Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Cresci na mesa da associação, frisa Marilda Brandão

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Primeira suplente do PSD e líder de movimento do Centreville irá ocupar cadeira de vereadora


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

18/01/2021 | 00:01


Primeira suplente do PSD, Marilda Brandão irá assumir mandato na Câmara de Santo André a partir de fevereiro com a oficialização do vereador e correligionário Edson Sardano como secretário de Segurança do governo Paulo Serra (PSDB) e será a segunda mulher na legislatura, ao lado de Ana Veterinária (DEM). Líder do movimento de regularização fundiária do Centreville, a pessedista, filha da ocupação no começo dos anos 1980, obteve 1.788 votos e credita todo o saldo recebido à luta por moradia. “Cresci na mesa da associação (de moradores). Quando cheguei com a família, tinha 8 anos. Meu pai foi o primeiro tesoureiro.”

Marilda, 46 anos, ficou, recentemente, dois mandatos no posto de presidente da associação e atuou por três gestões na função de diretora – no começo do ano passado, a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), então detentora da posse, deu aval para que a Prefeitura iniciasse entrega da titularidade das residências às famílias. “Sempre estive lá dentro. São 38 anos de luta de muita gente, família, vizinhos. Cresci, conheci o amor, criei meus filhos e tenho orgulho danado desse lugar. Tivemos resultado positivo (no processo). Por isso, responsabilidade (no Legislativo) será grande. Poucos têm esse perfil: mulher, mãe, avó, da periferia, que representa os bairros mais distantes e do movimento social, de moradia.”

A empreitada eleitoral de novembro foi a terceira consecutiva encampada por Marilda, ex-assessora de gabinete no Paço e que disputou a vaga na coligação do prefeito. Em 2012, pelo PTdoB, registrou 851 votos e, na sequência, em 2016, contabilizou 1.259 adesões – chegou a ocupar brevemente a cadeira de forma interina no período anterior. Em 2020, teve o melhor resultado nas urnas. “(Apoio) Maciçamente no Centreville e entorno. As pessoas enxergaram a necessidade de termos representante nosso na Câmara. Entenderam isso. Teve uma escola perto que só lá tive 500 votos.”

A pessedista adiantou que irá manter defesa da bandeira do processo de regularização em Santo André, alinhada à base governista. Sobre a continuidade da entrega dos títulos no Centreville, ela alegou que houve paralisação no trâmite devido à pandemia. “Temos que retomar (ritmo). Ida para a Câmara vai ajudar muito. Com a cidade vacinada, a ideia é retomar e até o fim deste ano fazer regularização das casas originais (cerca de 1.110).”



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cresci na mesa da associação, frisa Marilda Brandão

Primeira suplente do PSD e líder de movimento do Centreville irá ocupar cadeira de vereadora

Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

18/01/2021 | 00:01


Primeira suplente do PSD, Marilda Brandão irá assumir mandato na Câmara de Santo André a partir de fevereiro com a oficialização do vereador e correligionário Edson Sardano como secretário de Segurança do governo Paulo Serra (PSDB) e será a segunda mulher na legislatura, ao lado de Ana Veterinária (DEM). Líder do movimento de regularização fundiária do Centreville, a pessedista, filha da ocupação no começo dos anos 1980, obteve 1.788 votos e credita todo o saldo recebido à luta por moradia. “Cresci na mesa da associação (de moradores). Quando cheguei com a família, tinha 8 anos. Meu pai foi o primeiro tesoureiro.”

Marilda, 46 anos, ficou, recentemente, dois mandatos no posto de presidente da associação e atuou por três gestões na função de diretora – no começo do ano passado, a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), então detentora da posse, deu aval para que a Prefeitura iniciasse entrega da titularidade das residências às famílias. “Sempre estive lá dentro. São 38 anos de luta de muita gente, família, vizinhos. Cresci, conheci o amor, criei meus filhos e tenho orgulho danado desse lugar. Tivemos resultado positivo (no processo). Por isso, responsabilidade (no Legislativo) será grande. Poucos têm esse perfil: mulher, mãe, avó, da periferia, que representa os bairros mais distantes e do movimento social, de moradia.”

A empreitada eleitoral de novembro foi a terceira consecutiva encampada por Marilda, ex-assessora de gabinete no Paço e que disputou a vaga na coligação do prefeito. Em 2012, pelo PTdoB, registrou 851 votos e, na sequência, em 2016, contabilizou 1.259 adesões – chegou a ocupar brevemente a cadeira de forma interina no período anterior. Em 2020, teve o melhor resultado nas urnas. “(Apoio) Maciçamente no Centreville e entorno. As pessoas enxergaram a necessidade de termos representante nosso na Câmara. Entenderam isso. Teve uma escola perto que só lá tive 500 votos.”

A pessedista adiantou que irá manter defesa da bandeira do processo de regularização em Santo André, alinhada à base governista. Sobre a continuidade da entrega dos títulos no Centreville, ela alegou que houve paralisação no trâmite devido à pandemia. “Temos que retomar (ritmo). Ida para a Câmara vai ajudar muito. Com a cidade vacinada, a ideia é retomar e até o fim deste ano fazer regularização das casas originais (cerca de 1.110).”

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;