Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Duda Reis relembra agressões, ameaças e afirma ter sido estuprada por Nego do Borel; cantor nega



18/01/2021 | 10:10


Duda Reis e Nego do Borel conversaram com Renata Capucci, do Fantástico, sobre o fim do relacionamento conturbado, que durou cerca de dois anos. A atriz e modelo, de 19 anos de idade, reforçou as acusações, feitas na semana passada, de estupro, ameaça, injúria, lesão corporal, e violência doméstica por parte do cantor.

Chorando, Duda revelou que tomava uma série de remédios após ter sido diagnosticada com depressão, síndrome do pânico, bulimia e anorexia. Ela relembrou que um vídeo que circula na internet em que aparece dormindo e é acordada pelo funkeiro:

- Tem até um vídeo em que eu estava dopada. O que acontecia é que ele chegava e vinha ter relação comigo, eu não tinha consciência. Quando tive essa consciência, fiquei muito mal. Eu me submetia à muitas coisas e quieta, isso que era pior.

Ela ainda relembrou os episódios de agressão e ameaça por parte do cantor:

- Quando eu fui para o Carnaval sozinha, ele não reagiu bem. Teve muito ciúme, queria que eu fosse embora logo. Pedia que as pessoas me espionassem. Quando cheguei lá ele estava me esperando, na cozinha segurando uma faca, fora de si. Eu fiquei com muito medo nesse dia.

- As agressões eram constantes, principalmente as verbais. Vai tomar no c*, vai se f*, vagabunda. Era confuso, porque ao mesmo tempo que ele gostava de mim magra, ele me criticava. Falava de mulheres com corpão. Eu me sentia muito mal. Era uma violência muito silenciosa para mim, mexeu muito com minha autoestima.

- A primeira agressão que eu lembro, com várias testemunhas. Foi no aniversário dele e ele jogou várias cadeiras em cima de mim. Ele vinha em cima de mim, quebrava as coisas da casa. Estou quebrando para não quebrar você. Teve um episódio que ele quebrou uma porta no meio para não me quebrar quebrou uma porta no meio com cabeçada. Ele dizia que quebrava as coisas para não me quebrar. Nesse dia, eu também tenho testemunha, ele me chutava e fiquei roxa na canela.

Duda ainda afirmou que era obrigada a desmentir as agressões, pois sua família também era ameaçada. Questionada sobre os motivos para não contar nada para ninguém, a artista afirma que sentia medo:

- Eu era dependente da pessoa. Eu tinha medo, sofria ameaça até de morte. Ele disse que ia mandar matar minha família se eu não colaborasse e que eu estava mexendo com cachorro grande. Eu era incentivada.

- Eu estava sentada e ele na minha frente em gritos, me mandando gravar, para eu cuidar da minha família. Se eu quisesse minha família viva, teria que gravar o vídeo. Ele sempre reforçou que eu era dele e de mais ninguém. Eu comecei a perder o vínculo com pessoas que eu amava, principalmente com minha família. O que eu me arrependo muito.

Ela também comentou sobre a acusação de que Nego teria um fuzil em casa. Após a polícia ter aprendido uma arma de air soft, ela afirma que não é a mesma que via quando morava com o cantor:

- Inclusive não é o fuzil que ele posta nas redes sociais. O fuzil era todo preto.

Nego do Borel

O artista negou todas as acusações de Duda Reis. Para Renata Capucci, o cantor diz não saber o motivo para a ex-namorada estar fazendo tais afirmações:

- Eu não fiz isso. Estupro é muito sério. Não houve sexo sem consentimento com ela. Isso é mentira, não sei porque ela está inventando isso. (...) Não aconteceu isso. Mentira da Duda. Não diminuía ela como mulher. Sempre fui amigo da Duda. Falava que ela era linda, bonita.

Sobre uma das brigas entre eles, Nego afirma que o então casal já discutiu por ciúme da parte dele e, apenas uma vez, um videogame escapou de suas mãos e quebrou a televisão da casa onde moravam juntos:

- A gente discutiu, ela gritou comigo, eu gritei com ela. A gente discutia de igual pra igual como um casal qualquer. A gente discutiu por causa de um ciúme que eu tive. Uma vez, a gente estava no quarto. Eu não sei o motivo da discussão. Uma vez, o videogame escapou da minha mão e quebrou minha TV. Não vou quebrar minha TV cara pra caramba por causa de uma discussão. Pô aconteceu! Não foi porque eu joguei para quebrar. Nunca chutei a canela dela, mentira.

Sobre as ameaças de morte, Nego também desmente e afirma que incentivava Duda a ver a família:

- Nunca falei que ia matar ela, o pai dela. Pô, me desculpa, mas eu tenho muita vida pela frente, muita coisa para conquistar. Eu falava para ela: seus pais podem estar chateados comigo, podem não aceitar nossa relação, mas eles são seus pais. Eu falava: vai visitar seus pais, vai ficar com eles, dá carinho para eles. Ela fala: minha família é você!

O cantor apenas confirma que já traiu Duda Reis e pede desculpas por isso:

- Muitas coisas elas estão mentindo. Eu traí, assumo meu erro, peço perdão e desculpas à Duda.

Ex-namorada

O Fantástico também ouviu outra ex-namorada do cantor, Swellen Sauer, que relatou os episódios em que foi agredida.

- Ser contrariado e quebrar coisas, bater com a própria cabeça numa placa de rua. Ser contrariado, te chamar num camarote de uma boate e dar um soco na costela, disse ela.

Swellen afirma ter sifo enforcada por ele:

- Ele ficou com ciúme e veio atrás de mim. Ele estava com um carregador de celular na mão, me encostou na parede e colocou o carregador. Na hora, você não realiza muito bem, até que eu senti que me faltou o ar e eu chamei pelo empresário e amiga e ele se afastou.

E chorou ao falar sobre o motivo para não ter denunciado as agressões:

- Eu pensava muito no trabalho, pensava que eu não podia destruir o CNPJ que eu estava achando a construir. Eu ficava muito confusa. As pessoas duvidam muito e aí eu entendo o porque muitas vezes a gente não fala.

Nego também nega as acusações e afirma não entender o motivo de Swellen não ter registrado boletim de ocorrência contra ele:

- Não aconteceu. Eu não entendo porque ela falava que eu enforquei ela, que eu dei soco na costela e ela não fez nenhum registro na delegacia. Isso é o certo, ela não fez.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Duda Reis relembra agressões, ameaças e afirma ter sido estuprada por Nego do Borel; cantor nega


18/01/2021 | 10:10


Duda Reis e Nego do Borel conversaram com Renata Capucci, do Fantástico, sobre o fim do relacionamento conturbado, que durou cerca de dois anos. A atriz e modelo, de 19 anos de idade, reforçou as acusações, feitas na semana passada, de estupro, ameaça, injúria, lesão corporal, e violência doméstica por parte do cantor.

Chorando, Duda revelou que tomava uma série de remédios após ter sido diagnosticada com depressão, síndrome do pânico, bulimia e anorexia. Ela relembrou que um vídeo que circula na internet em que aparece dormindo e é acordada pelo funkeiro:

- Tem até um vídeo em que eu estava dopada. O que acontecia é que ele chegava e vinha ter relação comigo, eu não tinha consciência. Quando tive essa consciência, fiquei muito mal. Eu me submetia à muitas coisas e quieta, isso que era pior.

Ela ainda relembrou os episódios de agressão e ameaça por parte do cantor:

- Quando eu fui para o Carnaval sozinha, ele não reagiu bem. Teve muito ciúme, queria que eu fosse embora logo. Pedia que as pessoas me espionassem. Quando cheguei lá ele estava me esperando, na cozinha segurando uma faca, fora de si. Eu fiquei com muito medo nesse dia.

- As agressões eram constantes, principalmente as verbais. Vai tomar no c*, vai se f*, vagabunda. Era confuso, porque ao mesmo tempo que ele gostava de mim magra, ele me criticava. Falava de mulheres com corpão. Eu me sentia muito mal. Era uma violência muito silenciosa para mim, mexeu muito com minha autoestima.

- A primeira agressão que eu lembro, com várias testemunhas. Foi no aniversário dele e ele jogou várias cadeiras em cima de mim. Ele vinha em cima de mim, quebrava as coisas da casa. Estou quebrando para não quebrar você. Teve um episódio que ele quebrou uma porta no meio para não me quebrar quebrou uma porta no meio com cabeçada. Ele dizia que quebrava as coisas para não me quebrar. Nesse dia, eu também tenho testemunha, ele me chutava e fiquei roxa na canela.

Duda ainda afirmou que era obrigada a desmentir as agressões, pois sua família também era ameaçada. Questionada sobre os motivos para não contar nada para ninguém, a artista afirma que sentia medo:

- Eu era dependente da pessoa. Eu tinha medo, sofria ameaça até de morte. Ele disse que ia mandar matar minha família se eu não colaborasse e que eu estava mexendo com cachorro grande. Eu era incentivada.

- Eu estava sentada e ele na minha frente em gritos, me mandando gravar, para eu cuidar da minha família. Se eu quisesse minha família viva, teria que gravar o vídeo. Ele sempre reforçou que eu era dele e de mais ninguém. Eu comecei a perder o vínculo com pessoas que eu amava, principalmente com minha família. O que eu me arrependo muito.

Ela também comentou sobre a acusação de que Nego teria um fuzil em casa. Após a polícia ter aprendido uma arma de air soft, ela afirma que não é a mesma que via quando morava com o cantor:

- Inclusive não é o fuzil que ele posta nas redes sociais. O fuzil era todo preto.

Nego do Borel

O artista negou todas as acusações de Duda Reis. Para Renata Capucci, o cantor diz não saber o motivo para a ex-namorada estar fazendo tais afirmações:

- Eu não fiz isso. Estupro é muito sério. Não houve sexo sem consentimento com ela. Isso é mentira, não sei porque ela está inventando isso. (...) Não aconteceu isso. Mentira da Duda. Não diminuía ela como mulher. Sempre fui amigo da Duda. Falava que ela era linda, bonita.

Sobre uma das brigas entre eles, Nego afirma que o então casal já discutiu por ciúme da parte dele e, apenas uma vez, um videogame escapou de suas mãos e quebrou a televisão da casa onde moravam juntos:

- A gente discutiu, ela gritou comigo, eu gritei com ela. A gente discutia de igual pra igual como um casal qualquer. A gente discutiu por causa de um ciúme que eu tive. Uma vez, a gente estava no quarto. Eu não sei o motivo da discussão. Uma vez, o videogame escapou da minha mão e quebrou minha TV. Não vou quebrar minha TV cara pra caramba por causa de uma discussão. Pô aconteceu! Não foi porque eu joguei para quebrar. Nunca chutei a canela dela, mentira.

Sobre as ameaças de morte, Nego também desmente e afirma que incentivava Duda a ver a família:

- Nunca falei que ia matar ela, o pai dela. Pô, me desculpa, mas eu tenho muita vida pela frente, muita coisa para conquistar. Eu falava para ela: seus pais podem estar chateados comigo, podem não aceitar nossa relação, mas eles são seus pais. Eu falava: vai visitar seus pais, vai ficar com eles, dá carinho para eles. Ela fala: minha família é você!

O cantor apenas confirma que já traiu Duda Reis e pede desculpas por isso:

- Muitas coisas elas estão mentindo. Eu traí, assumo meu erro, peço perdão e desculpas à Duda.

Ex-namorada

O Fantástico também ouviu outra ex-namorada do cantor, Swellen Sauer, que relatou os episódios em que foi agredida.

- Ser contrariado e quebrar coisas, bater com a própria cabeça numa placa de rua. Ser contrariado, te chamar num camarote de uma boate e dar um soco na costela, disse ela.

Swellen afirma ter sifo enforcada por ele:

- Ele ficou com ciúme e veio atrás de mim. Ele estava com um carregador de celular na mão, me encostou na parede e colocou o carregador. Na hora, você não realiza muito bem, até que eu senti que me faltou o ar e eu chamei pelo empresário e amiga e ele se afastou.

E chorou ao falar sobre o motivo para não ter denunciado as agressões:

- Eu pensava muito no trabalho, pensava que eu não podia destruir o CNPJ que eu estava achando a construir. Eu ficava muito confusa. As pessoas duvidam muito e aí eu entendo o porque muitas vezes a gente não fala.

Nego também nega as acusações e afirma não entender o motivo de Swellen não ter registrado boletim de ocorrência contra ele:

- Não aconteceu. Eu não entendo porque ela falava que eu enforquei ela, que eu dei soco na costela e ela não fez nenhum registro na delegacia. Isso é o certo, ela não fez.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;