Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Receita acha 853 kg de cocaína em carga de proteína de soja no Porto de Santos



19/01/2021 | 11:28


A Receita Federal encontrou 853 quilos de cocaína escondidas em uma carga de proteína de soja, que saía do Porto de Santos, no litoral paulista, e tinha como destino o Porto de Roterdã, na Holanda. De acordo com informações passadas pela assessoria de comunicação institucional da alfândega da Receita do Porto de Santos, a droga foi identificada por cães farejadores durante atividade rotineira de vigilância e repressão aduaneira na tarde desta segunda-feira (18).

Segundo a Receita Federal, esse tipo de fiscalização tem como objetivo "garantir o fluxo do comércio internacional, muito importante para a economia do país, sem perder de vista a segurança das operações". A droga foi apreendida e entregue à Polícia Federal, que acompanhou a atividade no Porto de Santos. A PF também já recebeu as informações sobre o caso e agora prosseguirá com as investigações.

A artimanha de esconder o entorpecente em cargas comerciais não é rara. De acordo com a Receita Federal, já foi identificada a tentativa de tráfico do produto em carregamentos de sucata, óleo, limão, farinha, papel, tripas de carne, açúcar, café, máquinas, goiabada e proteínas vegetais. Somente no último ano, foram apreendidas pela Receita mais de 20,5 toneladas de cocaína no Porto de Santos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Receita acha 853 kg de cocaína em carga de proteína de soja no Porto de Santos


19/01/2021 | 11:28


A Receita Federal encontrou 853 quilos de cocaína escondidas em uma carga de proteína de soja, que saía do Porto de Santos, no litoral paulista, e tinha como destino o Porto de Roterdã, na Holanda. De acordo com informações passadas pela assessoria de comunicação institucional da alfândega da Receita do Porto de Santos, a droga foi identificada por cães farejadores durante atividade rotineira de vigilância e repressão aduaneira na tarde desta segunda-feira (18).

Segundo a Receita Federal, esse tipo de fiscalização tem como objetivo "garantir o fluxo do comércio internacional, muito importante para a economia do país, sem perder de vista a segurança das operações". A droga foi apreendida e entregue à Polícia Federal, que acompanhou a atividade no Porto de Santos. A PF também já recebeu as informações sobre o caso e agora prosseguirá com as investigações.

A artimanha de esconder o entorpecente em cargas comerciais não é rara. De acordo com a Receita Federal, já foi identificada a tentativa de tráfico do produto em carregamentos de sucata, óleo, limão, farinha, papel, tripas de carne, açúcar, café, máquinas, goiabada e proteínas vegetais. Somente no último ano, foram apreendidas pela Receita mais de 20,5 toneladas de cocaína no Porto de Santos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;