Recall: Honda chama modelos CRF 1000L Africa Twin por falha na bomba de combustível

3. Se não conseguir pagar o IPVA em cota única, opte pelas três parcelas do governo
A melhor solução para quem não está preparado para o IPVA 2021 é tentar parcelar o tributo. É possível pagar o IPVA 2021 SP nas três parcelas do governo entre os meses de janeiro, fevereiro e março.

4. Caso prefira, distribua o pagamento ao longo do ano parcelando em até 12x
Caso o pagamento do IPVA 2021 em 3 parcelas continue pesado para o seu bolso, você ainda consegue parcelar o pagamento por até 12 meses – alguns apps e serviços online oferecem a facilidade (mas cobram uma pequena taxa por isso).

Ao parcelar o pagamento do tributo em apps, normalmente, o serviço quita o imposto integralmente junto ao órgão responsável. Dessa maneira, o débito aparecerá nas faturas do cartão de crédito, enquanto o tributo já constará liquidado corretamente junto ao departamento de trânsito após a confirmação de quitação enviada pelo aplicativo.

5. Não deixe o IPVA atrasar
O IPVA atrasado pode ser um problemão para o motorista. Após vencer, o tributo passa a sofrer acréscimo de 0,33% por dia (durante 60 dias) além de juros mensais baseados na taxa Selic.

Após os 60 dias de atraso no pagamento, o débito entra na dívida ativa. Vale lembrar também que o pagamento do IPVA é condição obrigatória para realizar o licenciamento anual do veículo. Sem o IPVA pago, o motorista não pode licenciar o carro. E sem o licenciamento, o veículo corre o risco de ser retido em uma blitz.

Vale o download

O Zul+ é um app que centraliza em seu celular informações úteis a respeito do seu carro. O Garagem360 avaliou o serviço gratuito por 60 dias e gostou do que viu. Basta ao usuário preencher os principais dados do carro e o aplicativo faz o resto – são dados sobre revisão, taxas (como IPVA), combustível, seguro, manutenção, pedágios. Está disponível para Android e iPhone. Site: https://www.zuldigital.com.br.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;