Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

"Me sinto vitorioso", disse o primeiro imunizado de São Caetano

Nilton Valentim/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Nilton Valentim
Do Diário do Grande ABC

19/01/2021 | 19:32


 O auxiliar de enfermagem Filipe Maciel Campagnoli, 34 anos, foi o primeiro morador de São Caetano a receber a vacina contra a Covid-19. Ele atua na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) cuidando de pacientes da doença desde o início da pandemia. "Eu soube na hora que iria tomar a vacina. Me sinto vitorioso", afirmou.

Integrante da chamada linha de frente, ele usa as redes sociais para levar mensagens religiosas e também para conscientizar sobre os perigos do coronavírus. Em um deles, de 22 de dezembro, relata com detalhes o diálogo dos médicos com pacientes que será entubado e também o diálogo via chamada de vídeo com a família, com frase do tipo “diga a minha filha que eu a amo” e “o carnê do plano funerário está na gaveta”.

Filipe comentou também sobre o desrespeito das pessoas que superlotam bares e outros estabelecimentos desprezando a doença.
"Este foi um caso que me emocionou muito. Era um sapateiro, muito religioso, que tinha certeza que sobreviveria. Mas, infelizmente, morreu", relembra.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

"Me sinto vitorioso", disse o primeiro imunizado de São Caetano

Nilton Valentim
Do Diário do Grande ABC

19/01/2021 | 19:32


 O auxiliar de enfermagem Filipe Maciel Campagnoli, 34 anos, foi o primeiro morador de São Caetano a receber a vacina contra a Covid-19. Ele atua na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) cuidando de pacientes da doença desde o início da pandemia. "Eu soube na hora que iria tomar a vacina. Me sinto vitorioso", afirmou.

Integrante da chamada linha de frente, ele usa as redes sociais para levar mensagens religiosas e também para conscientizar sobre os perigos do coronavírus. Em um deles, de 22 de dezembro, relata com detalhes o diálogo dos médicos com pacientes que será entubado e também o diálogo via chamada de vídeo com a família, com frase do tipo “diga a minha filha que eu a amo” e “o carnê do plano funerário está na gaveta”.

Filipe comentou também sobre o desrespeito das pessoas que superlotam bares e outros estabelecimentos desprezando a doença.
"Este foi um caso que me emocionou muito. Era um sapateiro, muito religioso, que tinha certeza que sobreviveria. Mas, infelizmente, morreu", relembra.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;